Mais um ano chegando ao fim e novamente venho trazendo a retrospectiva literária do blog. Estarei respondendo a retrospectiva literária que o blog Pensamento Tangencial organiza, apesar desse ano não ter tido a postagem coletiva como nos anos anteriores. 

A aventura que me tirou o fôlego: My Hero Academia (mangá maravilhoso meu deus).

O terror que me deixou sem dormir: Fiquei muito perturbada com a leitura do mangá Suicide Club

O suspense mais eletrizante: Nenhum 

O romance que me fez suspirar: Todos da série Amores Improváveis. 

A fantasia que me encantou: A Melodia Feroz


A saga que me conquistou: Nenhuma 

O clássico que me marcou: Li apenas um clássico e achei bem frustrante. 

O livro que me fez refletir: Persepólis 

O livro que me fez rir: Uma Bolta Molenga e Feliz 

O livro que me fez chorar: Só chorei mesmo lendo o mangá My Hero Academia. 

O livro que me decepcionou: Fiquei muito decepcionada com o final de Menina Má

O livro que me surpreendeu: Outros Jeitos de usar a Boca

O livro que devorei: Outros Jeitos de usar a Boca

O livro que abandonei: Mestre das Chamas e A Garota de Olhos Azuis

A capa que amei: Extraordinárias - Mulheres Que Revolucionaram o Brasil

O thriller psicológico que me arrepiou: Nenhum

A frase que não saiu da minha cabeça: Outros Jeitos de usar a Boca .
Eu não sei o que é viver uma vida equilibrada. Quando fico triste eu não choro, eu derramo. Quando fico feliz, eu não sorrio, eu brilho. Quando fico com raiva, eu não grito, eu ardo! A vantagem dos sentidos extremos é que, quando eu amo, eu dou asas. Mas isso talvez não seja uma coisa tão boa, porque eles sempre vão embora. E você precisa ver, quando quebram meu coração eu não sofro, eu estilhaço.

O(a) personagem do ano: Todoroki Shoto e Bakugou Katsuki sem dúvida cresceram demais em My Hero Academia. 

O casal perfeito: Eu não diria perfeito, mas o meu preferido foi Hannah Wells e Garrett Graham do livro O Acordo - Amores Improváveis. 

O(a) autor(a) revelação: Victoria Schwab com certeza. Estou encantada com A Melodia Feroz.

O(a) autor(a) que mais esteve presente entre as minhas leituras: Robert Kirkman, autor de The Walking Dead

O gênero literário que mais li: Romance de Época 

O gênero literário que preciso ler mais: Vou continuar meu ritmo com os romances de época e aumentar o número de distopia e fantasia. 

O melhor livro nacional: Nenhum

O melhor livro que li em 2017: Sem sombra de dúvida foi Outros Jeitos de usar a Boca

Li em 2017 53 livros, 27 mangás e 85 hq's

A minha meta literária para 2018 é: Ler 100 livros, 100 hq's no minimo e 50 mangás.
View Post

Sinopse: O que você faria ao acordar de um coma? Voltaria para a antiga realidade? Ou começaria algo novo?
Eden Jones tem 17 anos e o futuro todo planejado. Com o apoio dos pais amorosos, do irmão gêmeo que a entende como ninguém e de Lucille, a melhor amiga de todas, sonha em estudar em Nova York e se tornar uma grande bailarina.
Então seu mundinho perfeito começa a desmoronar... Além de não se sair bem no primeiro teste para um balé importante, fica sem chão quando Lucille e seu irmão escondem dela que estão namorando.
Mas, o destino achou que isso não era o bastante.
Eden passa por uma incrível experiência de quase morte, porém volta com muitas perguntas e não consegue retomar a vida.
As alucinações com flores negras e com a garota em coma na mesma ala do hospital onde esteve internada a levam a Joe, e só aí ela entende que não ter o controle das coisas pode ser libertador.

