18 janeiro 2013

Resenha: O diário do caçador



Autor: Ulisses Aguiar
Editora: Novo Século
Número de páginas: 216
Ano: 2012
Avaliação☆☆

Sinopse: Se for verdade que os melhores segredos se guardam por si mesmos, seria razoável pensar que existem, apenas, nos limites entre a realidade e a ficção. Silenciar o pensamento para melhor ouvir; fechar os olhos para enxergar; questionar para afirmar. Estes são os instrumentos do sábio que se atreve a desvendar as fronteiras de sua imaginação e de sua consciência, embora ciente de que jamais poderá encontrar algo que não existe; tal a beleza dos infinitos mares da mente. Percorrendo os quatro cantos do mundo, O Diário do Caçador remonta a uma tradição secular, pela qual homens e mulheres de notável saber transmitiam seus conhecimentos em manuscritos feitos a pena, inseridos em discretos cadernos de couro: os Diários. Este diário irá convidá-lo a desafiar limites e fronteiras em uma busca pelo papel fundamental que o ser humano desempenha para consigo mesmo, para com seu próximo e para com o planeta como um todo.

No começo do livro somos apresentados a uma grande catástrofe que aconteceu no mundo, e um tempo depois conhecemos homem e mulheres especiais (com dons) que podem ser desenvolvidos tanto para o bem (talhados do manto), quanto para o mal (talhados da perdição) e existem aquelas pessoas que não tiveram seus dons despertados.
Comecei lendo os capítulos curtos e me irritei um pouco, porque quem leu a minha resenha do livro Ameaça Mortal sabe que eu não gosto de capítulos curtos (necessito de muitos detalhes e descrições de tirar o folego algumas vezes), mas tentei pular esse detalhe, porém me incomodou até o final da leitura, pois é como se falta-se algo em capítulos muito curtos.

Em cada capítulo somos apresentados a diversos personagens em situações diferentes em algumas vezes.
E isso as vezes (só as vezes) me deixou dispersa na leitura porque estava tentando me concentrar no capítulo que tinha lido e no outro já é outra coisa , e com o capítulo muito curto eu tive que reler alguns para não me perder.
Quando você vai lendo percebe que tudo está interligado, mas ainda sim eu me incomodei um pouco com a mudança de cenário e personagem de capítulo para o outro.

Um ponto que vale ressaltar no livro: A escrita do Ulisses é ótima e eu não encontrei nenhum erro no livro, mas algumas vezes eu sentia os diálogos mecânicos demais.
Todo mundo no livro era educado demais, até nas brigas e isso me incomodou um pouco. Era como se eu não senti-se uma explosão de raiva a ponto de viver o sentimento, talvez isso tenha se dado jeito polido do autor de escrever.

Para algumas pessoas que eu li a resenha elas disseram que as palavras as vezes eram muito difíceis, bom isso eu tenho que discordar porque nada que um dicionário não resolva não é mesmo? Todo mundo tem que aprender coisas com a leitura, e que tal aprender palavras novas? Mas, acho que algumas delas poderiam ser substituídas por palavras fáceis de entendimento porque nem todo mundo tem paciência de procurar no dicionário.

Só acho que o autor deveria se soltar mais, tentar idealizar menos, ser menos polido, se permitir explodir, extravasar e mostrar alguns lados dele através da escrita que eu não pude "sentir".
Gente essa foi minha opinião mais sincera, mesmo com tudo isso que eu reclamei eu tirei muitas coisas boas, e as melhores foram as lições de vida (e algumas vezes o jeito de descrição do autor) que me fizeram refletir muito.

18 comentários

  1. Parece ser um livro bom, mas não um que leria. Mas da para arriscar!

    Você ia ficar louca com Cotoco. Hahaha é Um belo de um diário com capítulos curtissímos. Porém o livro é muito engraçado, talvez superaria sua irritação. Vc já leu esse? Beijos

    ResponderExcluir
  2. aaa que saudades de suas resenhas Alice *_ _ _*, ameii essa :)

    californiadreams2.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga, não sei se leria este livro, eu não ligo muito se os capítulos são longos ou curtos desde que não falte nada, mais ficar tendo que re-ler é F..
    Os pontos negativos me desanimaram bastante para falar a verdade..

    beijos
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto de capítulos curtos. Gosto de contos também - enfim, gosto de coisas curtas. Não que eu não goste das grandes narrações rs
    O que eu acho que não gostaria nesse livro é a forma polida de escrever, como vc mencionou, pq eu realmente detesto isso. Como vc mesmo disse, dessa forma o leitor acaba não vivenciando o sentimento, e tudo fica mecanico demais.

