12 janeiro 2013

Resenha: Cinquenta Tons de Cinza




Autora: E. J. James
Editora: Intríseca
Número de páginas: 455
Ano: 2012
Avaliação

Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja, mas em seus próprios termos.

Somos apresentados nessa história a Anastasia que acaba conhecendo Christian Grey (o riquinho maníaco por controle) em uma entrevista que a mesma foi fazer no lugar de uma amiga que estava doente.

Ok. Ai começo a ver coisas parecidas com crepúsculo: ela é muito desastrada e bla bla bla (deve ser os dois pés esquerdos que a Bella tem em crepúsculo) acaba caindo ao entrar na sala dele e DO NADA rola aquela atração bizarra aonde ela começa a pensar que ele é um maniaco controlador pelo modo como ele age/fala, doido e psicótico e bla bla bla, chama o coitado de gay (porque se alguém pergunta para mim se eu sou gay é porque está achando que eu sou) ....ela já acha ele lindo e tudo mais, já quer ****, ok eu dei uma exagerada, mas sinceramente foi isso que me passou, que ela estava com fogo demais e totalmente sem noção de como fazer uma entrevista.



Então vocês já imaginam depois disso: Ele "correndo"/nãosoubomparavocê atrás dela, mandando presentes caros, levando ela para passear de helicóptero e finalmente chego no quarto de brinquedos do Sr. Grey....o que é aquilo?Sei lá, eu achei muito forçado o modo como ele "introduz" ela no mundo dele. Porque do nada ele não faz amor ele **** e em cinco minutos que ele descobre que ela é virgem ele quer fazer o tal do amor....meu senhor!

Eu achei a Ana muito mal construída em comparação ao Sr. Grey, e olhem que ele nem é lá essas coisas. O que ele me passou no livro é que ele tem dinheiro, toca piano e compra tudo e todos como/quando ele puder/quiser.
Sem contar que o amigo da Ana (José) que eu achei muito besta...ele é o tipo do cara que se ele faz o que fez com a Ana eu não perdoava e muito menos falaria: Eu não consigo ficar com raiva de você ...bla bla bla..você é meu amigo. AMIGO NADA. Amigo que é amigo não faz o que ele fez, porque no minimo era um soco que ele iria levar de mim, mas como ela é a Bella da versão safadinha ela deixou passar.

E o que esperar de uma mulher que fala com uma tal de deusa interior? Senhor essa foi a pior parte para mim durante o livro todo, porque do nada ela solta: Ah minha deusa interior está com pompons de líder de torcida, a minha deusa interior está fazendo yoga, a minha deusa interior está dançando passos de merengue ao som de salsa....isso é o inconsciente dela. Bom, vou parar por aqui antes que eu jogue o notebook para longe pois minha deusa interior está mandando eu continuar a resenha.
Outras duas coisas que me irritaram demais: Ruborizando e Baby.

A autora não conhece outras palavras? Porque que eu saiba existe corando também, mas não ela precisava colocar ruborizando umas trinta vezes em uma folha. Nessas horas até eu já estava ruborizando, mas era de raiva.
Quanto a tal da BABY..expressão utilizada pelo Sr. Grey que insiste achar isso sexy....realmente americano quando fala sacanagem usa baby, e no livro não foi diferente....**** baby.... bla bla bla ***** baby. Olha eu acho que ele possuía um leque de opções para chamar a Ana, até xingar com palavrões ele poderia, mas não ele precisava chamar baby, e isso me fazia frustar cada vez que eu lia baby no livro e olhem que eu li muito isso.

Porém tem algo bom: Pelo menos eu não achei nenhum erro no mesmo, pude rir demais com o livro e acho que eu estou muito certa em ser fã da trilogia Toda Sua, pois pelo menos eu consigo ver história, personagens bem construídos e acima de tudo cenas de sexo bem descritas. Porque convenhamos as cenas foram meio broxantes e eu acho que eu com certeza escreveria melhor que a autora.
O pior para mim foi o final. Ana dando uma de burra sendo que ela mesmo pediu tal coisa!!

