25 abril 2017

Resenha: O Livro de Moriarty


Autor: Arthur Conan Doyle
Editora: Penguin
Número de Páginas: 416
Ano: 2017
Avaliação☆☆☆☆☆

Sinopse: "O Napoleão do crime. É assim que Arthur Conan Doyle define o professor James Moriarty, arquirrival de Sherlock Holmes e um dos grandes vilões da literatura universal. Não há crime em Londres, do mais banal dos roubos ao mais terrível dos assassinatos, que não tenha sua mão. Na obra de Doyle, Moriarty aparece como uma sombra: raramente o protagonista de uma história, sempre atrás das cortinas, em breves menções e alusões. Este volume reúne todas as histórias de Sherlock Holmes em que o professor dá as caras. São cinco contos e um romance que mostram a construção deste que acabaria se tornando um modelo de vilão e o personagem mais emblemático de Doyle depois do seu rival Sherlock Holmes e de James Watson.

Nesse livro vamos acompanhando diversos contos que envolvem o professor James Moriarty, o grande vilão do universo de Sherlock Holmes.
Não existe um só crime em Londres que não tenha algum envolvimento com o "napoleão do crime", por isso Sherlock empenha boa parte do seu tempo para tentar desmanchar o criminoso e sua gangue, mas não será tão fácil assim.

Composto de cinco contos e um romance, vamos acompanhando Sherlock tentando colocar Moriarty atrás das grades, mas como ele vai fazer isso quando as pessoas nem sequer suspeitam que um homem tão perigoso como ele sequer exista?
Então para manter seus esforços voltados para a captura do criminoso, o detetive decide colocar um grande plano em prática que poderá custar até mesmo sua vida.

O livro é envolvente, inteligente e cheio de várias tramas, vamos solucionando mistérios com Sherlock e acompanhando as menções das obras malignas de Moriarty, já que é muito difícil de ficar cara a cara com ele.
O poder de dedução e antecipação do detetive é impressionante. Isso fez com que eu me sentisse vendo o seriado, assim pude visualizar completamente o ator enquanto lia o livro.

Resolvi ler o livro, pois nunca havia lido nada do autor e sempre fui interessada nas histórias envolvendo o famoso detetive.
Vale lembrar que você nunca verá o detetive falando Elementar, meu caro Watson. Isso surgiu com o tempo, mas ele fala elementar ou meu caro Watson, nunca os dois juntos na mesma frase.

Esse livro com certeza é uma diversão garantida do começo ao fim, fazendo com que os leitores que conhecem ou não sobre o detetive, tenham uma excelente leitura.
A edição está de parabéns quanto a diagramação! Confesso que acreditava que o livro era de capa dura, por isso fiquei um pouco decepcionada quando eu percebi que ele não era, mas de qualquer forma isso não interfere em nada na leitura.

Ele é o Napoleão do crime, Watson. É o responsável por metade das ações malignas e quase todos os delitos ocultos nesta grande cidade. É um gênio, um filósofo, um pensador abstrato, dotado de um cérebro de primeira grandeza.

Resenha: O Grito que Ninguém Ouviu


Autora: Amanda Oliveira
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 144
Ano: 2016
Avaliação☆☆☆

Sinopse: A maioria das pessoas, por mais diferentes que sejam, querem ter uma vida tranquila, realizar seus sonhos e, principalmente, ter o direito de escolher como viver, sem a interferência de acontecimentos dolorosos e violentos que batem à nossa porta todos os dias, seja através do noticiário da TV, seja nos cercando na esquina de uma rua qualquer. Este livro é um relato pessoal de Amanda Oliveira, uma jovem comum que, no auge de sua vida, experimentou a dor, o desespero e a solidão amarga que só quem vive conhece. Em questão de minutos, viu o seu belo mundo entrar em ruínas por conta da violência gratuita e de toda a negligência que sofreu. O intuito dessa história real não é oferecer ao leitor um manual de como superar adversidades ou traumas, tampouco uma receita de bolo para a felicidade; a vida é complexa demais e a reação de cada ser humano diante dos problemas é diferente. O objetivo, na verdade, é contar que é possível reconstruir a vida, mesmo quando tudo parece estar perdido, e inspirar cada pessoa a ser sempre o melhor que pode ser. No final, se abrirmos bem os olhos, poderemos aprender que perder é ganhar.

O livro apresenta a própria história da autora a partir de um trágico momento que mudou completamente a sua vida em questão de segundos.
Amanda foi alvejada enquanto sofria um assalto e nesse livro vamos acompanhando o relato das dificuldades sofridas durante e após o ocorrido.

Em uma narrativa curta e direta acompanhamos a história da autora, como ela se fechou para diversas oportunidades/situações, como seu sofrimento parecia aumentar a cada minuto e o que andava acontecendo ao seu redor após o ocorrido. Por ela tinha de passar por tudo aquilo? 

É um relato triste e carregado de dor, mas confesso que não me senti presa a leitura mesmo tendo empatia com a situação. Em alguns momentos eu desejava terminar logo o livro, a leitura estava chata e demorei meses para terminar de ler.
Não é um manual de superação, mas vamos vendo um ser humano superando suas adversidades depois de um acontecimento trágico. 
É aquela leitura que é "ok", mas sem nada de maravilhoso ou mágico.

