fevereiro 28, 2021

 


Sinopse: Ela o nomeou e, depois disso, passaram a pertencer um ao outro. O ano não está sendo fácil para Zoe, uma garota de dezessete anos que acaba de perder o pai. A fase do luto parece nunca ter fim: a polícia ainda não resgatou o corpo do pai da caverna na qual ele desaparecera e o casal de vizinhos idosos que ajudara a criá-la está desaparecido. Além disso, Jonah, seu irmão, se perde na floresta no meio de uma nevasca, forçando-a a ir atrás dele, e os dois são atacados por um homem cruel.
Quando tudo parece estar perdido, são salvos por um estranho caçador de recompensas, que ganha o nome de X. Mas X não é um caçador de recompensas qualquer – ele vem de um mundo infernal chamado Terrabaixa e é capaz de fazer coisas que nenhum humano conseguiria. Ao ser enviado para capturar a alma do homem que atacou Zoe e se mostrar para ela, ele quebra as regras da Terrabaixa e terá que pagar por isso – o que pode significar o maior dos sacrifícios para os dois. O limite de tudo leva os leitores à sombria Terrabaixa, a montanhas inóspitas e cavernas perigosas de Montana, e a uma viagem sem precedentes ao mundo do amor e dos sacrifícios que fazemos por ele. Primeiro de uma duologia que tem tudo para agradar ao público que gosta de séries de fantasia."

fevereiro 27, 2021


 Aproveitando esse sábado a noite que tal participar de um sorteio? Corre lá no instagram e participa (clique no link abaixo).

https://www.instagram.com/p/CL0RIBbDWbd/

 


Autora: Lyssa Kay Adams

Editora: Arqueiro 

Número de Páginas: 320

Ano: 2021

Avaliação:  ☆☆☆☆☆

Sinopse: A primeira regra do clube do livro é: não fale sobre o clube do livro
Gavin Scott é um astro do beisebol, devotado ao esporte. No auge de sua carreira, ele descobre um segredo humilhante: a esposa, Thea, sempre fingiu ter prazer na cama. Magoado, Gavin para de falar com ela e acaba piorando o relacionamento, que já vinha se deteriorando. Quando Thea pede o divórcio, ele percebe que o orgulho e o medo podem fazê-lo perder tudo.
Bem-vindos ao Clube do Livro dos Homens
Desesperado, Gavin encontra ajuda onde menos espera: um clube secreto de romances, composto por alguns dos seus colegas de time. Para salvar seu casamento, eles recorrem à leitura de uma sensual trama de época, Cortejando a condessa. Só que vai ser preciso muito mais do que palavras floreadas e gestos grandiosos para que Gavin recupere a confiança da esposa.

Gavin Scott é um astro do beisebol, ele é casado com Thea e juntos eles tem duas lindas filhinhas gêmeas. Gavin é completamente dedicado ao esporte, e por isso muitas vezes não está em casa quando necessário (como por exemplo no nascimento das filhas, ele estava longe trabalhando); em uma noite ele acaba descobrindo um segredo terrível, sua esposa finge ter prazer na cama.
Gavin fica magoado com a nova informação e acaba piorando mais as coisas entre ele e a esposa, com isso a situação vai piorando a ponto de Thea pedir o divórcio. Assim que os amigos de Gavin sabem do  ocorrido eles decidem intervir, eles irão ajudá-lo a reconquistar a esposa. É aí que o leitor conhece o Clube do Livro dos Homens; o clube tem o intuito de contornar as crises matrimoniais seguindo alguns conselhos dos personagens de livros (romances de época), dentre outras coisas. 

Gavin acha tudo completamente estúpido, mas se ler um livro irá ajudar seu casamento ele acredita que deve dar uma oportunidade. Mas, ele está enganando, Gavin precisa por em prática o que está lendo, precisa aprender a não ter medo dos seus sentimentos e é nesse momento que ele começa uma viagem através da leitura e isso irá refletir dentro de si.

Do outro lado temos Thea, uma mulher forte que está em conflito com seus sentimentos, que tem duas filhas para cuidar, que deseja voltar a universidade e que tem uma irmã que a apoia profundamente. Thea ama o marido mais que tudo, porém ela está magoada no modo como ele lidou com a situação entre eles. Ela acredita que o casamento não tem mais volta, mas quando seu marido pede um tempo para reconquista-la Thea acaba cedendo, lá no fundo do seu coração mesmo que ela não queira admitir, Thea ainda deseja ficar com Gavin.

Gavin começa a ler o livro, ter encontros com seus amigos para aprender o que deseja fazer e mesmo não prestando atenção, ele está evoluindo aos poucos, mas ainda não tem coragem de dizer para os amigos o que afastou ele da esposa. 
Temos vários personagens secundários interessantes, temos por exemplo as esposas do beisebol, um grupo que é formado apenas por mulheres de jogadores de beisebol e vemos que algumas são legais e adoráveis, mas outras vivem em guerra com qualquer uma que não se encaixa no estilo de vida delas e quem não se encaixa? Thea. Além de travar uma guerra no casamento, terá de lidar com mulheres mesquinhas e passivo agressivas que se acham melhores que as outras. 

