Resenha: A Trama

 


Autora: Jean Hanff Korelitz | Editora: Record | Número de Páginas: 350 | Ano: 2023

Tradutora: Ana Rodrigues

Nota: 1


Jacob já foi um romancista muito promissor quando jovem, teve seu primeiro livro publicado por uma boa editora, mas não publicou nada depois disso. Atualmente ele é um professor de escrita criativa e nunca mais escreveu nada que prestasse, mas quando um aluno arrogante dele recusa sua ajuda e diz que seu livro fará muito sucesso, Jacob fica cético, mas ao ouvir a história percebe que existe algo bom ali.

O problema é que o aluno acaba morrendo sem terminar o livro e Jacob vê uma oportunidade, essa história precisa ser contada, então ele rouba toda a ideia e publica o livro. O problema é que alguém sabe disso, pois um dia chega um e-mail informando que Jacob é um ladrão.

Jacob decide investigar sobre o aluno falecido a fim de descobrir quem o está chantageando, mas é aí que Jacob se assusta com suas descobertas sobre a vida do falecido Evan Parker. Quem lê essa premissa fica muito curioso com a trama da história, mas infelizmente não é uma leitura tão envolvente assim.

É um suspense interessante até certo ponto, mas confesso que achei bastante entediante! São páginas e páginas de uma longa e cansativa narrativa, tudo nessa história é óbvio demais de descobrir (principalmente para quem costuma ler thriller), e o pior de tudo é que os personagens são muito chatos e superficiais (uns dois personagens são minimamente interessantes e trabalhados na história), somando isso a uma história arrastada que levei meses para terminar .. temos uma das minhas piores experiências de leitura desse ano!

O livro vem falando um pouco sobre o mercado editorial, sobre o processo da escrita e tudo mais, é interessante, mas isso pode atrapalhar alguns leitores porque chega a ser chato o modo como é descrito e o excesso de informações sobre os assuntos. No mais, foi uma leitura que prometeu demais, contudo não foi nenhum pouco agradável para mim.

Talvez essa obra funcione melhor em um filme se mudarem algumas coisas e visto que está em produção uma adaptação, talvez seja melhor para mim assistir do que ler. Espero que se você topar com essa leitura, seja mais agradável para você do que foi para mim!



Sinopse: Jacob Finch Bonner já foi um jovem e promissor romancista, com um primeiro livro publicado por uma editora respeitável. Hoje, ele é professor de escrita criativa em um curso de quinta categoria e luta para manter o que lhe resta de respeito próprio. Ele não escreve ― muito menos publica ― nada bom há anos. Quando Evan Parker, seu aluno mais arrogante, anuncia que não precisa da ajuda de Jacob porque o enredo do livro que está escrevendo é sucesso garantido, o primeiro impulso do professor é descartar a afirmação como um típico arroubo narcisista. Mas então... ele ouve o tal enredo.
Jacob retorna à trajetória descendente de sua própria carreira e se prepara para a publicação bombástica do primeiro romance de Evan Parker, mas isso nunca acontece. Quando Jacob descobre que seu ex-aluno morreu sem terminar o livro, faz o que qualquer escritor que se preze faria com uma história como essa ― uma história que precisa ser contada de qualquer maneira. Ele rouba a ideia.
Em poucos anos, todas as previsões de Evan Parker se tornam realidade, mas é Jacob o autor que aproveita a onda. Ele agora é rico, famoso, elogiado e lido no mundo todo. Porém, no auge de sua gloriosa vida nova, chega um e-mail, o primeiro de uma sequência de ataques aterrorizantes e anônimos: “Você é um ladrão”, o e-mail diz.
Na tentativa de descobrir quem o está ameaçando e esconder a verdade de seus leitores e seus editores, Jacob começa a investigar e a aprender mais sobre seu falecido aluno ― e o que ele descobre o surpreende e o apavora. Quem era Evan Parker e como ele teve a ideia de escrever aquele romance? Qual é a verdadeira história por trás dessa trama? Quem roubou de quem?

0 comments