A edição está bem trabalhada, não achei qualquer erro durante a leitura e a capa está condizente com a história, apesar de não ter gostado tanto.

23 abril 2017

Resenha: Reunião Sombria - Diários do Vampiro


Autora: L. J. Smith
Editora: Galera Record
Número de páginas: 256
Ano: 2010
Avaliação☆☆☆

Sinopse: Elena flutua em um misterioso limbo espiritual após se sacrificar para derrotar Katherine e salvar Stefan. Sua morte cobre Fell's Church de tristeza e desalento, mas é preciso seguir em frente. Bonnie, a melhor amiga, decide guardar o diário de Elena e ali registra os lentos sinais de recuperação da cidade, acompanhada de perto por Meredith e Matt. Mas sonhos perturbadores com a amiga morta estão prestes a mudar tudo... Pelos sonhos, Elena se comunica com Bonnie e avisa de um novo perigo a rondar a cidade. E só uma pessoa pode ajudá-los: Stefan. Mas o vampiro está desolado com a morte de Elena e tentando cumprir a promessa de permanecer ao lado de Damon. Os dois vagam sem rumo, sob a cruz de sua sina: a sede de sangue. Será que ele irá atender ao chamado inesperado que o colocará novamente no caminho de Elena - e daqueles que ela ama?

Nesse quarto livro da série vemos como alguns personagens ficaram com os acontecimentos do livro anterior. Nada irá voltar ao normal, mas eles precisam manter as aparências enquanto tentam seguir em frente e é nesse cenário que algo improvável, estranho e sinistro acontece. 

Bonnie tem um sonho com Elena, algo macabro e nada comum que faz com que a jovem fique bastante perturbada. Mas, aos poucos ela vai percebendo que não se trata apenas de um sonho, sua amiga está tentando comunicar-se com ela da melhor maneira possível, mas alguém mais poderoso que Elena tenta atrapalhar essa comunicação. 
Enquanto isso Meredith acaba tendo uma festa surpresa organizada por Caroline que tenta fazer de tudo para manter as aparências e fazer com que as coisas voltem ao "normal". Só que as garotas não esperavam ser atacadas por alguém. Será que esse alguém é o novo poder que está rondando a cidade, o poder sombrio que Elena estava tentando avisar Bonnie?

As garotas precisam da ajuda de alguém para lidar com esse novo poder sobrenatural e para isso terão de chamar Stefan. Mas, e se ele não for capaz de deter essa poderosa força?
Diferente dos volumes anteriores, nesse livro vamos acompanhando a história sendo narrada por Bonnie e não foi algo muito positivo, pois a personagem em questão é muito infantil em diversas situações e não amadureceu muito depois de tudo que passou.
Meredith por outro lado está se esforçando para ser forte, indo contra as dificuldades e lutando quando necessário. 

O livro tem uma história bem diferente do seriado em diversos aspectos e sinceramente nunca achei que fosse achar uma adaptação melhor do que a leitura. Nesse quesito o livro peca muito, pois vem cheio de seres poderosos, misticismo e algumas coisas que não esperávamos, mas não agrada tanto quanto os anteriores. Como se todas essas coisas fossem jogadas de qualquer jeito e a autora estivesse torcendo para dar certo. 
São várias pequenas reviravoltas e um final realmente inesperado, mas poderia ter sido uma história mais trabalhada. Aconteceu tanta coisa que não consegui ficar tão envolvida com a história, acho que poderia ter um pouco mais de profundidade. 

Pensei em desistir da série, mas pretendo ler pelo menos para terminar esse arco, depois eu vou saber se continuo ou não com os demais livros que envolvem toda essa saga. 

18 abril 2017

Resenha: Confissões de Uma Garota Excluída, Mal - Amada e (Um Pouco) Dramática


Autora: Thalita Rebouças
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 272
Ano: 2016
Avaliação

Sinopse: Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz.O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa... O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes... Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.

Teanira (mais conhecida como Tetê), acaba de se mudar com a família para Copacabana, para a casa de seus avós. Devido a crise eles precisaram colocar o apartamento a venda, pois seu pai acabou perdendo o emprego.
Tetê está passando por um momento complicado fora essa mudança brusca, pois sempre sofreu Bullying na escola anterior por não se encaixar nos padrões e como se não bastasse isso seu relacionamento com os pais não é tão agradável. 

Logo no começo a mãe da personagem leva a filha ao psiquiatra, pois a garota não tem amigos ou namorado, seu comportamento é estranho e nada condizente com o que ela gostaria que a filha fosse. 
Vamos acompanhando a história de Tetê e percebendo que sua família é muito problemática, que ao invés de dar apoio apenas a critica sempre que possível. 

Tetê está em um novo colégio, tentando fazer amizades e isso não poderia ser mais desastroso, pois quem deveria ser o amigo dela não é nada construtivo e está ali apenas para um alívio cômico desnecessário ao invés de servir de fato para alguma coisa. A história desse livro poderia ser melhor abordada ao invés de passar por cima de tudo de um jeito debochado e sem noção.
O livro é voltado para o público juvenil e percebemos que a autora não teve nenhum cuidado ao abordar os temas de forma inteligente, apenas faz chacota de tudo e exagera nas situações a ponto de beirar ao ridículo. 