Lançamento previsto para 08 de janeiro
View Post

Autora: Katie Khan
Editora: Bertrand Brasil
Número de Páginas: 280
Ano: 2017
Avaliação:  ☆☆☆
Sinopse: Um romance futurista surpreendente sobre o impacto do primeiro amor e como nossas escolhas podem mudar o destino de todos ao nosso redor. Perfeito para os fãs Um Dia e Gravidade.Num futuro não muito distante, após a aniquilação dos Estados Unidos e do Oriente Médio, a Europa nada mais é que uma utopia na qual, a cada três anos, a população se muda para uma nova comunidade multicultural.
Em um desses paraísos, Max conhece Carys, e é amor à primeira vista. Ele logo percebe que Carys é a pessoa com quem deseja passar o resto da vida - uma decisão impossível nesse novo mundo.
Conforme o relacionamento dos dois se desenvolve, a conexão entre o tempo deles na Terra e o dilema atual no espaço vai sendo revelado. À deriva entre as estrelas, com apenas noventa minutos de oxigênio, eles concluem que só um deles tem a chance de sobreviver. Mas quem?

Max e Carys vivem em um mundo que beira a perfeição. Após uma grande guerra entre os Estados Unidos e o Oriente Médio, o mundo sofreu diversas mudanças e uma delas é uma regra que envolve a família. Você não precisa se estabelecer familiarmente até estar na idade de 35 anos, você pode viver sua vida do jeito que quiser, trabalhar com o que quiser e ninguém irá te julgar por isso.
A tecnologia está muito avançada, não existe briga entre raças ou qualquer tipo de coisa semelhante, o único problema é que Carys e Max se apaixonaram antes da idade certa e isso não é nada bom.

A cada três anos você precisa mudar de lugar, conhecer novas pessoas e estabelecer uma conexão com a diversidade. Mas, como eles irão ficar juntos quando precisam seguir suas vidas em direções opostas?? 
Mas, situações diversas acabam unindo os dois e agora eles encontram-se a deriva no espaço com 90 minutos de oxigênio e apenas um deles sairá vivo dessa situação.

O livro já começa com os dois no espaço em uma situação de risco, mas com o decorrer da leitura vamos acompanhando como eles se conheceram e um pouco mais da vida de cada um.
Confesso que quando li a sinopse fiquei muito curiosa com a história e por ser um dos gêneros que me agrada eu estava bastante empolgada, mas infelizmente não foi nada daquilo que eu gostaria que fosse.

Resumidamente eu achei a história enfadonha, não consegui me envolver tanto quanto gostaria e acho que a autora poderia ter trabalhado melhor, pois havia um grande background para ser explorado, mas ela infelizmente não soube desenvolver a história.
O livro tem potencial, mas além de não ter sido alcançado, o final foi completamente frustrante.

A capa é bonita e combina com a situação descrita na sinopse. Creio que essa foi a primeira coisa que me chamou a atenção e me fez acreditar que a história seria interessante. No mais a diagramação está boa e não achei qualquer erro durante a leitura. 

Individualismo significa liberdade quando somos jovens, família quando somos velhos.
View Post

Autor: William March
Editora: Darkside Books
Número de Páginas: 272
Ano: 2016
Avaliação:  ☆☆☆☆
Sinopse: Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.MENINA MÁ é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.

Rhoda tem apenas 8 anos de idade e quem vê sua carinha de anjo não imagina que ela é uma assassina de sangue frio. Rhoda consegue tudo o que quer, seja isso por bem ou por mal e quando uma grande fatalidade acontece em um evento escolar sua mãe começa a investiga-lá 
Christine é uma mãe dedicada, carinhosa e faz de tudo para que a filha seja bem educada e feliz, mas Rhoda é fria, calculista e egoísta. 

Christine começa a perceber que Rhoda não é aquilo que ela se mostra ser, e em diversas ocasiões percebe como ela deixou passar despercebido os atos da filha. Após começar a pesquisar sobre diversos assassinos em série ela também descobre um terrível segredo sobre o passado que pode mudar tudo.
Quanto mais Christine investiga sobre a filha, mais ela descobre coisas sobre seu próprio passado. Talvez Rhoda não seja culpada por ser assim. E se Christine passou algum gene ruim para a filha? 

Vamos acompanhando durante a leitura uma mãe que não conseguia enxergar a verdadeira natureza da filha. Foi preciso que alguém morresse para que ela finalmente abrisse seus olhos, mas quantas pessoas mais terão de morrer para que ela toma uma providência? Christine irá lutar para proteger sua filha ou irá fazer algo para com a sociedade e proteger os demais desse pequeno mostro com cara de anjo?

