28 agosto 2012

Resenha: Ghostgirl


Autora: Tonya Hurley
Editora: Agir
Número de Páginas: 328
Ano: 2011
Avaliação:  ☆☆☆

Sinopse: Charlotte Usher está no último ano do ensino médio e se sente praticamente invisível na escola, até que um dia fica invisível de verdade. Pior ainda: morre. E tudo por causa de um cara e uma bala de goma. Mas ela está tão desesperada para ser popular que o desejo permanece mesmo após sua morte repentina. Aproveitando suas habilidades de fantasma, Charlotte não descansará enquanto não conseguir o amor de Damen, o garoto dos seus sonhos. Romance de estreia da autora e cineasta Tonya Hurley e best-seller da lista do New York Times, o livro foi traduzido para mais de vinte idiomas, incluindo francês e espanhol, e é o primeiro volume da trilogia Ghostgirl.

Para começo de conversa a capa está de parabéns, muito bem desenhada, se a pessoa tiver o livro ou puder ter a oportunidade de pega-lo em mãos verá que a capa é vazada, e aonde a personagem Charlotte está é vazado representando um caixão, as páginas são bem detalhadas com desenhos delicados e no inicio de cada capitulo tem uma página com a Chalotte em preto e branco, uma pequena frase de outro autor que tenha haver com o capitulo (sim a escritora pegou frases de autores de diversos livros) e logo em seguida (na parte de trás da página), tem uma foha toda preta explicando algo relacionado ao capitulo, como se fosse um mini resumo para te induzir a entender o que acontecerá no capitulo implicitamente.

Confesso que o motivo do livro me cativar foi a capa e a história que tem um enredo diferente, pensei que seria algo bem escrito e detalhado, mas me enganei, é ai que a escritora vacilou um pouco.
A Charllote e os demais fantasmas que aparecem no decorrer do livro são bastante superficiais, não sei porque não colocaram nada há mais fora a morte deles, sinceramente me pareceu que a escritora não queria entrar em detalhes, só disse apenas que os adolescentes quando morrem não pensam nos pais, por isso eles não sentiam falta da família depois de mortos e por ai vai, achei estranho isso.

O livro também é escrito de forma forçada na parte das bandas, a escritora coloca a popularidade dos adolescentes fúteis em um patamar muito alto, como se fosse bom ser popular, algo que é o que a maioria dos adolescentes quer.
Mas, o livro também tem seus lados positivos, uma forma legal de humor, com tiradas com uma pitada de humor negro, uma personagem bem interessante, que é a Scarlet, a irmã da Petula.

Confesso que a Petula é aquele tipo de personagem nojenta é extremamente fútil que se aproveita dos outros, aquele personagem que quando você lê sobre ele sente o desejo incontrolável que ele morra - risos. Sério eu queria que ela morresse, não gosto dela no livro, nisso a autora acertou, pois o personagem é bem do jeitinho que deveria ser.

A Charllote é a personagem principal, porém entrei em discussão interna sobre isso, afinal, se ela é personagem principal porque a Scarlet é a que mais se destaca? Creio que seja pela personalidade forte, e jeito único, coisa que a Charllote não tem porque ela quer ser popular e ser igual as outras meninas, enquanto a Scarllet quer ser apenas ela mesma e viver a vida do jeito dela, sem toda essa popularidade.

O livro não tem uma trama tão elaborada, algumas coisas eu achei previsível, porém ele conseguiu me prender até o final.
Acabou entrando para um dos meus favoritos porque gostei do humor negro, da capa, e da personagem Scarlet, isso foi o que salvou o livro para mim. Se alguém for ler e esperar coisas mirabolantes desse livro, vai se arrepender.
E como a Charllote vai ajudar o garoto que ela ama se está morta? Esse é o verdadeiro X da questão o livro envolve toda a trama basicamente em torno disso. E de como a Charllote tem que "viver a vida" estando morta.

22 comentários

  1. Gostei da postagem! E também achei a capa super bem desenhada.

    Bjs

    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Tenho muito interesse por esse livro. Mais realmente não sei o que esperar dele.
    A Capa. Ain muito amor <3 *-*
    Bela resenha :)
    Seguindo aqui :)
    Beijos
    Bruna-Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. né é um amor, eu gostei do livro, mas achei q ela deveria ter aprofundado mais algumas coisas
      obrigada pelo elogio
      ^^ e obrigada por seguir tb
      :)

      Excluir
  3. Não sei se esse livro faz muito o meu tipo, é bom saber que tem um toque de humor! eu gostei da sua resenha, mas não é um livro que eu tenha urgência em começar a ler =S Fiquei interessada na capa ;)

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é eu acho q o toque de humor dele que é o diferencial sabe

      Excluir
  4. Adoro as capas desses livros...tinha uns marcadores dele...mas se foram!Nunca li nada da série, mas quero muito. Pena...que ela não soube dissecar mais essas caraterísticas de fantasminhas deles. Quero ler um dia.
    Beijocas!
    By Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poxa eu queria muito um marcador desse livro

      Excluir
  5. Este livro parece ser bem legal *-*

    Ei Alice , tem um selinho pra você lá no meu blog .
    Beijinhos :* '

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li esse livro, confesso que não fiquei tão ansiosa para lê-lo, mas parece ser legal, rs.

    Beijos,
    Mylena, do shakethisglitter.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é legalzinho sim ^^
      opa vou ver seu blog.

      Excluir
  7. Já vi esse pessoalmente, a capa é MUITO linda *O* mas a história, pelo que vi da sua resenha e de outras, parece meio meh...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, ele é até legalzinho, mas podia ter sido melhor escrito sabe.

      Excluir
  8. Eu já li o livro, nossa, a sua resenha foi tipo, TCHANS, descreve TOTALMENTE o livro detalhadamente. Tipo assim, eu geralmente tenho preguiça de ler essas resenhas looongas, mas a sua tipo, me prendeu. Descreveu fielmente o livro,
    detalhando completamente não só a trama, senão que também a decoração.
    Flor, amei seu blog, muito divo, ok?
    Tá de parabéns +seguindo

    Beijinhoos,

    bobagensdabubu . blogspot . com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah a capa e as páginas do livro sao as coisas mais lindas do mundo
      menina que bom q gostou da resenha, isso me deixou super feliz viu
      *0* fiquei emocionada com seu comentario.
      oh obrigada por seguir *~~*

      Excluir
  9. Tem uma capa muito bonita mesmo. Mas parece que o livro é coisa de adolescente (não gosto muito de livros adolescentes, são muito superficiais).
    Gostei da resenha, parabéns ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é coisa meio coisa de adolescente mesmo, muitooo superficial, mas até q é legalzinho pra passar o tempo ahuashu

      Excluir
  10. Adorei a resenha! Mas eu nao sou tipo que le muitos livros... Mas eu fiquei curiosa para ver esse livro (^ ^)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu leio, é sempre bom ler viu, eu ja li quase 200 livros

      Excluir
  11. nossa to animada e não to animada para ler! hum mais tudo bem quando eu tiver a oportunidade! valeu pelas dicas to gostando :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na medida do possivel é um bom livro

      Excluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!