Ao invés de abordar os temas com seriedade resolveu construir um enredo cômico que não ajudou em nada na história. Fez tudo ir ficando cada vez pior. E as coisas só começam de fato a "melhorar" quando Tetê começa a se encaixar nos padrões; vemos personagens que poderiam ter um verdadeiro propósito profundo serem jogados na narrativa para ser a coisa mais fútil possível.
Parece que nada nesse livro foi feito para servir de ajuda para os jovens! Mostra apenas que se você se encaixar nos padrões impostos vai conseguir o ser levada a sério, respeitada e ter seu famoso "final feliz".

Fiquei muito decepcionada com a autora, esperava muito mais e já estava chateada com o título que é completamente sem noção antes mesmo de ler a obra. Como tiveram coragem de publicar algo desse nível?
Foi a primeira vez que eu li algo da autora e sinceramente não pretendo ler outra obra, e como diz uma frase famosa: teria sido melhor ter ido ver o filme do pelé.
No mais gostei da diagramação e da ilustração da capa.

Apenas para frisar que você pode ler o livro e não ver nenhum dos defeitos que eu vi ou ver mais coisas, opiniões nem sempre são iguais. Por isso leia caso queira tirar suas próprias conclusões. 

15 abril 2017

Resultado: Top Comentarista de Março

Gostaria de agradecer a todas as pessoas que participaram do top no mês de março, mas apenas duas pessoas comentaram em todas as postagens.
Devido ao empate, foi necessário fazer um sorteio para escolher o ganhador. 
  1. Larissa Oliveira 
  2. Rudynalva Correia 
Meus parabéns Larrisa! Um e-mail será enviado para você com as instruções para coletar seus dados. Caso não seja respondido no prazo estabelecido a outra pessoa será a ganhadora do prêmio. 

O Top comentarista de abril está no ar, caso alguém queira participar basta clicar aqui.

Obs: Essa postagem é facultativa para os participantes do top de abril. 

Lançamentos de Abril: Grupo Companhia das Letras




Sinopse: Primeiro mandamento: matarás.A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria... Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade. Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador - papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a arte da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais, podem colocar a própria vida em risco.


Sinopse: Dylan não é como a maior parte dos garotos de quinze anos. Ele é corpulento, tem quase dois metros de altura e tantos pelos no corpo que acabou ganhando o apelido de Fera na escola. Quando ele conhece Jamie, em uma sessão de terapia em grupo para adolescentes, se apaixona quase instantaneamente. Ela é linda, engraçada, inteligente e, ao contrário de todas as pessoas de sua idade, parece não se importar nem um pouco com a aparência dele. O que Dylan não sabe de início, porém, é que Jamie também não é como a maioria das garotas de quinze anos - ela é transgênera, ou seja, se identifica com o gênero feminino, mas foi designada com o sexo masculino ao nascer. Agora Dylan vai ter que decidir entre esconder seus sentimentos por medo do que os outros podem pensar ou enfrentar seus preconceitos e seguir seu coração.


Sinopse: MAGNUS e CLEO são forçados a testar a força de seu amor quando Gaius retorna à Mítica dizendo não mais ser o Rei Sanguinário, mas, sim, um homem mudado buscando rendenção.
LUCIA, grávida do filho de um Vigilante, escapou das garras do Deus do Fogo. Seus poderes estão enfraquecendo enquanto ela segue em frente para completar a profecia que manterá seu bebê a salvo...
JONAS volta para Mítica com um plano para tirar Amara do poder, mas o destino toma às rédeas quando ele vai em direção à bela princesa Lucia e se junta a ela em sua perigosa jornada.
AMARA tomou o trono de Mítica, mas sem uma forma de liberar a magia da água presa em seu cristal roubado, ela nunca será capaz de encontrar glória e conseguir sua doce vingança.
E qual tipo de escuridão cairá - e quem estará salvo - depois que o Príncipe Ashur revelar o perigoso preço que ele pagou para enganar a morte?


Sinopse: Merricat Blackwood vive com a irmã Constance e o tio Julian. Há algum tempo existiam sete membros na família Blackwood, até que uma dose fatal de arsênico colocada no pote de açúcar matou quase todos. Acusada e posteriormente inocentada pelas mortes, Constance volta para a casa da família, onde Merricat a protege da hostilidade dos habitantes da cidade. Os três vivem isolados e felizes, até que o primo Charles resolve fazer uma visita que quebra o frágil equilíbrio encontrado pelas irmãs Blakcwood. Merricat é a única que pressente o iminente perigo desse distúrbio, e fará o que for necessário para proteger Constance. Sempre vivemos no castelo leva o leitor a um labirinto sombrio de medo e suspense, um livro perturbador e perverso, onde o isolamento e a neurose são trabalhados com maestria por Shirley Jackson.

Sinopse: Romancista celebrado pelas distopias de 1984 e A revolução dos bichos, George Orwell também foi um prolífico repórter e colunista. Entre as décadas de 1930 e 1940, o autor de O que é fascismo? colaborou em diversos veículos da imprensa britânica. Nesta coletânea de 24 ensaios publicados em revistas e jornais, Orwell explora um amplo espectro de assuntos, sempre perpassados pela política, sua principal obsessão intelectual e literária.Com temas que variam de Adolf Hitler à pornografia, de W. B. Yeats a O grande ditador, os textos selecionados pelo jornalista Sérgio Augusto compõem um inteligente mosaico das opiniões de Orwell durante o período crítico da Segunda Guerra Mundial e do início da Guerra Fria. Com sua visão irônica do mundo conflagrado da época, os ensaios demonstram a potência criativa e democrática adotado pelo escritor após sua experiência na Guerra Civil Espanhola, em contraposição aos totalitarismos de esquerda em voga na época.