O livro é divertido e aos poucos vamos vendo que a história vai crescendo e tocando em assuntos interessantes, realmente me surpreendeu de forma positiva. Apesar de achar que o clube do livro apareceu bem pouco na leitura, eu gostei muito da história. Vi homens tentando entender seus sentimentos, agradar suas parceiras e saber que tudo bem ser vulnerável as vezes, fora que foi muito engraçado as situações em que Gavin tentava flertar com a esposa. 
Algo que me incomodou na história foi Lyssa, a irmã de Thea. Ela é simplesmente insuportável e passa o livro todo perturbando a irmã sobre o casamento, fica parecendo que ela não quer que a irmã seja feliz, ela não é nada agradável e sinceramente um grande atraso na vida de Thea. Eu entendo que elas tiveram uma infância muito difícil, mas isso não é motivo para ser intragável. 

A leitura está em terceira pessoa e alterna os capítulos entre Thea e Gavin, vários assuntos são abordados além do casamento entre os dois, como por exemplo o relacionamento entre Thea com os pais problemáticos, realmente algo que Gavin deixou passar despercebido. 
A história é fluída, envolvente e com certeza valeu a pena ler. Espero ansiosa pelo próximo livro da série e desejo que a autora coloque um pouco mais sobre o clube do livro, fiquei intrigada com alguns dos personagens masculinos e não vejo a hora de ler sobre suas histórias. 
Li o livro em ebook, então nada a declarar sobre a edição física.


"Nós somos a soma das nossas experiências, que também definem nossas ações. Assim como nos romances. Tudo pelo que o personagem passou antes do início do livro vai determinar como ele reage às coisas que acontecem durante o livro."

fevereiro 26, 2021



O vampiro Lestat + BRINDE moleskine Clássico do horror moderno, O vampiro Lestat é o aclamado segundo livro das Crônicas Vampirescas de Anne Rice, agora eternizado em uma edição especial capa dura. 

No primeiro volume, o best-seller Entrevista com o vampiro, Lestat é retratado como vilão pelo conturbado vampiro Louis. Neste romance, narrado em primeira pessoa, Lestat dá a sua versão dos fatos relatados na célebre entrevista e conta sua fascinante história, desde que era um simples mortal no interior da França pré-revolucionária. Para escapar da rotina da vida no campo, o jovem Lestat de Lioncourt, seduzido pela fulgurante Paris do século XVIII, abandona sua família e segue com uma trupe de atores para trabalhar no teatro. Em Paris, seu talento chama a atenção de Magnus, um vampiro secular que está decidido a dar fim à própria existência, e, para isso, transforma Lestat em vampiro, legando a ele sua fortuna e a missão de encontrar as origens de sua espécie. Em sua busca, Lestat desvela a fantástica mitologia vampiresca que remonta ao antigo Egito e, aos poucos, toma conhecimento de quem é quem na galeria de imortais que habitam os subterrâneos do mundo. Suas aventuras através dos tempos desembocam no século XX, quando o vampiro se torna um ídolo do rock, com uma verdadeira legião de fãs e clipes na MTV. Além de se integrar ao mundo dos vivos com sua música, Lestat pretende acordar vampiros ancestrais para tentar esclarecer os enigmas de sua misteriosa forma de existência. Com essa extravagância, no entanto, Lestat acaba quebrando o código de silêncio dos vampiros e provocando a ira de criaturas ainda mais poderosas do que ele. Assim, perseguido pelos imortais e pelos mortais que percebem sua natureza, Lestat percorre o mundo, experimentando os pesares, mas também todos os prazeres que a condição de vampiro pode lhe proporcionar.


O texto deste livro ilustrado indicado para crianças dos 6 aos 100 anos conta a história de um inusitado elefante feito à mão, ora de algodão, ora de pedaços de móveis, mas sempre repleto de doçura. Marca registrada do poeta, que utiliza palavras simples para narrar as complexidades do mundo, as metáforas aqui podem ser lidas nas entrelinhas de incontáveis maneiras, exatamente como se espera da poesia.
Para as crianças, o livro oferece um jeito divertido de conhecer um bicho incomum, simpático e amável, que deposita em sua resiliência de cada dia a força para acreditar que o amanhã sempre pode ser melhor.

Já para os adultos, é possível interpretá-lo tanto como símbolo da fragmentação do homem moderno quanto como representação da resistência humana, que não desiste do outro, mesmo “num mundo enfastiado / que já não crê nos bichos / e duvida das coisas”.

Seja como for, o poema encanta e emociona. Agora, ainda mais, graças aos traços delicados e narrativas visuais criativas da artista Raquel Cané. Doce e resistente, o elefante deste livro é um convite para resgatar a esperança na verdade do ser humano e do mundo. Se duvidar, basta encarar os olhos do bicho, “alheios a toda fraude”.

Via Companhia das Letrinhas

Abaixo é possível conferir algumas ilustrações do livro. 





fevereiro 22, 2021

 


O pequeno príncipe preto trata-se de um livro infantil que aborda ancestralidade, religiosidade, autoamor, dentre outras coisas. A princípio o texto foi escrito como uma peça de teatro e já atraiu mais de 60 mil espectadores. 

O livro foi escrito por Rodrigo França (@rodrigofranca) e ilustrado pela Juliana Barbosa Pereira (@juuhbp).




