12 março 2014

Resenha:O sobrinho do mago - As Crônicas de Nárnia



Autor: C. S Lewis
Editora: Martins Fontes
Número de páginas: 184
Ano:1997
Avaliação☆☆☆
Sinopse: A aventura começa quando Digory e Polly vão parar no gabinete secreto do excêntrico tio André. Ludibriada por ele, Polly toca o anel mágico e desaparece. Digory, aterrorizado, decide partir imediatamente em busca da amiga no Outro Mundo. Lá ele encontra Polly e, juntos, ouvem Aslam cantar sua canção ao criar o mundo encantado de Nárnia, repleto de sol, árvores, flores, relva e animais.



Nesse livro podemos observar a criação de cada coisa em Nárnia e e descobrimos um pouco sobre magia e outros mundos.
Nossa história começa com com Digory e Polly, as duas crianças são vizinhas e acabam indo brincar juntas e por uma infeliz coincidência entram no sótão aonde o tio de Digory passa boa parte do tempo. Tio André é um homem que descobriu ter um pouco de sangue mágico correndo nas veias, porém não sabe nada sobre ser feiticeiro e acaba fazendo uma verdadeira confusão, mas confesso que graças a ele temos mais para frente o conhecimento sobre Nárnia.

Tio André ardiloso como só ele, faz com que Polly toque em um anel mágico e acabe indo para outra dimensão, porém a menina não pode voltar a menos que Digory vá busca-la e de a ela outro anel para que ao tocar seja trazia de volta para o mundo aonde vivem.
Acaba que eles resolvem explorar outros mundos, pois descobrem a verdadeira utilidade dos anéis e como servem de fato, e para a infelicidade de muitos acabam despertando o terro de outro mundo e trazendo para o seu próprio.

Então a confusão se arma, uma feiticeira doida querendo governar o mundo deles, um Tio André que não sabe o que fazer, um homem e seu cavalo acabam que por "acidente" virando importantes na história e criação de Nárnia e os desejos/preocupações de Digory que interferem no rumo de tudo no final.

Fiquei encantada com esse primeiro livro, pois além de Aslam aparecer (ele é quem canta a canção da criação para surgir Nárnia) descobrimos mais um pouco sobre como era a temida feiticeira branca e de onde ela veio (e de quem foi a culpa por ela ter entrado em Nárnia).

O final é lindo, simples e feliz! Gostei de como tudo ocorreu e mesmo estando chateada com a fato da feiticeira branca estar em Nárnia se não fosse ela tenho quase certeza que os queridos dois filhos de Adão e duas filhas de Eva não seriam anunciados em profecia e não teríamos a continuação dessa incrível saga.

9 comentários

  1. Eu sou daqueles que dariam um braço para poderem conhecer Nárnia.
    Meu volume do livro é daquele imenso, e a dificuldade de ler é terrível, visto a diagramação tipo bíblia dele. Mas já consegui terminar todos, o que me deixa mais louca ainda pelo trabalho de Lewis.
    Esse não é meu livro predileto, mas é o ponto de partida para tudo: conhecer o lugar, Aslam, a criação e tal. Alguns críticos até dizem que todos os sete livros, tem um teor bastante religioso. Ainda não sentei para analisar isso, mas enfim, acho uma proposta digna.
    Espero que goste dos outros.

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim alguns dizem que tem mesmo, achei interessei esse fato e meu volume é daquele único mesmo. mas como tenho que resenhar separadamente para o desafio estou colocando desse jeito.

      Excluir
  2. Oie!
    Eu só li este conto e o livro era emprestado. Pretendo comprar o livro e ler os outros.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oie Alice =)

    Precisando reler as primeiras crônicas e dar continuidade na leitura do livro. Li apenas as quatro primeiras, incluindo essa, mas como faz tempo não lembro direito da história rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  4. Tem um tempo que li esse primeiro livro das Cronicas de Narnia, é maravilhoso, eu também não fazia ideia da cronologia, também fiquei encantada como tudo foi ligado a história, espero um dia ler todos os livros.

    Beijos

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  5. Olha, já é a segunda vez que compro aquele livro gigantesco, que é um compilado de todos os livros da série, porém não realizo o pagamento por ficar com um “pé atrás”. Não sei se vou gostar, sabe? Mesmo tendo lido mil resenhas e tudo o mais...quem sabe um dia eu compro, né? Gostei da resenha :D
    Beijos,
    Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tenho o volume gigantesco,to no terceiro livro já :) to gostando olha, bem legal. qualquer dia da uma chance ^^

      Excluir
  6. Oi Alice, essa é uma das histórias que mais gosto das crônicas de Nárnia, eu gostava muito do filme do leão, a feiticeira e o guarda-roupa e quando li esse livro eu amei ainda mais Nárnia, pois com ele descobrimos tudo o que mais tarde vemos no filme, como o prof. Kirk (Digory) sabe sobre Nárnia, porque o guarda-roupa tem a passagem e principalmente como foi criada e como a feiticeira branca foi parar lá. Eu queria muito que O Sobrinho do Mago virasse filme. Beijos

    Estante de Cristal

    ResponderExcluir
  7. Just want to say your article is aѕ astonishing. The clearness in your
    post is ʝust cool aand i coukd assume you'rе an expert on this subject.
    Fine with your permisѕion llet me tߋo grab youг RSS feeԁ to keep up to date witҺ forthcοming
    post. Tɦanks a mllion annd pleasе continue the enjoyable work.


    Hеre is my blog poѕt: Dr Oz Garcinia Cambogia

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!