Sinopse: Lucia Berlin teve uma vida repleta de eventos e reviravoltas. Aos 32 anos, já havia vivido em diversas cidades e países, passado por três casamentos e trabalhado como professora, telefonista, faxineira e enfermeira para sustentar os quatro filhos. Lutou contra o alcoolismo por anos antes de superar o vício e tornou-se uma aclamada professora universitária em seus últimos anos de vida. Desse vasto repertório pessoal, Berlin tira inspiração para escrever os contos que a consagraram como uma mestre do gênero. Com a bravura de Raymond Carver, o humor de Grace Paley e uma mistura de inteligência e melancolia, Berlin retrata milagres da vida cotidiana, desvendando momentos de graça em lavanderias, clínicas de desintoxicação e residências de classe alta da Bay Area.




Sinopse: "Neste que é sem dúvida um dos romances mais importantes do século XX, ficção e filosofia se entrelaçam por meio da história de quatro adultos capazes de quase tudo para vivenciar o erotismo que desejam para si. Como limite, encontram um tempo histórico politicamente opressivo e o caráter enigmático da existência humana. Infidelidade, amor, compaixão, eterno retorno, acaso e arbítrio são alguns dos grandes temas que Kundera articula num romance de ideias e paixões, em que o leitor percorre conceitos filosóficos de braços dados com cada um dos personagens — Tereza, Tomas, Sabina e Franz — e acompanha suas histórias de vida com a profundidade de um estudo. O resultado é uma obra em tudo original, um clássico da literatura contemporânea."


Sinopse: Tudo começa em um parque da cidade de Estocolmo, onde o corpo de um menino é encontrado. A detetive superintendente Jeanette Kihlberg lidera a investigação, lutando contra um promotor apático e uma força policial burocrática que não quer dedicar recursos para resolver o assassinato de uma criança imigrante. Todavia, com a descoberta dos cadáveres mutilados de mais duas crianças, fica claro que um serial killer está à solta. Kihlberg procura a psicóloga Sofia Zetterlund, uma especialista em recuperar crianças que sofreram violência, e as vidas das duas mulheres se entrelaçam de forma quase instantânea profissional e pessoalmente. À medida que se aproximam da verdade sobre os assassinatos, as duas vão aos poucos perceber que os crimes escondem um mal subterrâneo que parece abraçar toda sociedade sueca. Na veia da série Millenium, A Garota-Corvo é um thriller sombrio e de tirar o fôlego, e uma investigação dos recantos mais sombrios da mente humana.

Sinopse: Como num grito de alerta, Helena Gayer transmite as nuanças de uma pessoa apunhalada pelo transtorno bipolar. Com crueza, minúcia e fervor, a autora narra seus mergulhos ora em depressão ora em mania e as muitas experiências por que passou, correndo risco de morte e abusos. Ao se abrir e descrever com detalhes as inúmeras tentativas de ter uma vida normal, os episódios de completa alienação e as internações, ela deixa escapar, a cada linha, um pedido tênue, uma súplica fugaz, para que tenhamos um olhar mais apurado em direção à pessoa, não só à doença. Helena nos apresenta um relato íntimo sobre como é viver, sobreviver e constantemente se rearranjar nessa realidade tão dura e tantas vezes negligenciada. Diagnosticada aos 21 anos, ela remove e nos mostra cada estilhaço de sua trajetória, enquanto seguimos com ela numa jornada de dor e descoberta, mas, acima de tudo, de superação.



Sinopse: "Haruki Murakami é um dos mais conhecidos autores contemporâneos do Japão. Quando seus livros são lançados, a imprensa noticia filas enormes nas livrarias de Tóquio e traduções para mais de quarenta idiomas. Ícone da escrita fluida, Murakami transita bem em diversos estilos narrativos: ficção, ensaio, reportagem, nada parece estar fora de seu talento literário. Para abarcar toda essa multiplicidade, chega agora Romancista como vocação, uma série de proposições sobre a escrita, a literatura e a vida pessoal do recluso escritor. Escrito na linguagem acessível típica de Murakami, este livro é um convite a todos que desejam habitar o mundo dos romancistas, bem como uma declaração de amor ao ato da escrita."