Sinopse: Em um minúsculo planeta, vive o Pequeno Príncipe Preto. Além dele, existe apenas uma árvore Baobá, sua única companheira. Quando chegam as ventanias, o menino viaja por diferentes planetas, espalhando o amor e a empatia. O texto é originalmente uma peça infantil que já rodou o país inteiro. Agora, Rodrigo França traz essa delicada história no formato de conto, presenteando o jovem leitor com uma narrativa que fala da importância de valorizarmos quem somos e de onde viemos - além de nos mostrar a força de termos laços de carinho e afeto. Afinal, como diz o Pequeno Príncipe Preto, juntos e juntas todos ganhamos.

fevereiro 21, 2021





Sinopse: Do autor de Bob Esponja, uma nova série para gargalhar e se arrepiar! A maior preocupação de Tom era ser popular na escola... isso até se transformar em um VAMBIZOMEM. Isso mesmo. VAM-BI-ZOMEM! Uma mistura improvável de vampiro, zumbi e lobisomem! Quais as chances de isso acontecer? Três mordidas em menos de 24 horas? Tom não é exatamente a pessoa mais sortuda da Terra, então, uma série de eventos (e mordidas) o transformou nessa ameaça tripla. Tudo aconteceu no segundo pior momento do ano ― o último dia das férias, quando ele iria começar o ensino médio. Então havia muitas razões para ele estar empolgado, mas várias outras que o APAVORAVAM.


Sinopse: Existem regras para mistérios em que há um assassinato. Deve haver uma vítima. Um suspeito. Um detetive. O restante é apenas embaralhar a sequência de fatos para enganar o leitor. O matemático Grant McAllister resolveu esse raciocínio para escrever sete histórias de detetive calculando as diferentes ordens e possibilidades. E, por trinta anos, essas histórias pareceram perfeitas aos olhos de todos. Agora, vivendo recluso numa remota ilha do Mediterrâneo, vendo a vida passar, ele é descoberto por Julia Hart, uma editora ambiciosa e esperta. Julia quer republicar o livro de Grant, mas nota muitos pontos inconsistentes, quase propositais. Aos olhos de uma profissional, parecem pistas de crimes reais... Ela decide investigar. Em uma batalha intelectual com um adversário perigosamente inteligente, Júlia percebe que há um mistério maior por trás dos livros... Grant deixou as pistas para conectar os livros ou assassinatos da vida real? Toda investigação parte de evidências. Mas, e se elas fossem disfarces de algo mais grave?

Sinopse: O dossiê que levou a Rússia a ser banida dos eventos esportivos mundiais! A exclusão da Rússia das olimpíadas de Tóquio surpreendeu o mundo, em parte pela penalidade, que soou forte demais fora dos comitês esportivos. No entanto, uma investigação se desenrolava nos bastidores, e o desfecho parecia inevitável. O protocolo russo começou a desmoronar quando a agência antidoping do país foi considerada culpada pelas fraudes de exames nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, em 2014. Desde então, as revelações emergiram num efeito dominó... e todas as participações em eventos esportivos foram suspensas. Incluindo a próxima Olimpíada e a Copa do Mundo de 2022. Dr. Grigory narra a história da criação de um sistema altamente tecnológico para potencializar os resultados nos campeonatos internacionais e suas consequências para os atletas. Um protocolo sofisticado de administração de esteroides, orientado por Putin, com o propósito de alçar a Rússia ao topo dos pódios, mas que se transformou na maior humilhação mundial.


Sinopse: A história da filosofia de Platão a Voltaire
Não devemos estudar apenas as filosofias, mas os filósofos. Cada um deles traz inúmeras lições para nós. Das mentes notáveis dos maiores filósofos, Durant extrai um material conciso e brilhante para leitores e estudiosos e oferece uma obra que pode ser lida em sequência ou por capítulos aleatórios, aos poucos, e utilizada como referência para consulta frequente.
Trata-se de um livro-chave para qualquer leitor que deseja pesquisar a história e o desenvolvimento das ideias filosóficas no mundo ocidental. Poucos escrevem para o não especialista como Will Durant: a visão e a inteligência em suas análises nunca deixam de impressionar.
O autor viajou o mundo para conhecer, na prática, como todas as manifestações culturais e filosóficas interagem com o conhecimento que adquirimos no decorrer dos séculos.


Sinopse: A história da filosofia de Kant a Nietzsche
Não devemos estudar apenas as filosofias, mas os filósofos. Cada um deles traz inúmeras lições para nós. Das mentes notáveis dos maiores filósofos, Durant extrai um material conciso e brilhante para leitores e estudiosos e oferece uma obra que pode ser lida em sequência ou por capítulos aleatórios, aos poucos, e utilizada como referência para consulta frequente.
Trata-se de um livro-chave para qualquer leitor que deseja pesquisar a história e o desenvolvimento das ideias filosóficas no mundo ocidental. Poucos escrevem para o não especialista como Will Durant: a visão e a inteligência em suas análises nunca deixam de impressionar. O autor viajou o mundo para conhecer, na prática, como todas as manifestações culturais e filosóficas interagem com o conhecimento que adquirimos no decorrer dos séculos.