A história é boa na medida do possível, mas eu pensei que gostaria mais do livro. Ficamos apreensivos com a mãe da garota e vamos acompanhando todas as suas descobertas, mas houveram duas coisas que me incomodaram um pouco. Achei que houve muita enrolação em algumas partes e o final foi completamente frustrante.
A parte gráfica do livro está maravilhosa e com certeza a editora está de parabéns pelo trabalho.
View Post

Vida é o quarto livro da série Trinity, que está sendo lançada pela Editora Verus. O livro está previsto para ser lançado em fevereiro de 2018.

Sinopse: Maria De La Torre é uma sobrevivente. Seu passado foi de muito sangue e sacrifício. Hoje ela tem suas amigas e irmãs de alma ao lado, mas só Maria pode viver sua vida. A vida que ela escolheu. A mesma que uma pessoa do passado está tentando tirar.
Elijah é o último homem com quem Maria deveria se relacionar. Ele é um caçador de recompensas sombrio e fora da lei — o exato oposto do homem que ela amou e perdeu, aquele que abriu mão de tudo por ela. O fato é que Elijah não é o tipo de homem que recua facilmente. Ele está acostumado a ter o que quer, e o que ele quer agora é a sedutora dançarina de cabelos negros.
O tempo não está a favor de Maria e Elijah. Há uma nova ameaça à vida de Maria, uma que ela jamais pensou que teria de enfrentar novamente. E, dessa vez, é um caso de vida ou morte.
Maria logo vai descobrir que as coisas que ela mais quer talvez sejam exatamente aquelas que têm o poder de destruí-la.
View Post

Gostaria de agradecer todas as pessoas que participaram do top comentarista de novembro. Esse foi o último top do ano, mas ano que vem tem mais.
Todas as pessoas que participaram comentaram em todas as postagens válidas. Por isso foi realizado um sorteio para desempate. 

  1. Mariana Paiva
  2. Rudynalva 
  3. Ana Paula Santos
  4. Nicole Longhi
  5. Carolina Santos 
  6. Naiara Fidelis 
Meus parabéns Ana Paula. Será enviado um e-mail para você contendo as informações necessárias sobre como prosseguir daqui para frente. Caso não seja respondido no prazo estabelecido nas regras, outra pessoa será sorteada no lugar. 
View Post

O fim do ano está chegando e o Grupo Blogueiras Unidas (Blogs As 1001 Nuccias, Entre Livros e Pergaminhos, CuraLeitura e Clube do Livro e Amigos) quer comemorar o ano incrível que 2017 foi e torcer para que 2018 seja muito mais junto com vocês!
View Post

Com o lançamento previsto para 8 de janeiro, A Coroa da Vingança vem trazendo o desfecho da série Deuses do Egito. A mesma está sendo publicada pela Editora Arqueiro e conta com um prequel  chamado O Duelo dos Imortais que vem trazendo a história de Seth.

Sinopse: Em "A Coroa da Vingança", terceira e última aventura da série "Deuses do Egito", Colleen Houck nos presenteia com um desfecho tão surpreendente e inspirado quanto o elaborado universo mitológico que criou.
Meses após sua pacata vida como herdeira milionária sofrer uma reviravolta e ela embarcar numa vertiginosa jornada pelo Egito, Lilliana Young está praticamente de volta à estaca zero.
Suas lembranças das aventuras egípcias e, especialmente, de Amon, o príncipe do sol, foram apagadas, e só resta a Lily atribuir os vestígios de estranhos acontecimentos a um sonho exótico. A não ser por um detalhe: duas estranhas vozes em sua mente, que pertencem a uma leoa e uma fada, a convencem de que ela não é mais a mesma e que seu corpo está se preparando para se transformar em outro ser.
Enquanto tenta dar sentido a tudo isso, Lily descobre que as forças do mal almejam destruir muito mais que sua sanidade mental – o que está em jogo é o futuro da humanidade.
Seth, o obscuro deus do caos, está prestes a se libertar da prisão onde se encontra confinado há milhares de anos, decidido a destruir o mundo e todos os deuses. Para enfrentá-lo de uma vez por todas, Lily se une a Amon e seus dois irmãos nesta terceira e última aventura da série Deuses do Egito.
View Post

O livro Prazeres Sombrios da série Imortais está previsto para ser publicado agora em janeiro. A série está sendo publicada pela Editora Valentina e já possuí 18 livros publicados no exterior. 