12 abril 2017

Resenha: Felizes Para Sempre ~ Quarteto de Noivas


Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 293
Ano: 2014
Avaliação:  ☆☆☆☆

Sinopse: Parker Brown sabe que subir ao altar é um dos momentos mais extraordinários na vida de um casal. Por isso ela administra a Votos a bem-sucedida empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas com pulso firme e muita dedicação.Seu dia de trabalho começa cedo às vezes de madrugada, quando alguma noiva ansiosa lhe telefona aos prantos. Mas ela não se importa. Cada vez que ajuda uma mulher a escolher o vestido perfeito para o grande dia ou vê o sorriso nervoso e feliz de um noivo no altar, ela sente que está dando sua contribuição para uma história igual à de seus pais.
Porém a rica, linda e inteligente Parker também quer ser feliz no amor. Só que, em vez do intelectual sensível que sempre esteve em seus planos, parece que o destino lhe reservou uma surpresa.
Malcolm Kavanaugh é um mecânico de automóveis e ex-dublê de filmes de ação. Amigo do irmão de Parker, ele não tem vergonha de elogiar as belas pernas da moça e, com suas mãos ásperas, faz com que a empresária certinha e controladora simplesmente perca o chão.Agora eles vão descobrir que, mesmo com suas diferenças, podem completar um ao outro. E quem disse que o príncipe encantado não pode chegar numa Harley-Davidson?

Parker Brown é responsável pela organização e administração dos mínimos detalhes das cerimônias de casamentos feitas na Votos. Ela está sempre disposta a atender seu telefone para acalmar uma noiva ou resolver um problema, não importa a hora que isso aconteça. Parker tem uma personalidade forte, o que faz com que ela consiga tudo o que deseja quando o assunto é resolver um problema.
Nesse quarto e último livro da série quarteto de noivas, vamos acompanhar ela e Malcolm em sua jornada de amor. 

Malcolm é um mecânico de automóveis, mas anteriormente atuava como dublê em filmes de ação, mas devido a um acidente que colocou sua vida em risco, ele acaba tendo que tomar um outro rumo em sua vida. Mal não perde a oportunidade de elogiar Parker e vive chamando-a de pernas. 

Parker é toda cheia de regras, tem uma vida muito atarefada e por mais que tente ficar longe dele, os dois acabam atraindo-se feito imã. 
Apesar do casal ser muito diferente um do outro, vamos vendo o relacionamento entre os dois ser construído nos livros anteriores da série e finalmente nesse último livro eles acabam permitindo-se tentar algo mais sério.

Mas, nem tudo são flores na vida do casal, pois Mal não consegue abrir seus sentimentos para Parker e isso pode ser um empecilho na vida dos dois. 
O livro tem uma ou outra cena de sexo como os demais livros, mas nada de muito exagerado a ponto de ter apenas sexo ao invés de uma história.

Vamos conhecendo um pouco mais dos personagens e os demais casais. A história segue um bom ritmo, mas por algum motivo esse foi o livro que eu menos gostei se comparado com os demais. Eu achava que seria mais explosivo e sensual, mas foi uma boa leitura na medida do possível.
Talvez se houvesse um pouco mais de profundidade no relacionamento, mais sentimentos, eu teria apreciado mais.
Talvez eu tenha esperado demais desse livro. 

De qualquer forma foi uma leitura boa, me diverti muito.
A capa segue o estilo das anteriores, a diagramação como sempre está maravilhosa e não achei qualquer erro durante a leitura. 

11 abril 2017

Lançamentos de Abril: Editora Arqueiro


Sinopse: Com uma carreira bem-sucedida, uma linda esposa e uma adorável filha de 6 anos, Russell Green tem uma vida de dar inveja. Ele está tão certo de que essa paz reinará para sempre que não percebe quando a situação começa a sair dos trilhos. Em questão de meses, Russ perde o emprego e a confiança da esposa, que se afasta dele e se vê obrigada a voltar a trabalhar. Precisando lutar para se adaptar a uma nova realidade, ele se desdobra para cuidar da filhinha, London, e começa a reinventar a vida profissional e afetiva – e a se abrir para antigas e novas emoções. Lançando-se nesse universo desconhecido, Russ embarca com London numa jornada ao mesmo tempo assustadora e gratificante, que testará suas habilidades e seu equilíbrio emocional além do que ele poderia ter imaginado. Em Dois a dois, Nicholas Sparks conta a história de um homem que precisa se redescobrir e buscar qualidades que nem desconfiava possuir para lutar pelo que é mais importante na vida: aqueles que amamos.

Sinopse: Quinn Porter é um guitarrista de meia-idade que nunca conseguiu deslanchar na carreira. Enquanto aguardava sua grande chance na música, foi um marido e pai ausente, e jamais conseguiu estabelecer um vínculo afetivo com o filho, uma criança obcecada pelo Livro dos Recordes e algumas peculiares coleções. Quando o menino morre inesperadamente, alguém precisa substituí-lo em sua tarefa de escoteiro: as visitas semanais à astuta Ona Vitkus, uma centenária imigrante lituana. Quinn assume então o compromisso do filho durante os sete sábados seguintes e tenta ajudar Ona a obter o recorde de Motorista Habilitada Mais Velha. Através do convívio com a idosa, ele descobre aos poucos o filho que nunca conheceu, um menino generoso, sempre disposto a escutar e transformar a vida da sua inusitada amiga. Juntos, os dois encontrarão na amizade uma nova razão para viver. Um Menino em Um Milhão é um livro sensível, poético e bem-humorado, formado por corações partidos e aparentemente sem cura, mas unidos por um elo de impressionante devoção pessoal.


