Lançamento: Absoluto - Trilogia da lei - volume 01

|| || 13 comentários

Absoluto
Trilogia da Lei #1
MS Fayes


SINOPSE: Ela era um fenômeno, como estudante de direito. Ele era o advogado mais temido do estado. Prestes a se formar com honras, Kate se viu imersa no mundo do Direito civil, antes mesmo de estar com seu diploma em mãos. Conhecendo o trabalho do Dr. Gabe Szaloki, ela foi pega, inesperadamente, em uma onda avassaladora de atração, mas ainda assim relutou a se permitir viver esse tórrido romance. Porém, Gabe não era imbatível apenas nos tribunais. Ele queria Kate a qualquer custo e mostraria a ela porque ele sempre saía vitorioso em seus casos.
Em meio a casos jurídicos, os dois se enfrentam em um duelo de palavras, que serve apenas para acender a chama incandescente que Gabe sente por Kate. Kate se vê seduzida pouco a pouco pelo poderoso advogado, entregando seu coração de maneira despretensiosa.
 Maquinações invejosas, um conflito e um mal entendido fazem com que os dois se afastem. E quando a verdade vem à tona, Gabe tem que provar que seu amor por Kate é simplesmente absoluto.




Sobre autora
M.S.Fayes é o pseudônimo de Martinha Fagundes, conhecida na internet por suas divagações sarcásticas sobre todos os tipos de livros.De leitora ávida e curiosa para escritora foi um pulo. Esposa, mãe de dois rebentos, dona de casa, fisioterapeuta, professora, blogueira, desenhista e escritora, ela encontra em suas múltiplas personalidades a inspiração para criar seus personagens.
Incansável, ela sempre está criando um universo próprio, com bastante romance e emoção. De sua cabeça saem simultaneamente várias histórias, onde o foco principal é o próprio leitor.








Purple Wedding por George R. R. Martin

|| ||

Antes de começar essa postagem a dedico para dois amigos do meu trabalho (Guilherme e Mayara) que são fãs do seriado assim como eu!

AVISO: Se você ainda não viu o 2 episodio da 4º temporada de Game Of Thrones você poderá se deparar com spoiler, então cuidado.

Ano passado eu fiz uma publicação sobre o Casamento Vermelho, agora esse ano para não ficar de fora estou trazendo uma entrevista do autor para vocês conferirem que pode ou não explicar alguma coisa sobre a morte no Purple Wedding!

O Casamento Púrpura de Joffrey e Margaery também tem um evento histórico real como inspiração. Entrevistado pela EW, George R. R. Martin revela:
“Me baseei um pouco na história a morte de Eustace, o filho do rei Stephen da Inglaterra. Stephen tinha usurpado a coroa de sua prima, a imperatriz Maude, e eles travaram uma longa guerra civil e anarquia a guerra estavam destinadas e serem herdadas aos segundos de sua geração, porque Maude teve um filho e Henry e Stephen também. Mas Eustace morreu engasgado em uma festa. As pessoas ainda debatem isso milhares de anos mais tarde: Ele sufocou até a morte com a comida e vinho ou foi envenenado? “






 Ele criou a trama com bastante cuidado introduzindo o próprio veneno que ele usou no início da franquia.
“O veneno que é usado para matar JofFrey é o mesmo que introduzi anteriormente nos livros e os seus sintomas são semelhantes à asfixia. . . Assim, uma festa é o momento perfeito para usá-lo. Eu acho que a intenção do assassino não era transformar este em um outro casamento vermelho, com assassinato em massa e carnificina. Acho que a idéia com a morte de Joffrey era fazer com que parecesse um acidente.”