Sinopse: Uma tórrida história de amor e ódio sobre um vampiro que habita as sombras de um castelo e a bela valquíria que tem a missão de caçá-lo.
UM SOLDADO VAMPIRO CANSADO DE VIVER...
Sebastian Wroth foi transformado em vampiro contra a própria vontade. Solitário e marcado por um ódio profundo, vê pouco sentido em continuar vivo. Até que uma magnífica criatura, com aparência de fada, surge para matá-lo e acaba, inadvertidamente, salvando-o.
UMA VALQUÍRIA CUJA MISSÃO É EXTERMINAR VAMPIROS...
Kaderin Coração Gelado viu duas irmãs serem mortas por um vampiro no campo de batalha. Uma bênção a privou do luto, de todas as dores, e extinguiu suas emoções. Contudo, ao conhecer Sebastian, a luxúria domina seu ser e, pela primeira vez, ela se vê incapaz de eliminar um inimigo.
COMPETIDORES NUMA CAÇADA LENDÁRIA...
Na Corrida do Talismã, o prêmio é extremamente poderoso: um artefato que poderá fazer com que Kaderin modifique o passado e o destino das irmãs. Sebastian também entrará na competição, mas para conquistar o amor de Kaderin. E agora? O que ela escolherá: A paixão pelo vampiro ou sua família de volta?
View Post

Autor: John Russo
Editora: Darkside Books
Número de Páginas: 320
Ano: 2014
Avaliação:  ☆☆☆
Sinopse: Se hoje os zumbis estão em alta – influenciados em grande parte pela série The Walking Dead e por games como Resident Evil e filmes como Zumbilândia, além de contracenar com Brad Pitt – é porque, em 1968, George Romero e John Russo se reuniram para escrever o roteiro de A Noite dos Mortos-vivos e mudar a história do cinema. O filme revolucionou o mito sobre as criaturas que voltavam do além: as superstições vodus das velhas produções B deram lugar à epidemia de fome canibal nas ruas norte-americanas. Criaturas similares já haviam aparecido antes nas telonas, mas foi em A Noite dos Mortos-vivos a primeira vez em que foram retratados como uma praga devoradora de carne humana.

Nesse exemplar temos a oportunidade de acompanhar A Noite dos Mortos-Vivos e sua continuação A Volta dos Mortos-Vivos.
O primeiro livro começa com Johnny e Bárbara chegando ao cemitério em uma zona completamente rural para deixar uma coroa de flores no túmulo do pai deles a pedido da mãe. Johnny acha toda aquela viagem uma grande perda de tempo, começa a ficar irritado e faz de tudo para perturbar a irmã e ao avistar um homem ele tenta assustá-la falando que trata-se de uma pessoa morta, visto que Bárbara não gosta muito do cemitério.
O desconhecido acaba atacando Bárbara e Johnny parte para cima do homem para tentar salvar a irmã. É nesse momento que a mulher percebe que existe algo muito errado com seu agressor e acaba conseguindo fugir do cemitério depois de presenciar uma cena grotesca.

Bárbara encontra uma casa e começa a procurar algo que possa ser usado para defender-se da criatura lá fora e com o passar do tempo vários personagens humanos vão surgindo na história.
Eles descobrem finalmente o que está acontecendo e alguns não conseguem acreditar que tudo aquilo é real, afinal os mortos estão ressuscitando e indo ao encontro dos vivos para devorá-los.

O livro é cheio de tensão, carnificina e conflitos pessoais. Afinal não é nada fácil lidar com o apocalipse.
Foi uma leitura fluída e sem muitos problemas. Apesar de ter passado o maior tempo querendo sacudir a Bárbara que estava histérica o tempo todo.

Já no segundo livro vamos acompanhando a volta dos mortos depois de dez anos após o primeiro ataque. Algumas pessoas acham que é impossível que os mortos possam voltar a vida novamente, mas outras pessoas acreditam no contrário, que é o caso de uma pequena comunidade rural guiada por um reverendo. Eles acham que é completamente possível a volta dos mortos-vivos, por isso costumam cravar estacas no cérebro de seus mortos para evitar que isso ocorra novamente.

Então quando as pessoas menos esperam vemos o surto dos mortos-vivos acontecer. Nesse segundo livro as coisas são mostradas em um angulo bem maior. Vemos algumas pessoas tentando sobreviver, outras ajudando as demais e algumas usando esse momento para cometer atrocidades, afinal quem irá impedi-los? A policia está muito ocupada tentando conter a infestação dos mortos, então essa é a oportunidade perfeita para roubar, matar e estuprar.

