15 julho 2013

Resenha: Delírio




Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 352
Ano: 2012
Avaliação☆☆☆☆☆

Sinopse: Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos. Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas. Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.

A história do livro começa com o amor. Essa doença que muitos pensavam ser um sentimento bom, que te deixava nas nuvens e as vezes te fazia sofrer um pouco quando não era amado de volta. Ah o amor.
Nos tempos atuais a  humanidade vive em outra realidade, aonde foi descoberto que o amor é uma doença e ao completar dezoito anos o governo te faz passar por uma cirurgia aonde você vem completamente curado sobre o amor.

Você acaba não sentindo nada, não escutando música,não dançam, não fazendo uma série de coisas que possam despertar sentimentos que te aproximem do amor. Pois o amor, é letal.
Então como é que se faz quando você acaba amando alguém? Esse é o caso de Lena. Uma garota que tem uma mãe que acabou cometendo e já havia passado muitas vezes pela intervenção e nunca ficava curada do amor.
O "engraçado" é que alguns dos "curados" acabam perdendo os interesses por algo que antes eles gostavam antes da cirurgia. Acho que tem mais por trás disso do que foi revelado no primeiro livro. Acho que o governo faz coisas piores que a população não imagina, então por isso eles erradicaram o amor...sim sou dessas que cria teoria da conspiração para o governo.

Os adolescentes fazem os testes para descobrir quais suas qualidades, as suas prioridades e quais serão suas disponibilidades de pares para um provável casamento no futuro. Aonde vocês vão ficar curados, e completamente um casal normal sem a doença chamada amor.
Gente é um livro muito louco.
Fiquei encantada com os medos, os pensamentos da personagem e de como as coisas mexeram comigo. Tudo nesse livro foi bem construído e fui devorando o mesmo a cada página.

Confesso que fiquei de boca aberta com um segredo que foi descoberto quase no final do livro. Realmente é um livro surpreendente. É uma luta muito grande, é algo muito constante e confesso para vocês que fiquei desesperada em algumas momentos de tanta curiosidade.
Lena é o tipo de personagem que eu me irrito as vezes, mas no final estou eufórica torcendo para que tudo de certo. Não deu tão certo do jeito que eu esperava, mas fiquei de boca aberta do mesmo jeito.
Gostei da melhor amiga dela Hana, e da sua prima mais nova que é a desajustada da família que não fala e chora em silêncio esperando que a mãe um dia seja carinhosa com ela...cara sofri com essa pequena personagem porque ela é uma criança carente sabe, a mãe é curada e não liga para ela. Eles não nutrem nenhum sentimentos pelos filhos, então deve ser difícil ser criança ou adolescente, pois te acham uma bomba relógio que pode amar e ficar doido a qualquer momento.

Com certeza o livro foi incrível, adorei a narrativa do mesmo. O jeito como tudo foi colocado pela autora e essa foi a primeira vez que li algo dela e já estou adorando.
E você já tentou pensar em como seria o mundo sem amor?

20 comentários

  1. achei interessante a capa ter a imagem com o nome por cima, ficou bem criativa. A história parece ser legal; Talvez eu leia se encontrar pra vender por aqui ^^
    Bj, Alice...

    ResponderExcluir
  2. Oie!

    Uauu, sua resenha mega positiva me deixou curiosa.
    Faz tempo que eu quero ler e agora aumentou minha vontade.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  3. ooooooooooooooi amigaaaaaa, que lindo taa aquii!!
    saudadeeeeeeeeeeeeees de comentar :DDD

    mtmto boaa resenhaaaaaaaa

    http://blahoestraich.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Opa, esse livro parece legal. Não sabia que a história era assim, pensava que era um romance "comum". Achei muito foda essa ideia de banir o amor, fiquei com vontade de ler :3

    ResponderExcluir
  5. No presente momento eu acho que o mundo seria mais feliz sem amor. u.u' Já que o nosso governo não demonstra esse amor por nós que colocamos eles lá e os animais que sofrem.. ç__ç' Muita gente sentindo muito e outras mais sentindo nada. x.x'
    Obs: Alice, o início da resenha eu acho que tem alguns erros terceiro. quinto e sexto parágrafos, eu acho, não sou expert em português, mas acho que você comeu letra, e acrescentou o SE e etc... '-'
    Pode ser o sono também E falando sobre o livro.. eu quero pegar delírio pra ler quando tiver acabado todos os livros. XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sahuashusahu cara e tinha erro mesmo
      eu pensei que já tinha revisado.
      ai pá publiquei
      só me lembrei que tinha escrito e publicado sem avisar lá no trabalho
      ai vim preocupada com os erros.
      ainda bem que me avisou
      pq cheguei tão cansada .w. ai fui direto na fonte xp