Sobre como e quando Martin planejou matar Joffrey, ele conta que planejava isso desde o que o primeiro livro foi escrito em 1996 e que passou os anos seguintes criando a trama, tendo a escrito somente em 1998. O livro foi publicado em 2000.
Parte disso aconteceu porque há muito escuridão nesses livros. Eu tenho sido muito sincero no meu desejo de escrever uma história onde as decisões têm conseqüências e ninguém está a salvo. Mas eu não quero que seja uma história implacavelmente sombria, eu não acho que todo mundo iria ler os livros se tudo fosse apenas escuridão e desespero e se as pessoas estivessem apenas sendo terrivelmente torturadas e mutiladas e morrendo . De vez em quando você tem que dar aos mocinhos uma vitória – onde os caras que possuem leves tons de cinza vençam os caras que são um tom mais escuro de cinza. O Casamento Vermelho e este  que os fãs chamam de casamento Púrpura ocorrem no mesmo livro. Na série de TV, os acontecimentos se separaram entre as temporadas. Mas a morte de Joffrey era, em alguns aspectos, um contrapeso para os leitores à morte de Robb e Catelyn . Isso mostra que ninguém está seguro, às vezes os bons ganham, às vezes os bandidos ganham. Ninguém está a salvo. Eu também tentei fornecer um certo momento de emoção com a morte. Quero dizer, Joffrey como um ser monstruoso como ele é – e, certamente, ele não é tão monstruoso nos livros como ele é na sériede TV, e Jack trouxe algumas coisas novas incríveis para o papel que de alguma forma fez dele alguém ainda mais repugnante do que ele está foi escrito no livro – mas Joffrey nos livros ainda é um garoto de 13 anos de idade. E há um momento em que ele sabe que está morrendo e que ele não consegue respirar e olha para Tyrion e para a mãe e para as outras pessoas no recinto com apenas terror em seus olhos, você sabe, “Ajude-me, mamãe, eu estou morrendo.” E nesse momento, acho que até Tyrion vê um menino de 13 anos de idade morrer diante dele. Então eu não quero que ele seja inteiramente, “Hey -ho, a bruxa está morta.” Eu queria que o impacto da morte ainda trouxesse sentimentos mais complexos para parte do público, que eles não necessariamente apenas vibrassem.

























Crédito da postagem original de onde eu retirei as informações: Aqui

Resenha: Pousada Rose Harbor

|| || 11 comentários

Pousada Rose Harbor

Autora: Debbie Macomber
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 348
ISBN9788581631530
Ano: 2013
Página do skoob: Aqui
Avaliação



Sinopse: A busca por um novo começo pode levar a grandes revelações. Jo Marie Rose decide comprar uma pequena pousada, como forma de superar a morte do marido. Mal sabe ela que as surpresas que a esperam nessa nova empreitada. Seu primeiro hóspede é Joshua Weaver, que voltou para casa para cuidar de seu padrasto doente. Os dois nunca se conheceram pessoalmente e Joshua tem alguma esperança de que possam conciliar suas diferenças. No entanto, uma habilidade de Joshua há muito perdida prova que o perdão nunca está fora de alcance e que o amor pode florescer onde menos se espera.A outra hóspede é Abby Kincaid, que retorna a Cedar Cove para comparecer ao casamento do irmão. De volta pela primeira vez em 20 anos, ela quase deseja não ter ido, devido às memórias trazidas pela pitoresca cidade. E conforme Abby se reconecta com sua família e seus velhos amigos, percebe que só pode seguir em frente se permitir-se verdadeiramente a isso.

Li até a página 100: Austenlândia

|| || 17 comentários

Bom dia!
Hoje resolvi fazer essa coluna com uma das minhas leituras atuais que provavelmente termino até quinta-feira.

Primeira frase da página 100: 
Ele assentiu, como se eles fossem conspiradores. Foi um gesto desconcertante vindo daquele homem.

Do que se trata o livro?
O livro fala de uma mulher que é completamente obcecada pelo mundo criado por Jane Austen e a mesma vive fantasiando com um Sr. Darcy que na vida real nunca irá aparecer para ela.

O que está achando até agora?
O livro está legal. Claro que não é incrivelmente perfeito, mas até então é uma boa história (estou na página 110).


O que está achando dos protagonistas?
Tipo, nada que eu já não tenha lido por ai em algum lugar, mas confesso que algumas coisas poderiam ser mais emocionantes. 

Melhor quote até agora:  
Nenhum e não porque não gostei, mas porque o quote que gostei passa da página 100.

Vai continuar lendo?
Sim.

Última frase da página:
Em seu estado atual (rejeitada na Inglaterra e usando um vestido regencial), Jane descobriu que tinha dificuldade em classificar essa proposta na lista de piores ideias de todos os tempos.

Minha impressão do filme: Capitão América 2- O Soldado Invernal.

|| || 9 comentários

Definitivamente um dos melhores filmes que eu já vi esse ano!