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente? Eu não leria esse livro.
    Nao gosto de livros com palavras dificeis e que dao essa impressão de "robô". Não pq eu não saiba o que signifique as palavras, mas pq pra mim é extremamente antipatico.... nada mais ridiculo do que alguem ler com um dicionario do lado pra poder entender uma coisa que poderia fluir e ter sido dita de forma mais clara, fácil e simples. Claro que tem quem goste e se interesse por leituras do tipo, mas acho que a blogosfera literária em geral, principalmente com tanto adolescente fã de chicks lits e fantasia, tá longe de gostar de livros assim... Sorry, mas é a verdade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é eu sei como é.
      tem gente que gosta, eu nao me importo mas as vezes poderia ter sido mais facil sabe

      Excluir
  6. Gostei bastante do enredo do livro! Parece ser muito bacana a história *-* E acho que o dicionário para palavras difíceis sempre resolve, e o bom é que aumentamos o vocabulário.

    Tem post novinho no Sugar Dance ♥

    Beijos e tenha uma ótima sexta!

    Sugar Dance (clique no perfil para visitar)

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu não conhecia o livro e te confesso que depois de sua resenha não me fez querer lê-lo.
    Mas se eu tiver oportunidade com certeza lerei, gosto desse título.

    Bjinhs*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Alice, eu não conhecia esse livro, uma pena que não foi tudo aquilo. Que bom que você não ficou enrolando e foi bem sincera.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. aquele paginômetro é da estante de quadrinhos... a de livros é 98.049 xD

    interessante esse livro que vc resenhou :DD

    bj...

    ResponderExcluir
  10. Olá, Alice!
    Ao contrário de você eu gosto de capítulos curtos, e foram poucas às vezes em que senti falta de algo mais completo. Ameaça Mortal, por exemplo, eu achei fantástico, como todos os livros do autor kkkkk
    Sobre O Diário do Caçador, eu também não sabia o que esperar e essa é inclusive a primeira resenha que tenho a oportunidade de ler. Acredito que deve seguir a mesma estrutura de O Diário de Litat, e se for o caso, é bem possível de ser uma leitura ao menos agradável - apesar das críticas.

    Parabéns pela resenha!
    Ricardo - www.blogovershock.com.br

    ResponderExcluir
  11. Caramba, que nota ruim! =( Eu não conhecia o livro nem o autor. Legal um livro sem erros, principalmente por se tratar dessa editora.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  12. Caraca, Alice amei sua sinceridade ^^
    Não leria esse livro devido a sua capa,mas a sinopse me interessou, porém deu para perceber que vc ficou meia "dispersa" então eu tbm ficarei ^^
    To admirada em saber que não tem erros vindo dessa editora né?!
    Mais uma vez parabéns pela sinceridade e pela ótima resenha
    beijos
    Brubs

    ResponderExcluir
  13. Eu gostei bastante da sinopse, acho que eu gostaria de ler *_* Achei a capa tão linda. Ah pena que você não gostou muito do livro.
    Beijos,
    Fernanda,
    www.lendoeesmaltando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Alice!
    Tem alguns livros que a gente não dá nada pela capa, não é mesmo?
    Se fosse comprar pela capa não compraria.
    Achei interessante seu ponto de vista. E sim, concordo que existe dicionário para as palavras complicadas. Isso é preguiça de alguns leitores.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  15. Achei ótima sua resenha Alice, apesar de dizer os pontos negativos, você o fez de modo sem agredir autor e obra, lhe dando conselhos de como melhorar futuramente, achei dez isso! E apesar dos pontos negativos, fiquei curiosa em conhecer o livro =D

    Bjs

    daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  16. Ah esse livro parece ser muito bom, me deu uma vontade de ler ele, pois parece ser bem bacana, tomara que eu consiga ler.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!