Sinopse: Como todo mundo, Julie já fez muitas coisas idiotas na vida. Ela poderia contar sobre a vez que resolveu descer a escada enquanto vestia um suéter e caiu nos degraus, ou quando tentou consertar um plugue ligado na tomada segurando o fio com a boca, ou quem sabe falar de sua fixação pelo novo vizinho que nunca viu: Ricardo Patatras. Julie tem o irritante hábito de fazer as maiores loucuras quando está apaixonada. E essa obsessão a leva a prender a mão na caixa de correio do vizinho enquanto espiona uma misteriosa carta... E o pior, ainda é flagrada pelo próprio dono da correspondência.Mas isso não é nada, nada mesmo, se comparado às maluquices que ela vai fazer para se aproximar desse homem e descobrir seu grande segredo. Movida por uma criatividade sem limites, intrigada e atraída por um desconhecido que mora tão perto, Julie assume riscos cada vez mais delirantes, sem perceber que pode cair na própria armadilha. Com mais de 3,5 milhões de livros vendidos, Gilles Legardinier mostra em Amanhã Eu Paro! uma história original e irreverente que com certeza fará o leitor morrer de rir.

Sinopse: O jogo parece perdido para a cidade de Cenária. O golpe impiedoso de Garoth Ursuul, o Deus-rei, foi bem-sucedido. Agora ele domina a cidade, enquanto os invasores de Khalidor massacram habitantes e destroem casas, lojas e esperanças. O antigo governo da cidade foi subjugado e seu líder, substituído.A magia do Deus-rei é poderosa demais para ser controlada e sua influência se expande até os círculos mais nobres da cidade. As únicas chances de vitória nessa guerra injusta são o honrado Logan Gyre e o derramador Kylar Stern, o Anjo da Noite. Contudo, enquanto o primeiro está enclausurado na mais terrível prisão do reino, o segundo abandonou o caminho da espada e, em nome de Elene, seu grande amor, jurou nunca mais matar. A resistência agora se resume a ladrões, comerciantes pobres e prostitutas. Mas talvez isso mude muito em breve. Ao descobrir que Logan está vivo, Kylar pode abrir mão da paz que encontrou na nova família e arriscar tudo para retornar ao caminho das sombras.

Sinopse: VOCÊ ESTÁ NA LISTA DE UM ASSASSINO. E ELA DIZ QUANDO VOCÊ VAI MORRER.O polêmico detetive William Fawkes, conhecido como Wolf, acaba de voltar à ativa depois de meses em tratamento psicológico por conta de uma tentativa de agressão. Ansioso por um caso importante, ele acredita que está diante da grande chance de sua carreira quando Emily Baxter, sua amiga e ex-parceira de trabalho, pede a sua ajuda na investigação de um assassinato. O cadáver é composto por partes do corpo de seis pessoas, costuradas de forma a imitar um boneco de pano. Enquanto Wolf tenta identificar as vítimas, sua ex-mulher, a repórter Andrea Hall, recebe de uma fonte anônima fotografias da cena do crime, além de uma lista com o nome de seis pessoas – e as datas em que o assassino pretende matar cada uma delas para montar o próximo boneco. O último nome na lista é o de Wolf. Agora, para salvar a vida do amigo, Emily precisa lutar contra o tempo para descobrir o que conecta as vítimas antes que o criminoso ataque novamente. Ao mesmo tempo, a sentença de morte com data marcada desperta as memórias mais sombrias de Wolf, e o detetive teme que os assassinatos tenham mais a ver com ele – e com seu passado – do que qualquer um possa imaginar.Com protagonistas imperfeitos, carismáticos e únicos, aliados a um ritmo veloz e uma deliciosa pitada de humor negro, Boneco de Pano é o que há de mais promissor na literatura policial contemporânea.

Sinopse: Aos 35 anos, Wulfric Bedwyn, o recluso e frio duque de Bewcastle, está ávido por encontrar uma nova amante. Quando chega a Londres, os boatos que correm são os de que ele é tão reservado que nem a maior beldade seria capaz de capturar sua atenção. Durante o evento social mais badalado da temporada, uma dama desperta seu interesse: a única que não tinha essa intenção. Christine é impulsiva, independente e altiva – uma mulher totalmente inadequada para se tornar a companheira de um duque. Ao mesmo tempo, é linda e muito, muito atraente. Mas ela rejeita os galanteios de todos os pretendentes, pois ainda sofre para superar as circunstâncias pavorosas da perda do marido. No entanto, quando o lobo solitário do clã Bedwyn jura seduzi-la, alguma coisa estranha e maravilhosa acontece. Enquanto a atração dela pelo sisudo duque começa a se revelar irresistível, Wulfric descobre que, ao contrário do que sempre pensou, pode ser capaz de deixar o coração ditar o rumo de sua vida. Em Ligeiramente Perigosos, o sexto e último livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh conclui a saga desta encantadora família em uma trama repleta de cenas sensuais, tiradas espirituosas e personagens à frente de seu tempo. Ao unir um homem e uma mulher tão diferentes, ela mostra que o resultado só poderia ser um par perfeito.