Esse filme se passa após os eventos ocorridos em Nova York (a história do filme dos vingadores) e Steve Rogers assume um lugar na famosa S.H.I.E.L.D., aonde o mesmo é responsável por diversas missões juntamente com a Viúva Negra. 
Como sempre Nick Fury mantém segredos e isso acaba irritando o Capitão América porque por trás de uma das missões que eles acabam de executar existem muito mais segredos escondidos do que se pode imaginar!
O filme continua de forma brilhante porque a cada cena os personagens vão surgindo, não vai focando apenas no Steve, mas em todos de formas diferentes e com certeza é um filme para ficar atento aos detalhes, pois nem tudo é o que parece.
As cenas de luta são ótimas! O final do filme é incrível e eu fui para o cinema "nua", ou seja, não li nada e nem vi nada sobre, e quando me deparei com a cena do falcão fiquei extasiada porque não tinha ideia que ele iria aparecer no filme.
O filme conta com duas cenas de créditos (como todo bom filme da marvel tem que ter um crédito né), então não faça como os outros e levante no final do filme (nunca faço isso), pois é bom ficar sentadinho esperando para assistir as cenas que podem ou não mudar o rumo das coisas.
Até me lembro a primeira vez que via referencia do Thor, final do filme do Homem de ferro aparecia uma cena do filme do Thor e eu fiquei elétrica. Então nunca levante de um filme antes do mesmo ter acabado por completo!
Tem uma cena bem legal nesse filme que é quando o Capitão pega um caderninho aonde ele anota tudo que perdeu enquanto estava congelado e claro a Marvel fez algo legal, a cada país que o filme é exibido a lista de coisas que aparece no caderninho é diferente (segue abaixo uma imagem).
O filme é cheio de pequenos detalhes que se remetem a outros filmes,possíveis filmes, possíveis personagens, coisas que vão acontecer. Sem dúvida é um prato cheio para quem adora quadrinhos, e para os que não são tão fãs assim, mas querem assistir a um bom filme também é uma boa pedida.
Não vou ficar analisando as diversas coisas que aparecem, mas se querem uma boa analise dos pequenos detalhes que até um ou dois eu deixei passar de lado fica a dica aqui.



Resenha: Fallen

|| || 17 comentários
Fallen

Autora: Lauren Kate
Editora: Galera Record
Número de páginas: 406
ISBN: 9788501089625
Ano: 2011
Página do skoob: Aqui
Avaliação



SinopseAlgo parece estranhamente familiar em relação a Daniel Grigori. Solitário e enigmático, ele chama a atenção de Luce logo no seu primeiro dia de aula no internato. A mudança de escola foi difícil para a jovem, mas encontrar Daniel parece aliviar o peso das sombras que atormentam seu passado: um incêndio misterioso levou Luce até ali. Irremediavelmente atraída por Daniel, ela quer descobrir qual é o segredo que ele precisa tanto esconder... mesmo que isso a aproxime da morte.


Quotes: As vantagens de ser invisível

|| || 30 comentários

Hoje separei alguns quotes bem legais do livro As vantagens de ser invisível. Espero que gostem!


Sabe como é, as garotas gostam de caras que representem um desafio (...) O caso é que algumas garotas acham que podem mudar os caras. E o engraçado é que, se elas realmente os mudassem, ficariam entediadas. Não teriam desafio nenhum.- Sam

Eu sei que tudo isso serão apenas histórias algum dia. E nossas fotos se tornarão velhas fotografias. E todos nós nos tornaremos mãe ou pai de alguém. Mas agora, exatamente agora, esses momentos não são histórias. Está acontecendo. Eu posso ver. E nesse momento, eu juro, nós somos infinitos.

Eu não quero ser a paixonite de ninguém. Se alguém gosta de mim, eu quero que goste de mim de verdade, e não pelo que pensam que eu sou. E não quero que carreguem isso preso por dentro. Quero que mostrem para mim, para que eu possa sentir também.

— Posso fazer uma pergunta?— Sim, Charlie.— Porque as pessoas legais escolhem amar as pessoas erradas?Silêncio.— Bem… Nós aceitamos o amor que achamos merecer.

Acho que, se um dia eu tiver filhos e eles ficarem perturbados, não vou dizer a eles que as pessoas passam fome na China nem nada assim, porque isso não mudaria o fato de que eles estão transtornados. E mesmo que alguém esteja muito pior, isso não muda em nada o fato de que você tem o que você tem. É bom e mau.

“Não há nada como a respiração profunda depois de dar uma gargalhada. Nada no mundo se compara à barriga dolorida pelas razões certas.”

Bom, escolhi poucos, mas gostei bastante deles. Espero que também gostem e prometo tentar trazer mais essa categoria por aqui!

Resenha: Lola e o Garoto da Casa ao Lado

|| || 12 comentários
Lola e o Garoto da Casa ao Lado



Autora: Stephanie Perkins
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 288
ISBN: 9788581630533
Ano: 2012
Página do skoob: Aqui
Avaliação


Sinopse:A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro. Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.

Promoção: Meu amor, meu bem, meu querido

|| ||

Quer concorrer a um exemplar? Vai na página do blog, e participa da promoção.

Obs: Comentários da postagem fechados.