Acompanhamos momentos de tensão com a família Dorsey que está em uma situação bastante complicada e pelo visto as coisas não vão acabar nada bem.
O livro nos mostra diversas situações extremas e vamos vendo o caráter do ser humano sendo posto a prova.
Diferente do livro anterior esse tem um background bem mais amplo e juntando isso a uma população mais informada sobre a situação, observamos que não apenas os mortos são um perigo, como também os vivos.

Achei a leitura no geral algo ok, não foi incrível e tão maravilhoso a ponto de torna-se minha preferida, porém foi um bom entretenimento de tirar o fôlego em alguns momentos.
A edição está maravilhosa e com certeza se você gosta de um bom clássico vale a pena investir nesse exemplar para a sua coleção. 
View Post

Sinopse: Elas mudaram (e estão mudando) a nossa história. Mas você conhece a história delas? Dandara foi uma guerreira fundamental para o Quilombo dos Palmares. Niède Guidon descobriu os registros rupestres mais importantes do nosso território. Maria da Penha ficou paraplégica e por pouco não perdeu a vida, mas sua luta resultou na principal lei contra a violência doméstica do país. Indianara Siqueira é uma das lideranças mais atuantes da comunidade trans.Essas e muitas outras brasileiras impactaram a nossa história e, indiretamente, a nossa vida, mas raramente aparecem nos livros. Este volume, resultado de uma extensa pesquisa, chega para trazer o reconhecimento que elas merecem. Aqui, você vai encontrar perfis de revolucionárias de etnias e regiões variadas, que viveram desde o século XVI até a atualidade, e conhecer os retratos de cada uma delas, feitos por artistas brasileiras. O que todas essas mulheres têm em comum? A força extraordinária para lutar por seus ideais e transformar o Brasil.

Sinopse: Rajputana, Índia, 1930. Desde a morte de seu marido, a jovem inglesa Eliza tem como única companhia sua câmera. Determinada a se firmar como fotógrafa profissional, ela acaba de aceitar um convite do governo britânico para se hospedar durante um ano no castelo da família real local. Sua missão: fotografar, para o acervo da Coroa inglesa, a vida no Estado principesco de Juraipore. Ao conhecer Jayant, irmão mais novo do marajá, Eliza embarca na aventura mais transformadora de sua vida. Acompanhada pelo príncipe rebelde e misterioso, ela conhecerá uma terra marcada por contrastes — com paisagens de beleza incomparável, cultura rica e vibrante e, ao mesmo tempo, a mais devastadora das misérias. Enquanto Eliza desperta Jayant para a pobreza que circunda o castelo, ele mostra a ela as injustiças do domínio britânico na Índia. Juntos, descobrem uma afinidade de alma e uma paixão arrebatadora. Mas a família real fará de tudo — até o impensável — para impedir a aproximação entre o nobre indiano e a viúva inglesa.



Sinopse: Um manifesto inspirador de autoaceitação da mais renomada modelo plus size brasileira! Mesmo quem sabe que peso não é indicativo de beleza, saúde ou caráter ainda tem dificuldade em superar os valores associados às palavras “gorda” e “magra”. Pra quê? Por que permitirmos que “gorda” seja praticamente um palavrão, um insulto? Através de sua história única de trabalho duro e conquistas, Fluvia Lacerda, a mais renomada modelo plus size brasileira, oferece um manifesto inspirador de autoaceitação. Ela encoraja mulheres a questionarem a falta de representatividade de tamanhos na moda e na mídia e a deixarem de se submeter aos padrões alheios.



Sinopse: Elas despertaram, famintas. Agora, enquanto o mundo afunda no caos, e pessoas são devoradas nas próprias camas, nada parece capaz de conter a expansão. Ao receber um pacote em seu laboratório, em Washington, a dra. Melanie Guyer não poderia prever que, de um dia para o outro, a espécie ancestral de aranhas que eclodiu daquela bolsa de ovos causaria o caos no mundo inteiro. Em Los Angeles, cidadãos desesperados furam a quarentena. No Japão, uma bolsa de ovos gigantesca pulsa e brilha na escuridão. Enquanto Espingarda e Gordon tentam criar uma arma capaz de conter as aranhas, a presidente Stephanie Pilgrim é pressionada a tomar decisões com consequências catastróficas. Milhões de pessoas estão mortas. Outras milhares foram feitas de hospedeiras. Aranhas devoradoras de carne marcham por todo lugar, e a expansão está só começando. Ninguém está a salvo.