Sinopse: Quando economistas são chamados de “influentes” significa que eles mudaram a forma como os outros pensam. Por esse padrão, Milton Friedman foi um dos economistas mais influentes de todos os tempos. Ele revolucionou a maneira como seus pares pensam sobre consumo, dinheiro, política de estabilização e desemprego. Friedman demonstrou o poder de se comprometer com algumas suposições simples sobre o comportamento humano e então perseguir implacavelmente suas implicações lógicas. Em mais de 60 anos de carreira, desenvolveu e ensinou novas maneiras de interpretar dados, testando suas teorias por meio de sua capacidade de explicar vários fenômenos díspares. Seriam necessários vários volumes para fazer justiça às contribuições extraordinárias de Friedman para a teoria, prática e política econômicas, mas este livro servirá como uma introdução e, também, uma síntese do trabalho desenvolvido pelo célebre economista. A influência de Milton Friedman se estendeu além dos economistas. Ele foi o principal defensor da liberdade econômica e pessoal. Por meio de seus escritos e aparições na mídia, educou milhões sobre como os mercados funcionam e como os governos frequentemente falham. Ele restaurou a respeitabilidade das noções liberais clássicas que haviam caído em desgraça, e não o fez mediante propaganda engenhosa, mas transmitindo uma compreensão profunda e duradoura das próprias ideias.




Nem sempre um bom livro ganha fama internacional, mas a série baseada em suas histórias sim! Este é o caso de Luppin, fenômeno originalmente produzido Netflix e criado por Geroge Kay em colaboração com François Uzan e inspirado nas obras do escritor francês Maurice Leblanc.

No suspense policial estrelado por Omar Sy, o ator interpreta Assane Diop, filho de um imigrante senegalês que busca vingança após uma injustiça ter resultado em uma tragédia familiar. Para alcançar este objetivo, Diop, utiliza as artimanhas que aprendeu com o personagem do livro que ganhou de seu pai, Arsène Lupin. Após a estreia da série, muitos se perguntaram se a narrativa era condizente com as histórias de Leblanc. Por isso, vou trazer um pouco do original.

O personagem foi criado por Maurice Leblanc em 1905, como uma encomenda da revista Je Sais Tout. A ideia era contrapor o sucesso do detetive inglês Sherlock Holmes com a mesma sagacidade, mas outra abordagem, e então nasceu o meticuloso mestre em roubos e disfarces. Leblanc não só gostou de criar o contrário, como também criou uma disputa entre eles, mas claro que sempre com a vitória do ladrão de casaca no final. Isso lhe causou problemas por direitos autorais ao usar o nome do famoso detetive em suas histórias. Para dar continuidade as suas comparações, o escritor francês passou a usar, Herlock Sholmes.

Fora a famosa rivalidade, Leblanc também cativou seu público com sua narrativa repleta de deboches a burguesia francesa, inclusive Lupin jamais roubou dos menos favorecidos.

Além de seriado, Lupin já foi filme de cinema, mangá e anime. E aí, preparado para as próximas aventuras?

Sobre o cineasta: O cineasta brasileiro Daniel Bydlowski é membro do Directors Guild of America e artista de realidade virtual. Faz parte do júri de festivais internacionais de cinema e pesquisa temas relacionados às novas tecnologias de mídia, como a realidade virtual e o future do cinema. Daniel também tenta conscientizar as pessoas com questões sociais ligadas à saúde, educação e bullying nas escolas. É mestre pela University of Southern California (USC), considerada a melhor faculdade de cinema dos Estados Unidos. Atualmente, cursa doutorado na University of California, em Santa Barbara, nos Estados Unidos. Recentemente, seu filme Bullies foi premiado em NewPort Beach como melhor curta infantil, no Comic-Con recebeu 2 prêmios: melhor filme fantasia e prêmio especial do júri. O Ticket for Success, também do cineasta, foi selecionado no Animamundi e ganhou de melhor curta internacional pelo Moondance International Film Festival.


O personagem da arte dos disfarces conseguiu enganar até mesmo cenicamente em relação a como já foi interpretado.

 


Sinopse: Jeannie sempre sonhou com uma grande paixão, e agora finalmente está vivendo um romance avassalador com Dan, um jovem veterinário. Depois de menos de um ano de namoro, ele a pede em casamento durante um fim de semana romântico em Nova York.
Os meses de noivado voam e de repente ela se vê no carro a caminho do casamento. Tudo parece perfeito e mágico demais para ser verdade. Mas ela não consegue afastar do peito a sensação sufocante de que está tomando a decisão errada.
Jeannie tem uma última chance de voltar atrás. Porém, quando decide agarrá-la, um golpe do destino joga tudo o que ela conhece pelos ares.
Com o futuro parecendo incerto e sombrio, Jeannie mergulha uma jornada de autodescoberta e constata que, para amar totalmente outra pessoa, primeiro precisamos aprender a ouvir nossos próprios desejos e necessidades.

Um livro adorável e redentor, o tipo de leitura que faz você querer aproveitar melhor a sua vida.” – Jojo Moyes , autora de Como eu era antes de você

Gratificante, inteligente e totalmente emocionante.” –Sophie Kinsella, autora de Os delírios de consumo de Becky Bloom

O lançamento do livro está previsto para 24 de fevereiro e caso seja adquirido na pré-venda o leitor irá ganhar um pin.

fevereiro 17, 2021


Sinopse: Podemos controlar o amor? O que realmente acontece quando ele acaba? Como o amor deixou de ser considerado uma força misteriosa para se tornar algo racionalmente explicável? Por que procuramos ser mais amados do que amar?
Com muito humor e inteligência, e o título emprestado de um verso da poeta norte-americana Hilda Doolittle, A rosa mais vermelha desabrocha examina as engrenagens do amor nos tempos do capitalismo tardio. A partir de histórias como a de Sócrates, que traiu Alcibíades há mais de dois mil anos, ou a de Teseu, que abandonou a amada Ariadne de uma hora para outra na ilha de Naxos, e com a ajuda de Beyoncé, do filósofo Sören Kierkegaard, dos smurfs, da namorada alucinada de Lorde Byron, de Platão, de Jabba de Star Wars, e de outros especialistas na arte de amar, a artista sueca Liv Strömquist mais uma vez desconstrói mitos e se afirma como uma das quadrinistas mais relevantes da atualidade.