Sou cinquenta vezes f******. De cinquenta maneiras diferentes, cinquenta tons diferentes.

29 comentários

  1. kkkkkkkkk, to rindo com a última frase da sinopse! Putz, deve ser bom.. Pena que eu não posso ler :// Haha, amei a resenha!
    Kisses,
    isaloy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu devo ser uma das únicas mortais que ainda não leu este livro!!!!

    Tenho ele em casa, falta só ler agora

    Van - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  3. Ganhei este livro numa promoção e não sei se for ler ou colocar para troca. Digo isso porque vejo que não esta agradando ninguém! Uma pena, to vendo que a propaganda deste livro é que foi boa...

    ResponderExcluir
  4. Eu ri com sua resenha. Realmente a deusa interior é insuportável. e as repetições também.
    Não detesto o livro. Acho a autora escreve mau, mas acho o Grey um bom personagem (apesar das incongruências) e por isso gostei mais um pouco do livro. Mas realmente ela escreve mau, a Bella , oops, Ana é chatíssima e a deusa irrita.

    Beijos,

    Carissa
    http://artearoundtheworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Essa parodia deve ser legal!!

    Morri de rir com sua resenha, já tinha ouvido falar na tal deusa interior e antes mesmo de ler o livro já sei que é ridiculo. Eu nunca entendo essa parte em que ele vive dando presentes pra ela, ele compra a Ana, é isso? o/

    Vou esperar a resenha do proximo livro pra eu rir um pouco mais.


    "MINHA NOSSASSINHORA DOS VAMPIROS BRILHANTES" kkkkkkk morri de rir!!
    Lançaram também os 50 tons do Mr. Darcy né? Daqui uns dias lança 50 tons de Dom Casmurro e por aí vai... que chato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele dá presentes pq ele pode/quer e depois pq está no tal contrato.
      que ela tem que satisfazer ele ashuashuhuhsu lol entao se ele quiser dar algo tipo um carro ela tem que aceitar '-' mais ou menos por ai.

      Excluir
    2. ata entendi.
      mesmo assim, quem iria recusar um carro ou qualquer outra coisa? \o/

      Excluir
  6. Eu nunca gostei desse livro,sua resenha foi bem realista, tem uma guria na minha sala que diz que é um livro muito romântico e bla bla bla da vontade de jogar o livro na cara dela, acredita que na minha sala teve debate sobre esse livro?
    eu não quero ler ele, mas esse cinquenta vergonhas de cinza eu vou quer ler.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lol cara que coisa ashusahushuashu eu jogaria o livro na cara dela se pudesse ahushuashuashu eu gostie pra rir, mas sinceramente não é um livro incrivel. mas eu sabia no que estava me metendo quando comecei a ler sahusahu entao agora é aguentar o tranco e ler o resto pra resenhar

      Excluir
  7. Eu ganhei esse livro e nem me interessei a ler , dei ele pra minha prima... E ela nem leu inteiro! Não sei o que as pessoas tanto gostaram nesse livro D:

    help-adolecentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Essa é a segunda paródia que vejo... Quero muito ler Cinquenta Tons de Mr. Darcy...
    Ainda não li esse livro mas, já me revolto com a deusa interior.. Ganhei ele de presente e, por isso, tive de continuar a comprar toda a trilogia..
    Ri muito com sua resenha.

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. eu comecei a ler esse livro, ainda não terminei,então não tenho uma opinião formada.
    vi que você deu apenas uma estrela fiquei preocupada kkkk.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Oie
    o livro também não me agradou muito, mas como voc~e me diverti bastante lendo. Especialmente aqueles e-mails, e as cenas de sexo, do tipo: eu-era-uma-mocinha-virginal-mas-sei-fazer-um-sexo-oral-de-enloquecer. Totalmente incoerente, mas confesso que gostei da repercusão que os livros eróticos ganharam após a chegada de 50 tons aqui no Brasil.

