19 setembro 2017

Resenha: Deusa do Mar - Goddess


Autora: P.C. Cast
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 430
Ano: 2003
Avaliação: ☆☆☆

Sinopse: Na noite de seu vigésimo quinto aniversário, sozinha em seu apartamento, a Sargento da Força Aérea Christine Canady desejou uma coisa: um pouco de mágica em sua vida. Após beber muito champanhe, ela fez, de todas as coisas loucas, um ritual de invocação de uma deusa, esperando que aquilo de alguma maneira fizesse sua vida um pouco menos comum... Mas ela nunca acreditou que o feitiço fosse realmente funcionar! Quando seu avião militar cai no oceano, a missão de Chris no estrangeiro toma um rumo inesperado. Ela acorda para se encontrar em um tempo e lugar lendários onde a mágica governa a terra - ocupando o corpo da mítica sereia Ondina. Mas há perigo nas águas e a deusa Gaia transforma essa mulher militar e moderna em uma linda donzela para que ela possa procurar proteção em terra. Chris logo é resgatada (literalmente) por um cavaleiro de armadura brilhante. Ela deveria estar se apaixonando por esse sonho-tornado-realidade, mas ao invés disse ela deseja o mar e Dylan, o sexy tritão que roubou seu coração. 

Se existe algo que P.C. Cast sabe fazer muito bem nessa vida, é trabalhar com a mitologia. Em suas histórias ela sempre exalta a magia feminina com determinação, sabedoria e doçura. Em 2003 a autora lançou a série Goddess, onde ela trabalhou em um total de 8 livros, a concepção feminina dentro da mitologia grega e bretã, combinando lendas antigas e o mundo moderno em uma série maravilhosa. 

O primeiro livro da saga, Deusa do Mar, conta a história de Christine Canady, sargento da Força Aérea Americana que ao sofrer um acidente durante uma missão, é transportada para uma dimensão antiga, onde a serviço da Deusa Gaya, embarca em uma jornada para descobrir o seu verdadeiro proposito e encontrar o amor que tanto procura. As personagens sempre assumem o lugar de uma deidade especifica que assim como elas, precisa amadurecer. O encontro de duas almas em um só corpo, formando a ideia da Deusa dentro da mulher. 

Não sei se é porque é o primeiro livro da saga, mas eu senti que ficou algo faltando por aqui. Nesse primeiro livro, a autora foca na mitologia irlandesa, sobre a Deusa Gaya como referência junto ao Deus Lir. O interessante é que fica perceptível o quanto ela estudou "para não falar besteira", sobre o paganismo e as referências religiosas que ela colocou em ação na história. Tirando isso de lado, o que realmente ficou solto foi o arco da personagem principal. Na primeira metade Christine é determinada, forte, exuberante, sexy, inteligente. Na segunda metade ela começa a cair como uma "donzela em perigo" e na terceira, tudo se resume a uma história simples de romance. O interessante é ver como a autora constrói esse mesmo romance pela perspectiva feminina sem soar clichê ou até vaga demais. Então, por essa mesma dualidade dentro do livro, para o começo de uma saga, até que não foi exatamente ruim. 

Neste primeiro livro temos três personagens masculinos em destaque. Dois vilões e um mocinho. O nosso foco é Dylan, o tritão apaixonado. Minhas considerações sobre esse "mocinho" em questão, são bem fracas. Não sei se foi pela tradução da editora Novo Século ou se realmente, como já mencionei antes, foi a primeira tentativa dentro desse universo para a autora, mas ele é o clichezão do clichezão da literatura moderna "dessa onda romântica" - O diferencial é que ele fala COM a mulher e não PARA a mulher (afinal de contas é um personagem masculino criado por uma visão feminina). As cenas sexuais são bem explicitas e românticas, porém, (até hoje, mesmo depois de ter lido esse livro umas seis vezes), ainda não entendi muito bem como o ato sexual entre seres do mar funciona na visão da autora. (mais uma vez, pode ser culpa da tradução). 

Novamente, para um começo de saga e para nos dar uma ideia do que viria a seguir, Deusa do Mar é muito bom. Simples, mitologicamente didático, mantém um respeito sobre o paganismo, viciante e interativo. O melhor da saga? Não. Mas é impossível não se perder na magia dos oceanos descritos por P.C Cast, por isso, vale a pena conferir.

9 comentários

  1. Olá, apesar do talento d autora em se tratando de mitologias, pela resenha sinto que o universo que ela criou é mal caracterizado, como se não convencesse o leitor de que aquilo tudo está realmente acontecendo com a protagonista, mas tomara que os próximos livros da série mudem essa visão. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Alison, não deixe de acompanhar as resenhas dessa série, os próximos livros seguem ainda mais envolventes e emocionantes! Obrigada pelo comentário, volte sempre <3

      Excluir
  2. Oi Alice,
    Eu não conhecia a autora e nem essa série, confesso que de cara eu tinha ficado com o pé atrás porque achei tua nota baixa, mas tua resenha conseguiu despertar a minha curiosidade, essa é uma temática que muito me chama atenção.
    Espero ter oportunidade de ler um dia.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  3. Alice!
    Gosto muito dessa mitologia pagã e ver a Deusa Gaya presente nesse exemplar é uma grande e feliz surpresa, admiro muito a história dela.
    A série com 8 livros deve ser bem grande e bem esrita, gostaria de poder ler e a essa altura, acredito que todos os livros já foram lançados aqui no Brasil, legal!
    Desejo um final de semana maravilhoso!!
    “O primeiro passo para a cura é saber qual é a doença.” (Provérbio Latino)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  4. Adoro livros que tratem da mitologia pagã, gosto bastante de sempre conhecer mais e fico bem feliz quando vejo que o autor realmente foi atrás e procurou se informar sobre o assunto, adorei a história do livro, principalmente por tudo ser na visão feminina.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Sou uma apaixonada por mitologias e adorei a temática do livro! Essas lendas são ótimas para conhecer a cultura de outras nações e a autora trouxe isso para o mundo moderno, o que é muito legal. Confesso que fiquei meio receosa com essa história de sexo entre seres marinhos mas não me tirou a vontade de ler o livro. Vou aguardar as próximas resenhas. Beijos

    ResponderExcluir
  6. ja li uma das sagas dela e amei muito
    quero muito ler esse livro ele deve ser daqueles livros que prende na leitura e você não consegue parar de ler ja quero a saga inteira kkk
    amei a sua resenha

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Adorei a premissa do livro e adoro mitologias. Adoro também um romance sexual e não dispenso um rsrs
    Amei que no livro é sobre sereias e tritões e fiquei muito curiosa com a historia. Gostaria de ler um dia, beijos.

    ResponderExcluir
  8. Embora eu goste de fantasia, nunca li nada sobre mitologia até porque acho que nao vai me agradar, será só preconceito meu? A resenha mostra um livro divertido, cheio de romance e aventura mas acho que não me identifiquei

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!