O livro já se encontra em pré-venda e será lançado em abril desse ano.

 


A Netflix anunciou nesta quarta-feira (17) que o diretor Tim Burton irá dirigir a série Live-Action de 8 episódios da personagem Wednesday Addams. A série irá acompanhar a adolescente na Academia Nevermore, um colégio interno.


O roteiro será de Al Gough e Miles Millar, onde mostrará a personagem tentando dominar sua habilidades psíquicas enquanto tenta resolver um mistério que envolve seus pais e uma grande matança que aterrorizou a cidade local. 
O seriado não tem nomes confirmados no elenco e nem data de estreia por enquanto. 



Sinopse: Um thriller psicológico impressionante, que questiona o que uma família seria capaz de fazer para proteger seus membros e se a verdade é mais importante do que as aparências.
Uma adolescente é acusada de assassinar brutalmente um homem muito mais velho. O crime de Stella, filha de um casal adorado pela comunidade, beira o inacreditável. Só pode ser um terrível engano. Certo?
Adam é um pastor na igreja local, marido e pai devoto. Seu maior pesadelo começa quando Stella é presa pela polícia. Verdade e decência sempre foram seus princípios básicos, mas quando o futuro de sua filha está em jogo e as pressões sobre sua família aumentam, ele mostra que também tem um lado sombrio.
Presa em uma cela vazia, Stella começa a ver sua família e o mundo sob novas perspectivas. Ela teve um relacionamento com o homem assassinado, e esse não é o único segredo que está escondendo dos pais. Através de seu ponto de vista, descobrimos que seu dedicado pai é um homem controlador, e que seu maior interesse talvez não seja salvar a filha, e sim as aparências.
Já a mãe, Ulrika, é uma advogada de defesa, e pelos olhos dela acompanhamos o julgamento de Stella e o plano intrincado posto em jogo para protegê-la. Mas as apostas mais altas têm as quedas mais perigosas, e talvez Ulrika esteja sendo ambiciosa demais…
Uma narrativa construída de forma excepcional, Uma família quase perfeita faz as perguntas mais difíceis: quão bem você conhece seus filhos? Até onde iria para proteger quem você ama?

Lançamento previsto para Março

fevereiro 10, 2021

 


Fãs de Stephen King estão preparados? O próximo livro do mestre do terror já está disponível para comprar na pré-venda. O lançamento está previsto para março desse ano e caso seja adquirido na pré-venda, o livro virá com brindes. 


Sinopse: Um livro que demonstra todo o talento de Stephen King, "Depois" é assustador e emocionante, e fala dos desafios de crescer e aprender a distinguir o certo do errado. Uma história poderosa, perturbadora e inesquecível sobre o preço de encarar o mal, não importa sob qual forma ele se esconda. James Conklin não é uma criança comum: ele vê gente morta. Com que frequência? Jamie não sabe bem; afinal, os mortos em geral se parecem muito com os vivos. Exceto pelo fato de que eles ficam para sempre nas roupas em que morreram, e são incapazes de mentir. Sua mãe implora para que ele mantenha essa habilidade em segredo, o que não é problema na maior parte do tempo. Pelo menos até Liz Dutton, a companheira de sua mãe e detetive do Departamento de Polícia de Nova York, aparecer na saída da escola e anunciar que precisa de ajuda. É assim que Jamie embarca em uma corrida para desvendar o último segredo de um falecido terrorista, e começa a jornada mais assustadora de sua vida.



fevereiro 09, 2021

 


O que você faria se seus filhos não fossem quem você esperava?


Sinopse: Blythe Connor está decidida a ser a mãe perfeita, calorosa e acolhedora que nunca teve. Porém, no começo exaustivo da maternidade, ela descobre que sua filha Violet não se comporta como a maioria das crianças. Ou ela estaria imaginando? Seu marido Fox está certo de que é tudo fruto do cansaço e que essa é apenas uma fase difícil.

Conforme seus medos são ignorados, Blythe começa a duvidar da própria sanidade. Mas quando nasce Sam, o segundo filho do casal, a experiência de Blythe é completamente diferente, e até Violet parece se dar bem com o irmãozinho. Bem no momento em que a vida parecia estar finalmente se ajustando, um grave acidente faz tudo sair dos trilhos, e Blythe é obrigada a confrontar a verdade.

Neste eletrizante romance de estreia, Ashley Audrain escreve com maestria sobre o que os laços de família escondem e os dilemas invisíveis da maternidade, nos convidando a refletir: até onde precisamos ir para questionar aquilo em que acreditamos?

 


Quarta-feira as 15h (10 de fevereiro), a Editora Arqueiro fará uma live com a autora Lyssa Kay Adams. A transmissão da live será feita simultaneamente no youtube e facebook da editora, e contará com a tradução consecutiva de Frini Georgakopoulos. 