    Sobre a paródia, só de ler a sinopse já morri de rir, preciso desse livro rs
    bjos

    ResponderExcluir
  11. AAAAAAAAAAAAh eu vou ser suspeita a comentar porque eu A-M-E-I demais o livro. Sei lá ele faz bem o meu estilo literário então eu gostei bastante mesmo, fique apaixonada pelo Grey. Só que isso da deusa interior é ridículo mesmo! Tirando isso eu amei a Trilogia toda. haha
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Crepúsculo também teve paródia. Eu gostei muita da trilogia, Concordo com vc em boa parte da resenha, mas eu gostei. Não acho que foi crepúsculo, o que a autora diz sobre isso é que ela era fã de Crepúsculo e escrevia Fanfics para tal. E decidiu escrever uma coisa sua. E aí é que todo mundo acha que isso é o Crepúsculo versão sacana. Pode ser que ela tenha associado coisa e tal. Ah deusa interior foi irritante e a explicação para 50 tons tb. Eu fico meio que contraditória sabe? Vc escreveu coisas que eu vi no livro tb e concordo!!! hahahaha Mas não consigo deixar de gostar dele. Sim, o fato que eu gostei no livro é que me fez sair um pouco da realidade mesmo, como todos os livros e me fez sonhar com um clichezão lindo e "mexicano" (um amigo meu me perguntou se eu tava vendo novela mexicana) hahahahah e que nunca marido nenhum será assim. Que muda pela mulher, que da tudo por ela, que sofre com sua partida hahahaha e eu me senti sufocada várias vezes no livro quando ele ficava em cima dela em cada apuro que ela passava. Isso é meio doente, mas tirando isso no "final perfeito" ele é bem tranquilo. A diferença desse livro para os romances é que esse tem sexo. Porque romance chega a ser uma bosta de vez em quando. então é isso. ahahahaha Beijos querida Amei sua resenha!!!

    ResponderExcluir
  13. Alice, essa foi simplesmente A MELHOR RESENHA QUE JÁ LI NA MINHA VIDA! hahahahahahahhahahaha
    Estou rindo até agora e concordo com CADA coisa que você disse. CADA UMA! Eu só não consegui ser tão forte quanto você e desisti da leitura (e nem quero voltar, muito obrigada!).

    Enredo fraco, personagens muito mal construídos... Agora dá até vontade de ler Toda Sua, para ver se não fico traumatizada com esse tipo de leitura!

    Beeijos!

    p.s.: preciso ler Cinquenta Vergonhas de Cinza! Deve ser hilário!

    ResponderExcluir
  14. Esse livro só mostra como as mulheres são extremamente manipuladas, sabem disso E CONTINUAM. Um livro extremamente machista. Você fez uma excelente resenha, parabéns, sério!

    Tem post novo no meu blog ♥

    Tenha um ótimo domingo ♥

    Sugar Dance (clique no perfil para visitar)

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Gostei do novo layout! hehe Realmente, esse livro também não me agradou nada nada. Não sei bem o que as pessoas viram no livro, mas eu não achei interessante, não achei lógico nem nada do tipo. Por que diabos o um empresário de sucesso vai se interessar do nada por uma estudante a ponto de abrir mão do contrato por ela? Aff...
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    Andressa
    http://umdiaacadalivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Gostei da resenha Alice, foi descontraída e divertida! Bem, realmente o livro te faz rir, sinceramente, eu não teria coragem de comprar os outros dois, acho que o final do livro 1, já seria o suficiente, ao invés de ter mais dois. Enfim, vamos ver como será os outros dois pelas suas resenhas =D