Sinopse: La Belle Sauvage é o primeiro volume de uma nova trilogia chamada O Livro da Sombras, e se passa dez anos antes dos acontecimentos de A Bússola de Ouro, se centrando em Lyra e Pantalaimon, ainda bebês. Apesar de ser uma história diferente, os fãs de Fronteiras do Universo vão reconhecer muito do mundo e dos personagens que povoam La Belle Sauvage. Enquanto o protagonista, Malcolm, se envolve em uma assustadora aventura para tentar salvar a pequena Lyra das garras do Magisterium, outros mistérios e vilões surgem para complementar a trama que já conhecemos tão bem. “Sempre quis contar a história de como Lyra acabou morando na Faculdade Jordan. Este livro e o próximo cobrem dois momentos da vida dela: partindo bem do início e retornando vinte anos depois. Quanto ao terceiro livro, ainda é segredo.

Sinopse: Um retrato marcante da televisão, da sociedade e do teatro brasileiros, escrito por uma das vozes mais surpreendentes e provocativas da literatura atual. A glória e seu cortejo de horrores, novo romance de Fernanda Torres, acompanha as desventuras de Mario Cardoso, um ator de meia-idade, desde os dias de sucesso como astro de telenovela até o total declínio quando decide encenar uma versão de Rei Lear — e as coisas não saem exatamente como esperava. Mescla eletrizante de comédia de erros com a velha e nem sempre boa vida como ela é, o livro atravessa diversas fases da carreira de Mario (e da história recente do Brasil), suas lembranças de juventude no teatro político, a incursão pelo Cinema Novo dos anos 1960, a efervescência hippie do Verão do Desbunde, o encontro com o teatro de Tchékhov, a glória como um dos atores mais famosos de uma época em que a televisão dava as cartas no país. Um painel corrosivo de uma geração que viu sua ideia de arte sucumbir ao mercado, à superficialidade do mundo hiperconectado e à derrocada de suas ilusões.

Sinopse: A mais inteligente e imaginativa reflexão sobre as dimensões geológicas, antropológicas, biológicas, históricas e astronômicas do universo. Escrito por um dos maiores divulgadores de ciência do século XX, Cosmos retraça 14 bilhões de anos de evolução cósmica, explorando tópicos como a origem da vida, o cérebro humano, hieróglifos egípcios, missões espaciais, a morte do sol, a evolução das galáxias e as forças e indivíduos que ajudaram a moldar a ciência moderna. Numa prosa transparente, Carl Sagan revela os segredos do planeta azul habitado por uma forma de vida que apenas começa a descobrir sua própria identidade e a se aventurar no vasto oceano do espaço sideral. Aqui, o tratamento dos temas científicos está sempre imbricado com outros campos de estudo tradicionais, como história, antropologia, arte e filosofia. Publicado pela primeira vez em 1980, Cosmos reúne alguns dos conhecimentos mais avançados da época sobre a natureza, a vida e o Universo — e se mantém até hoje como uma das mais importantes obras de divulgação científica da história.

Sinopse: Uma história tocante sobre luto, amizade e superação, que mostra que os pequenos momentos com as pessoas que amamos são o que realmente importa — e o que as torna inesquecíveis. “Cadê vocês? Me respondam.” Essa foi a última mensagem que Carver mandou para seus melhores amigos, Mars, Eli e Blake. Logo em seguida os três sofreram um acidente de carro fatal. Agora, o garoto não consegue parar de se culpar pelo que aconteceu e, para piorar, um juiz poderoso está empenhado em abrir uma investigação criminal contra ele. Mas Carver tem alguns aliados: a namorada de Eli, sua única amiga na escola; o dr. Mendez, seu terapeuta; e a avó de Blake, que pede a sua ajuda para organizar um “dia de despedida” para compartilharem lembranças do neto. Quando as outras famílias decidem que também querem um dia de despedida, Carver não tem certeza de suas intenções. Será que eles serão capazes de ficar em paz com suas perdas? Ou esses dias de despedida só vão deixar Carver mais perto de um colapso — ou, pior, da prisão?
View Post

O Natal é uma época muito especial e pensando nisso o Da Imaginação à Escrita reuniu os blogs amigos para presentear os leitores! São 21 livros e 7 ganhadores! Não perca a chance! Confira o regulamento do sorteio no final do post. Boa sorte!

View Post