Sinopse: A primeira regra do clube do livro é: não fale sobre o clube do livro
Gavin Scott é um astro do beisebol, devotado ao esporte. No auge de sua carreira, ele descobre um segredo humilhante: a esposa, Thea, sempre fingiu ter prazer na cama. Magoado, Gavin para de falar com ela e acaba piorando o relacionamento, que já vinha se deteriorando. Quando Thea pede o divórcio, ele percebe que o orgulho e o medo podem fazê-lo perder tudo.
Bem-vindos ao Clube do Livro dos Homens
Desesperado, Gavin encontra ajuda onde menos espera: um clube secreto de romances, composto por alguns dos seus colegas de time. Para salvar seu casamento, eles recorrem à leitura de uma sensual trama de época, Cortejando a condessa. Só que vai ser preciso muito mais do que palavras floreadas e gestos grandiosos para que Gavin recupere a confiança da esposa.


Sinopse: Todo mundo conhece Michelle Obama: a admirável primeira-dama dos Estados Unidos, casada com Barack, mãe de Malia e Sasha. Em 2009, eles se tornaram a primeira família negra a ocupar a Casa Branca. Agora chegou a hora de descobrir a sua história.
Através de suas palavras, acompanhamos sua infância e adolescência, o período de faculdade, o início de sua carreira, os primeiros anos do casamento, e como foi a entrada na vida pública, conforme Barack avançava na política e se candidatava à presidência. Com sinceridade, bom humor e afeto, Michelle faz um relato vívido de como se sentiu sob os holofotes, e de como foi a vida na Casa Branca durante oito anos.
Nesta edição preparada para os jovens, Michelle nos mostra como sempre buscou viver de forma autêntica, usando sua voz e sua força para lutar por seus ideais, tornando-se um grande exemplo para as futuras gerações. Ao contar sua história com coragem e honestidade, Michelle convida os jovens a refletir sobre que história querem escrever para si mesmos.


Tradutores responsáveis de Débora Landsberg, Denise Bottmann, Lígia Azevedo e Renato Marques.

O livro está sendo publicado pela Editora Seguinte, um dos selos da Companhia de Letras. Nessa edição teremos uma introdução especial escrita pela autora e cadernos com fotos coloridas.
A edição já se encontra na pré-venda e será lançado no dia 02 de março desse ano. 

 


Autor: Lewis Carroll

Editora: Faro Editorial 

Número de Páginas: 144

Ano: 2020

Avaliação:  ☆☆☆☆☆

Sinopse: Com as ilustrações originais que deram vida aos personagens, explore o universo único criado por Lewis Carroll. Esta é a história sobre uma garotinha caindo de um buraco de coelho que se tornou a heroína mais popular da literatura inglesa. Enquanto Alice explora um mundo subterrâneo bizarro, ela encontra um elenco de personagens estranhos e fantasiosos: o apressado Coelho Branco, o Chapeleiro Maluco, o sorridente gato Cheshire, os gêmeos, a terrível Rainha de Copas e outras criaturas extraordinárias. Perca-se nesta aventura através dos olhos de Alice nesse maravilhoso mundo nonsense, repleto de significados criados por meio de sátiras, alegorias e metáforas, que escondem profundas revelações. Talvez Alice não seja mais que um sonho, um conto de fadas sobre os desafios e tribulações do crescer ― talvez seja a visão de que o mundo adulto parece estar de cabeça para baixo, quando visto pelos olhos de uma criança...



Essa é a segunda vez que leio a história da pequena Alice, e percebi que em cada leitura notei aspectos diferentes em determinadas situações, como se eu estivesse lendo a história sob um novo olhar. Para quem não conhece Alice no País das Maravilhas vem comigo que eu vou contar um pouquinho dessa história.


Alice é uma menininha de dez anos que está completamente entediada enquanto sua irmã lhe conta uma história. É nesse momento que Alice avista um coelho branco resmungando, inclusive o coelho parece apressado, como se estivesse atrasado para um compromisso e como a curiosidade infantil é enorme, Alice acaba seguindo o coelho branco até que se depara com um buraco; e como alguns já sabem, ela cai nesse buraco e é levada ao País das Maravilhas.


O país das maravilhas trata-se de um lugar cheio de criaturas mágicas, algumas delas mortais, encontramos uma Rainha levemente desequilibrada, um chapeleiro maluco, um gato risonho e muita magia. 

A Rainha de Copas não consegue resolver as coisas de forma civilizada, por isso qualquer contradição é motivo para que ela ordene que a cabeça da pessoa/criatura seja cortada, por isso Alice precisará de toda a sua astúcia se quiser sobreviver a Rainha ou as criaturas mágicas nada amigáveis.


Tudo que Alice passa durante a leitura tem uma justificativa, mostrando assim o processo de crescimento. Inclusive o gato risonho que em uma hora tenta ajudá-la ou até mesmo confundi-la em alguns momentos, como se quisesse mostrar que existem muitos caminhos a serem seguidos/ explorados, mas que todas as suas ações tem consequências.

Durante os doze capítulos é possível ver a belíssima obra que a editora faro trouxe ao leitor. Temos ilustrações originais que despertam a imaginação do leitor, a diagramação está delicada e muito bonita, e enquanto viajamos no País das Maravilhas é possível ficar completamente fascinado com a edição física.


Alice no país das maravilhas é um clássico quase que "obrigatório"! Esse livro é um dos meus livros infantis preferidos, eu mesma fui alfabetizada lendo clássicos e Alice foi uma dessas leituras. 

Apesar de ter sido escrito em 1865 o livro continua atemporal, por isso se quiser embarcar na leitura sugiro dar uma olhadinha nessa edição da Editora Faro, pois ela está maravilhosa.