    Bjs

    daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  17. Amei a resenha Amiga, Parabéns!!!!
    Amei mesmo!!!!
    Me diverti lendo sua resenha... não me leve a mal...
    E vc foi muito sincesa, adoro isso...
    minhas amigas ficam me sacaneando pq eu ainda não li esse livro, que eu tenho o primeiro, mais não to com a mínima para ler...
    E eu fico falando de Toda sua hehehehe

    Beijos
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  18. Oi Alice!
    Garota, parabéns! Finalmente uma garota que leu essa PORCARIA e não gostou! Ficvo totalmente indignada com as pessoas que elogiam esse livro e mais revoltada ainda (do tipo de ser um bonehead e sair cometendo ultraviolência em todo mundo) por isso ser um best-seller..com tanta obra boa por aí querendo espaço e essa coisa esdrúxula, mal escrita, baseada em Crepúsculo (tá explicado) e com personagens idiotas é que ganha a fama.
    Vamos pegar esses livros junto com a saga Crepúsculo e tacar em uma fogueira enquanto pegamos essas duas autoras frígidas e escapelemos elas em praça pública.
    E olha que estou sendo boazinha.

    ResponderExcluir
  19. Aliice *-* até que enfim achei alguém que não gostou de Cinquenta Tons assim como eu.. :) adorei a resenha! tirei as mesmas conclusões .. rs
    Muito sexo, pouca história .. e não acho o sr. Grey o dono do mundo ¬¬'

    Bjsss
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. A editora divulgou o primeiro capítulo dessa paródia, bem engraçada. Se você riu com 50 tons, vai rir com a paródia também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu ja li o capitulo que eles divulgaram ^^
      adorei

      Excluir
  21. sua resenha tá ótima kkk merece mil curtidas kkkk, gosto do jeito que vc coloca a sua opinião. Como não gosto de livros assim, com essa temática, não irei ler, acho que não riria de nada, ficaria muito frustada e comigo seria um desperdício de dinheiro rsrsr

    beijos

    ResponderExcluir
  22. sabia que aqui eu poderia encontrar uma resenha sobre ele livro kkkkk adorei meu comecei a ler no quarto da minha amiga o livro da irmã dela entao to bem no começo kkk nem sei se vou ler porque tenho tantos livros na frente dele e fico com muita raiva porque no metro em um dia sem brincadeira encontro mais de 3 mulheres lendo esse livro, virou febre e não é um tema que esta me atraindo nesse momento entao deixa pra proxima.... bjãooo saudades de visitar aqui cada vez crescendo mais parabens!

    sonhos-perdiidos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. kkkkkkk Eu achei que a autora fez uma boa pesquisa. Ela narrou bem os detalhes do helicóptero, das empresas, do trabalho de Grey... E eu gostei do Grey, tirando as partes maníacas, ele é um grande personagem. Já a Ana... Ela é um porre!

    Esse livro não tem história, não é romance nem nada, é um conto erótico muito mal-escrito. Pronto, me retei (é assim que dizem por aqui quando ficam zangados). kkkkk E a palavra nojenta é "enrubesço", uma verdadeira chateação pra qualquer baiano se retar de vez. kkkkk...

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  24. KKKKKKKKKKK BOA RESENHA!

    Deve ser uma "maravilha" esse livro!

    Nem quero lê-lo, sei lá, sou menor de idade e não gosto de ler essas coisas KKKKKK

    Boa leitura nos próximos livros ...

    Beijos Teenage Dreams (:

    ResponderExcluir
  25. HAHAHA Amei sua resenha!!!!

    Finalmente achei mais uma pessoa que não vê esses livros como a obra literária do século!!!
    Não consegui ser tão divertida na minha resenha porque fiquei extremamente aborrecida com o sucesso dessa série! Hoje eu até consigo rir horrores disso tudo, mas quando li o primeiro fiquei uns três dias me perguntando como podia uma coisa assim ter saído do computador dessa mulher!!!!

    Beijinhos
    http://bobeiras-egocentricas.blogspot.com.br

    Beijos!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!