      Excluir
    2. sei lá, viu? eu não comento isso porque vejo blogueiro falando mal de quem comenta e eu fico com o rabinho entre as pernas. HSUAHSUAHS Que bom que você lembrou.
      Beijos!! <3

      Excluir
  6. Esse livro parece ser muito legal, mas se comprasse seria livro físico mesmo. Não curto leitura eletrônica.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  7. Querida, não vou te matar pela demora, porque também lerdei bastante KKKK
    Sei lá, não importa quantas resenhas sobre esse livro eu leia, nunca sinto aquela vontade de o ler. Sei lá, sabe quando o livro não te dá aquele, como posso dizer? "Tesão", não importa o que você leia? Pois é, bem o que rolou comigo ahahah Mas sua resenha está ótima =D

    Beijão, Lari.♥
    Vitamina de Pimenta
    @laricrazy_

    ResponderExcluir
  8. Oi amiga, que bom que devorou este livro, isto é muito bommm

    E que Segredo é esse? fiquei curiosa, e já não é de hoje que quero ler este livro, tenho visto muitas resenhas positivas..
    Sua resenha transpassa o sentimento que sentiu ao ler o livro, e adoro sentir isso...
    Estou doida para ler, mais ando num período bem ruim, de leitura e de tempo..
    Preciso reencontrar minha paixão literária, estou com uma baita ressaca..
    Parabéns pela resenha ^^

    Beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara já passei por isso uma ressaca que depois fiquei meio sem vontade de ler olha.
      mas tudo se ajeitou xp

      Excluir
  9. Aaai que resenha fantástica!! Eu quero esse livro, mas até então tenho outras prioridades. Quem sabe um não ganhe um dia? ashauha
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Olá :)
    Adoro teoria de conspiração UAHSUAHSUAHS Adorei a resenha. Também acho que tem mais coisas ai sobre esse lance do extermínio do amor do que foi revelado.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  11. Ficou bem criativa a capa do livro, com as letras sobre a imagem. *--*
    A resenha está muito boa, como sempre. ;) Se você gostou do livro,então também nós gostaremos. xd

    Bjs
    Sai hoje o resultado do sorteio?
    Hayanne Deise Lins
    *Profissão Adolescente*
    Agora com postagens todos os dias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim sai o resultado hoje sim amore ^^
      daqui a pouco eu solto

      Excluir
  12. Adorei a resenha, como deve ser sem amar absolutamente nada? com certeza tenho que ler esse livro.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho esse livro mais ainda não li. Ouvi o blogueiro do blog Eu vivo lendo, acho que é o Gabriel. Na sua resenha ele disse que as pessoas que eram curadas, de alguma forma sentiam o sentimento. É isso mesmo?? Fiquei meio na dúvida e pensando em ler ou não. Mas acho que vou ler sim!! Pois todos de uma certa forma tem falando super bem do livro.
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não eles não sentem o sentimento não.
      eles sabem como se sentiam, mas não sentem nada D:
      tipo vc ter noção é uma coisa
      vc sentir essa coisa é totalmente diferente sabe

      Excluir
  14. Não sabia que esse livro era tão bom assim.
    Ele não tinha me chamado atenção pela capa (que acho muito feia) então não corri p/ ver resenhas dele. E eis minha surpresa quando vejo sua resenha Alice-chan *-*
    Eu li receoso até pq não sintia nada por esse livro, mas agora... PUF!
    Eu quero muito ler esse livro. O enredo é admiravél e fiquei c/ uma pulga atrás da orelha p/ saber dos motivos de se "curar" o amor. Me corriga se eu estiver errado, mas a obra se enquadra como uma distopia né?
    Eu, particularmente, não acredito no amor, mas isso se aplica a mim. Eu acredito sim no amor de amigo e familia, mas o "amor" (desses que lemos nos livros e assistimos nos filmes) é desconhecido por mim e evitado ao máximo. Se esse "amor" um dia fincar as unhas em mim, nesse dia eu terei perdido as minhas metas de vida :(
    Mas isso é somente comigo e admiro as pessoas (como vc Alice-chan) que amam.
    Adorei a sua resenha e nem tinha percebido esse erro de ortografia mencionado pela Yasmin (acho que vc arrumou). Continue postando resenhas maravilhosas p/ ficarmos babando e não demore muita c/ a próxima hein? Rssrsrs...
    Bjs amiga *-*

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!