— Quem… é… você?… — Inquiriu a Lagarta. Alice respondeu: — Eu… Neste momento, não sei dizer muito bem, Senhora. Sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas creio que deva ter mudado várias vezes desde então.

fevereiro 06, 2021


Encerrado em julho de 2020 no Japão com 45 volumes encadernados, o mangá Haikyuu!! será finalmente publicado no Brasil.

A edição brasileira contará com o formato BIG, com dois volumes copilados em um com cerca de 400 páginas. Ao invés de 45 volumes encadernados, teremos apenas 23 edições. 

Nesse mangá iremos acompanhar a história de Shoyo Hinata, um jovem fascinado por vôlei que sonha em tornar-se um dos melhores no esporte, mas isso requer muito esforço. Vamos acompanhando a história de Hinata e seus amigos, a colaboração e esforço mútuo/individual de cada personagem. 

Uma curiosidade, em 2019 o autor veio ao Brasil entrevistar alguns atletas de vôlei de praia, depois de um tempo o leitor acaba descobrindo que o protagonista vem ao Brasil para jogar. Tanto o mangá quanto o anime são muito interessantes, e com certeza a Editora JBC arrasou nesse lançamento. 

 


Nessa Revista de ficção especulativa, a Editora Suma estará trazendo alguns contos de forma gratuita e colaborativa. Os contos terão um tema especifico em cada edição e autores de todo o Brasil podem submeter seus contos para esse projeto. 

O tema de cada edição ficará aberto para interpretação de acordo com a criatividade do autor, mas a história deve ter como tema central o que foi proposto pela editora. Por exemplo, o tema desta edição é A Primeira Vez, mas existem muitos tipos de primeiras vezes, então de acordo com a criatividade do autor ele irá criar algo baseado nisso.

Quer saber mais sobre o projeto? Acesse o link abaixo:

fevereiro 05, 2021

 


👒 O conto será lançado em ebook e já está em pré-venda na Amazon.

Sinopse: Quando Taís vê seu nome entre os aprovados no vestibular de enfermagem, mal consegue acreditar. Ela sempre quis estudar numa universidade pública e se esforçou muito durante o último ano para isso. O problema? Ela foi aceita em sua segunda opção, um campus que fica em Macaé, bem distante de sua casa em São Gonçalo.
Como seus pais não têm condições de mantê-la sozinha em outra cidade, Taís sabe que as chances de cursar a faculdade são praticamente nulas. Sem saber como reagir ao resultado e temendo decepcionar a família (em especial a avó), ela corre para seu porto seguro: Rafaela. Mas a reação da namorada de Taís pode ser bem diferente do que ela imaginava…

fevereiro 03, 2021


Sinopse: Smita é uma intocável, membro da casta mais inferior da Índia. Seu grande sonho é ver a filha escapar da condição miserável em que vivem e ter acesso à educação formal. Na Sicília, Giulia trabalha como ajudante na oficina do pai. Mas, quando ele sofre um acidente e ela precisa assumir o comando, logo percebe que o negócio está à beira da ruína.
No Canadá, Sarah é uma advogada renomada. Quando está prestes a ser promovida a chefe no escritório em que trabalha, descobre estar gravemente doente.
Sem saber que estão conectadas por suas questões mais íntimas, Smita, Giulia e Sarah recusam o destino que lhes está reservado e decidem lutar contra ele. Vibrantes, suas histórias remontam a uma imensa gama de emoções muito familiares e que, por isso, tecem uma trama que fala sobre dois aspectos essenciais de nossas vidas: esperança e solidariedade.


Sabe aqueles livros que você se apaixonada pela capa? Esse foi um dos casos! Fiquei curiosa com a história e não paro de pensa em como essa capa me atrai. 

fevereiro 02, 2021

 

Um dia, uma preguiça encontra por acaso uma história em quadrinhos de um valente super-herói. Será que um bicho tão comum quanto ela também poderia ser uma super-heroína? Nessa história, o leitor descobre que, muitas vezes, o que parece ser uma fraqueza pode se transformar na nossa maior habilidade.

Sinopse: Era uma vez uma preguiça comum, que vivia num galho comum, em uma árvore comum, em uma floresta comum. Até que um dia, uma coisa aconteceu: a preguiça achou uma história em quadrinhos de um valente super-herói. Será que a preguiça poderia ser super-heroína também?

 


Sinopse: As cartas não dizem nada que você não saiba.Não podem revelar nenhum segredo nem ditar o futuro.
Elas só podem mostrar o que você já sabe.
Hal Westaway lê cartas de tarô no cais de Brighton e, desde a morte da mãe, luta diariamente para pagar suas contas e sobreviver. A notícia inesperada de uma herança pode mudar sua vida para sempre e, mesmo sabendo que tudo pode ser um enorme engano, ela decide acreditar... e jogar.
Quando Hal Westaway recebe uma carta inesperada anunciando que ela herdou uma soma substancial de sua avó da Cornualha, aquilo lhe parece uma resposta às suas preces. Ela deve dinheiro a um agiota e as ameaças do sujeito estão cada vez mais agressivas: ela precisa botar a mão em dinheiro vivo o mais breve possível.
Existe apenas um problema: as avós de Hal morreram há mais de vinte anos. A carta foi enviada à pessoa errada. Hal sabe, no entanto, que as técnicas que usa para "ler" as pessoas através do tarô podem ajudá-la a conseguir esse dinheiro. Se alguém tem habilidade para comparecer ao funeral de um estranho e reivindicar um espólio que não lhe pertence, é ela.
Ao chegar à cerimônia, porém, Hal percebe que há algo muito, muito errado a respeito de toda aquela situação, e a herança está no centro de tudo. Mas Hal Westaway fez sua escolha, e não pode voltar atrás. Ela precisa continuar ou arriscar perder tudo. Até mesmo a própria vida.
Uma velha casa, uma governanta assustadora, conflitos familiares e dilemas morais. Ingredientes clássicos que se tornam surpreendentes na voz de um dos grandes nomes contemporâneos do suspense, Ruth Ware.