09 abril 2017

Resenha: Para Educar Crianças Feministas - Um Manifesto


Autora: Chimamanda Ngozi Adichie
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas: 96
Ano: 2017
Avaliação:  ☆☆☆☆☆

Sinopse: Após o enorme sucesso de Sejamos todos feministas, Chimamanda Ngozi Adichie retoma o tema da igualdade de gêneros neste manifesto com quinze sugestões de como criar filhos dentro de uma perspectiva feminista. Escrito no formato de uma carta da autora a uma amiga que acaba de se tornar mãe de uma menina, Para educar crianças feministas traz conselhos simples e precisos de como oferecer uma formação igualitária a todas as crianças, o que se inicia pela justa distribuição de tarefas entre pais e mães. E é por isso que este breve manifesto pode ser lido igualmente por homens e mulheres, pais de meninas e meninos. Partindo de sua experiência pessoal para mostrar o longo caminho que ainda temos a percorrer, Adichie oferece uma leitura essencial para quem deseja preparar seus filhos para o mundo contemporâneo e contribuir para uma sociedade mais justa.

Nesse livro a autora escreve uma carta para uma das amigas que havia perguntado como deveria criar a sua filha para ser feminista.
O livro vem abordando diversos conselhos de forma descritiva e interessante, cada conselho vem com uma reflexão sobre o assunto onde a amiga da autora pode ou não colocar em prática.

Vemos situações reais e cotidianas que acontecem com a mulher, porque determinada situação é errada e como aquilo pode melhorar. 
Esse curto manifesto vem trazendo muitas coisas importantes, nos mostra como devemos reconhecer nosso valor e lutar por nossos direitos.

Vemos como muita das vezes reproduzimos o machismo que nos foi ensinado desde criança, em como não percebemos que a todo momento algumas pessoas diminuem as mulheres só pelo fato de serem mulheres. 
O livro é curto, por isso trata as coisas de forma rápida, mas grandes reflexões podem ser feitas em cada tópico. Apesar de algumas pessoas conhecerem alguns tópicos citados, esse livro serve de introdutório e guia simples para uma boa base no assunto.

O livro é direto, curto e com uma leitura fluída. Em pouco tempo o leitor é capaz de acabar o livro, mas terá muito o que pensar depois. Carregado de lições e pensamentos interessantes, a autora me fez passar um bom tempo refletindo sobre os assuntos apontados por ela. Um livro que vale muito a pena ser lido.

06 abril 2017

Lançamentos de Abril: Editora Novo Conceito


Sinopse: Joey, uma arquiteta nova-iorquina que só pensa em trabalho, está em Cotswolds para supervisionar a restauração da majestosa mansão que inspirou J. M. Barrie a escrever Peter Pan.
Os moradores da região não foram exatamente receptivos e também havia um problema com o zelador da mansão, um homem que parecia determinado a arruinar os planos dela. Com essa situação, Joey logo começa a pensar que não conseguirá fazer nada certo neste projeto e também em sua vida até descobrir a Sociedade de Natação de Senhoras J. M. Barrie e começar a nadar com elas em sua Terra do Nunca particular.
Para Joey, conhecer Aggie, Gala, Meg, Viv e Lilia vai ser uma grandeexperiência de vida o começo de um relacionamento que vai transformá-la de uma maneira mais que extraordinária...Para Joey, conhecer Aggie, Gala, Meg, Viv e Lilia vai ser uma grande experiência de vida, o começo de um relacionamento que vai transformá-la de uma maneira mais que extraordinária..



Sinopse: Um garoto se afoga, desesperado e sozinho em seus momentos finais. E morre. Então ele acorda. Nu, ferido e com muita sede, mas vivo.Como pode ser? Que lugar é este, tão estranho e deserto?
Enquanto se esforça para compreender a lógica de seu pior pesadelo, o garoto ousa ter esperança. Poderia isto não ser o fim? Poderia haver mais desta vida, ou quem sabe da outra vida?Do premiado autor Patrick Ness, o mais perturbador romance Young Adult do nosso tempo.



Sinopse: Audrey sabe que sua mãe está certa quando tenta salvá-la de si mesma. Ela sabe que tem sido injusta, por isso precisa, por seu irmão mais novo e pela sua mãe, seguir em frente. Audrey tenta manter todos felizes. Juntos, eles estão em busca de dias melhores.A mãe de Audrey à sua maneira tenta ajudar a filha a controlar a doença para que ela possa encontrar um recomeço seguro.
Então Audrey conhece Leo, e com ele é difícil fingir quem ela realmente é. Leo torna a vida de Audrey realmente complicada, pois essa amizade faz com que ela deseje ousar ser ela mesma, enfrentar a vida.
Agora, Audrey precisará decidir: cuidar de sua família especialmente de seu irmão ou continuar sonhando com a vida que tanto deseja?
MENTIRAS COMO O AMOR é deslumbrante e de partir o coração. É o novo romance de Louisa Reid, a autora aclamada de Corações Feridos.

Lançamentos de Abril: Editora Sextante


Sinopse: O Dr. Rajiv Parti era chefe de anestesia de um hospital especializado em cirurgia cardíaca. Suas crenças eram: sucesso,trabalho duro, dinheiro. Não havia espaço para espiritualidade, arte e nem mesmo para cultivar uma relação de respeito com sua
família. Tudo girava em torno do sucesso. Numa mesa de operação em que ele era o paciente, uma
parada cardíaca o arrancou dessa vida. Ele foi ao inferno, onde reencontrou seu pai e conheceu o histórico de violência e vício
que atormentava sua família há gerações – e que ele próprio repetia com a péssima relação que mantinha com seu filho mais
velho. Essa experiência aterrorizante foi amenizada pela aparição de dois arcanjos, que o levaram ao céu e lhe deram uma missão: praticar e divulgar uma medicina mais humana e integrativa.
Voltar do além não foi simples: como convencer o mundo da sua vivência? Como não ser taxado de louco por vender sua mansão, seus carros de luxo, e passar a defender algo que nunca passara por sua cabeça? E, o mais importante e complicado: como reparar a relação com o filho e parar o ciclo de violência?
Essa história verídica de transformação espiritual traz detalhes minuciosos sobre o céu, o inferno, a vida após a morte e os anjos– e contém verdades divinas capazes de iluminar para nós o que realmente importa aqui na terra.

