25 agosto 2012

Resenha: Hoje eu sou Alice



Autora: Alice Jamieson
Editora: Larousse do Brasil
Ano: 2010
Número de Páginas: 336
Avaliação☆☆☆☆☆

Sinopse: Em ‘Hoje eu sou Alice’ a autora relata a jornada de uma vítima de transtorno de múltipla personalidade, que precisou lutar contra a anorexia, o álcool e contra nove personalidades alternativas que emergiram após ficarem adormecidas diante de uma infância cruel. Sem controle, Alice entregou-se a elas – e sua vida passou a ser um caleidoscópio de acontecimentos e revelações. Este é o relato sobre uma doença e sobre a história de uma mulher que decidiu lutar contra a realidade e a imaginação.


A pequena Alice com seis meses de idade sofria abusos sexuais do seu pai até a adolescência, isso foi de cara um choque porque quem aqui não confia no seu pai? Quem aqui não se sente protegidos com os pais?
A garota vivia em uma família que era tida como "família modelo". Com um irmão quatro anos mais velhos, pais que viviam como um casal feliz e aparentemente bem perante a sociedade, a grota se sente sem rumo porque causa das coisas que o pai faz com ela.

A confiança que ela deposita nele é enorme, afinal é o pai dela! Então ela se sente na obrigação se der uma boa filha, de ser a filhinha do papai.
Nesse meio tempo Alice acaba criando personalidades múltiplas como mecanismo de auto defesa contra os abusos que sofria. Quando eles aconteciam a pequena Alice se transportava para "outro mundo", um local que fosse fora da realidade, fora daquele corpo que está sendo machucado, humilhado, torturado pelo pai, ela se vê distante das atrocidades e as personalidades vão tomando conta dela devagar fazendo com que ela bloqueie os acontecimentos ruins na infância e adolescência.
Depois ela começa a ficar com manias, anoréxica e os sinais da sua doença mental acabam aparecendo aos poucos.

A mãe tentou leva-la ao médico, tentou ajuda-la, mas Alice não consegue se abrir, não consegue expressar o que está sentindo, afinal nem ela sabe ao certo porque suas personalidades escondem as lembranças mais sombrias da sua mente.
Ela não consegue se relacionar com outros rapazes, não entende o que se passa com o corpo e a mente dela, afinal ela quer ter um contato com outro garoto da sua idade, mas não consegue, tem flash e acaba pensando que é uma filha muito ruim por pensar essas coisas do próprio pai.
Já na época do seu mestrado, ela se vê em frente ao problema, Alice se da conta dos abusos que sofria por causa do pai e começa a ouvir com mais frequência as vozes em sua cabeça.
Uma delas é O Professor, ele odeia Alice com todas as suas forças, ele quer que ela morra, mas no fundo eu acho que seja ela que está pedindo por socorro, morrendo por dentro e tentando demonstrar a repulsa que sente por de si por causa das coisas que o pai fez com ela. Essa é apenas uma das personalidades que ela tem, que vão desde o professor até um pequeno garotinho chorão que gosta de brincar.

Alice começa a ter apagões e acorda em lugares diferentes, machucada e começa a achar que está enlouquecendo.
Confesso que senti ódio do pai dela, queria que ele morresse, e o pior.. esse livro é um relato verídico de algo que aconteceu a apenas alguns anos.
Ela enfrenta o pai, acabando indo se tratar e por fim com a ajuda de seus médicos e remédios acaba escrevendo esse livro incrivelmente emocionante para poder desabafar e ajudar crianças assustadas e pessoas que passaram por qualquer forma de abuso, afinal é o mundo em que vivemos e infelizmente isso acontece.
E um relato muito forte. Esse é um dos livros que eu recomendo, porém, se você for sensível demais não leia.

20 comentários

  1. Woow,amei muito a resenha *o*
    Eu sou menor de 18,mas sempre gostei de ler livros que contêm coisas relacionadas a realidade.Sou sensível,mas gosto de ler esse tipo de livros xD
    Esse parece ser bem giro,o pai é nojento na minha opinião,mas ok
    Tenho de ver se o leio *-*
    Amei muito a sua resenha >w<

    Ja nee!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o pai é realmente nojento u-u odeio ele o pior é saber que ele existe de verdade
      mas o livro é ótimo.

      Excluir
  2. Poxa, parece ser bem forte mesmo, mas mesmo eu sendo menor de 18 me deu uma vontadezinha de ler rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito forte, porém muito beme scrito.

      Excluir
  3. hua super interresante *-* tenho que ler

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é um bom livro sabe, eu particularmente gostei muitooo mesmo

      Excluir
  4. Nossa Alice, esse livro te deixou deste jeito, será que devo ler?

    Acesso Permitido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim fiquei muito abalada, sou muito sensivel sabe, até coloquei ali no texto porque tinha esquecido, mas o livro é ótimo, a gente chega a ver o que pode acontecer com o ser humano.

      Excluir
    2. ou até que ponto a sanidade do ser humano aguenta intacta

      Excluir
  5. Eu não conhecia este livro, gostei bastante do jeito que vc se expressou na resenha, e fiquei super curiosa pra ler ele. Sobre os erros, teve alguns sim, mas é só vc começar a revisar o post antes de libera-lo ;)
    Errar é humano até eu solto umas perolas de vez em quando, não me entenda mal, só que como blogueira tbm queria te dar a dica da revisão ;)
    O blog ta lindo, continue assim, voltarei sempre!!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nossa mas eu ja tinha editado e ajeitado a resenha depois, '-' acho que voce leu quando ainda tinha os erros
      ^^ mas tudo bem, o importante é q vc gostou do jeito que foi oclocado
      obrigado pela dica.

      Excluir
  6. O livro parece ser realmente muito bom. E muito triste tbm.
    Como não tô com money, vou ver se baixo na net em breve.

    Vc resenha muito bem. Gostei msmo!

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^ né, procura pra ver se vc acha, quem sabe voce acha né.

      Excluir
  7. Adorei sua resenha! Uma vez li a sinopse desse livro e fiquei curiosa para ler. Agora que quero ler mesmo. Não sou muito sensível e gosto dessas coisas relacionadas a mente humana!
    Só uma coisa Alice, não me leve a mal, mas pelo que você falou ela supera esses problemas, não conta o final da história, assim fica sem graça na hora da gente ler =P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas eu nao contei o final, acredite ^^ se eu tivesse contado voce ia saber huashuahsusahu faladn osério, eu nao contei, resolvi terminar falando que ela supera e escrever um livro, fora isso ainda tem mais coisas.

      Excluir
    2. Pensei que esse era o final, tem cara de final de história xD

      Excluir
  8. É verídico? =O coitada D:

    ResponderExcluir
  9. O_O menina voce quer me matar do coração? que livro é esse ja to querendo fazer vaquinha para comprar eu quero eu quero deve ser muito fodastico!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!