Sinopse: Além do “felizes para sempre”.
O universo das Crônicas Lunares esconde histórias e segredos que são incríveis, viciantes e românticos. Como Cinder chegou pela primeira vez a Nova Pequim? Como o soldado Lobo se transformou de um jovem rapaz para um assassino? Quando Winter e o guarda Jacin se deram conta de seus destinos?
Com nove histórias, cinco delas nunca publicadas antes, Stars Above: Contos das Crônicas Lunares é um livro essencial para os fãs das Crônicas Lunares.
O encantamento continua…
A guardiã – Como a princesa Selene foi parar na Terra e aos cuidados de Michelle Benoit.
Falhas – Cinder chega à sua nova casa e encontra sua nova família. Aqui, ela descobre suas habilidades como mecânica e faz uma amiga muito importante.
O exército da rainha – O exército da rainha Levana está sendo formado e conta com um soldado em particular que está disposto a fazer tudo para não se tornar o monstro que querem que ele seja.
Guia de Carswell para ser uma pessoa de sorte – O jovem Carswell Thorne tem grandes planos, que envolvem uma nave Rampion e uma viagem só de ida para Los Angeles.
Depois que o sol passar – A pequena Cress, de apenas oito anos, acaba sendo jogada em um satélite, completamente sozinha e tendo que espionar a Terra para Luna.
A princesa e o guarda – Winter e seu amigo de infância Jacin começam um jogo onde uma princesa precisa ser salva.
A pequena androide – Um conto inspirado em “A pequena sereia” que se passa no universo de Crônicas Lunares.
O mecânico – O primeiro encontro de Kai e Cinder, pelo ponto de vista do futuro imperador.
Algo velho, algo novo – Nesse epílogo de Winter, todos os seus amigos se reúnem para fazer o casamento do século acontecer.

 


Autora: Bruna Beber

Editora: Record

Número de Páginas: 68

Ano: 2016

Avaliação:  ☆☆

Sinopse: A poeta mais badalada de sua geração faz aqui um comovente retorno às suas raízes, à sua infância, à saudosa rua da padaria ― onde, na já longínqua década de 1990, tudo acontecia. Era lá que se pedia informação, que ficava o moço do bicho, que o ônibus passava. Bruna Beber cresceu na Baixada Fluminense numa época sem internet, sem celular, sequer TV a cabo tinha. Para se divertir, as crianças precisam inventar. Aqui está retratado, em verso e prosa, uma doce era na qual se malhava o Judas, as bolinhas de papel causavam alvoroço na aula e mexer na macumba das esquinas do bairro era uma excitante tentação. E no meio de tudo isso, Bruna ainda faz um recorte para nos apresentar um romance em 12 linhas dando uma aula de virtuosismo literário enquanto finca de vez seu lugar entre os grandes escritores brasileiros.


Resolvi me aventurar em outro livro de poesia nesse começo de ano e nessa leitura iremos encontrar vários temas sendo abordados, um dos principais é a saudade da infância. A autora cita pequenas coisas como brincadeiras de criança ou momentos felizes do cotidiano que você só tem quando é criança, pois quando viramos adultos nossas responsabilidades e prioridades passam a ser outras. 

A autora viaja ao passado através de suas palavras com leves toques de ironia e humor. Também passamos por poemas que narram pequenas vivências familiares. Com poucas páginas, Rua da padaria vem trazendo um gosto de saudade. 


É possível ler o livro em poucos minutos, mas infelizmente não consegui me conectar com os poemas. Não gostei muito do modo como foram construídos, e confesso que fiquei bastante decepcionada, pois não conheço uma pessoa que tenha lido que não tenha gostado com exceção de mim. 

Os poemas são regulares, nada de muito envolvente ou tocante, apenas okay; o que foi uma decepção pois foi uma leitura que eu esperava muito devido aos textos positivos. 


Não leria no momento outro livro de poesias da autora, talvez quem sabe mais para frente para saber se houve alguma evolução na construção das poesias. 

No mais não tenho muito para falar por tratar-se de uma leitura rápida. Inclusive li a obra em ebook. 

Vale lembrar que apesar de não ter gostado eu sempre sugiro que as pessoas leiam e tirem suas próprias conclusões. 


o déficit de atenção
da sala passa correndo
vô soprá, vô soprá
o cdf diz cuidado jairo
a feira de ciências
é amanhã
vô soprá, vô soprá
fffuuu meu sopro
de avião fffuuu
lá se vai nosso dez
em estudos sociais
e agora jairo
qual é a moral
da história
diz a professora
tudo na vida vira poeirinha
fessora poeirinha em alto
mar meu pai que disse.
Seguindo o Coelho Branco. Theme by STS.