Sinopse: Qual é o segredo das pessoas originais? Será que a criatividade é uma qualidade inata ou uma habilidade que pode ser estimulada ou mesmo aprendida? Em seu novo livro, Adam Grant desmistifica muitas das crenças que existem em torno das mentes criativas.
Ele recorre a uma série de estudos e histórias reais envolvendo o mundo dos negócios, a política, os esportes e o universo do entretenimento para mostrar como qualquer pessoa pode aprimorar sua criatividade, tornar-se capaz de identificar e defender ideias verdadeiramente originais, combater o conformismo e romper com tradições obsoletas.
Você vai conhecer as técnicas bem-sucedidas aplicadas por profissionais que ousaram remar contra a maré e levar seus projetos adiante, como uma funcionária da Apple que desafiou Steve Jobs estando três níveis hierárquicos abaixo dele, uma analista que derrubou a política de sigilo da CIA, um bilionário mago das finanças que demite os funcionários incapazes de criticá-lo e um executivo de TV que impediu que a série Seinfeld fosse cancelada logo no início apesar das pesquisas de opinião desfavoráveis.
Adam Grant demonstra como a originalidade pode ser impulsionada, indicando a melhor forma de se expressar sem ser silenciado, como conquistar aliados em ambientes improváveis, escolher o momento certo de agir e lidar com o medo e a insegurança. Além disso, comenta como pais e professores podem estimular a criatividade nas crianças e o que os líderes podem fazer para estabelecer uma cultura que promova a divergência de opiniões.

Sinopse: Em meados de 1991, Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, que já tinham construído um verdadeiro império no mundo dos negócios, resolveram dar um passo além e disseminar pelo país a cultura que os levou a conquistar tal sucesso. Para colocar esse projeto em prática, criaram a Fundação Estudar, concedendo bolsas de estudos a jovens que quisessem cursar MBA nos Estados Unidos. O objetivo era ajudar a melhorar o Brasil melhorando a qualidade de seus executivos e empreendedores. Com um processo de seleção extremamente rigoroso – baseado nos princípios que Lemann empregara com tanta eficiência no Banco Garantia –, a Estudar procurava jovens que se identificassem com valores como meritocracia, busca de excelência, senso ético, transparência, trabalho duro e metas ousadas. Ao longo dos anos, a missão da instituição se desenvolveu e sua atuação se expandiu, passando a englobar ações diferenciadas, financiando cursos em outras áreas além dos negócios, dando apoio a estudantes ainda na graduação e criando diversos outros programas de incentivo ao estudo e de apoio à carreira. Hoje, 25 anos depois, a Fundação Estudar contabiliza seu impacto: 617 ex-bolsistas, 25 mil jovens beneficiados pelos cursos e 15 milhões de pessoas alcançadas pelos canais disponíveis na internet. Entre os profissionais que já passaram pela instituição estão grandes empresários, como Carlos Brito e Hugo Barra, e alguns dos mais promissores talentos do país em diversas áreas de atuação. Neste livro você vai conhecer a trajetória da Fundação Estudar, seus valores, seus métodos e seus princípios enquanto acompanha as inspiradoras histórias de jovens que tiveram a vida transformada pelo contato com sua cultura. Em comum, eles não têm apenas um sonho grande: têm uma vontade férrea de seguir em frente e um desejo incansável de fazer a diferença. E essa disposição, segundo Lemann, Telles e Sicupira, é a força capaz de mudar o Brasil.

02 abril 2017

Top Comentarista de Abril



O top comentarista desse mês vai contar com um exemplar do livro O que há de estranho em mim.

Para participar é muito fácil!!!

Obrigatório
  • Seguir o blog publicamente via GFC (caixinha na barra lateral).
  • Ter endereço de entrega no Brasil, comentar nesta postagem com nome de seguidor e email.
Regras:
  • Só valerá um comentário por postagem e as mesmas serão apenas as que forem publicadas no mês de abril. Vale lembrar que comentários como "gostei, ótima resenha"  não serão considerados. 
  • Para o caso de empate entre comentaristas será feito o desempate através de sorteio.
  • O ganhador (a) terá que responder o e-mail que será enviado para ele contendo seu endereço completo no prazo de até 48 horas. Se passar disso outra pessoa será sorteada no lugar. Por isso fique sempre atento ao e-mail.
  • O blog tem 45 dias úteis para enviar o prêmio ao ganhador (a).
  • O resultado é previsto para o dia 15 de maio aqui no blog.
  • O Blog não se responsabiliza por extravio. Por isso o código será repassado ao ganhador e o mesmo terá que esperar o correio entregar o prêmio. Lembre-se de passar o endereço corretamente!