25 maio 2015

Resenha: Red Hill (Clube da Liga)


Autora: Jamie Mcguire
Editora: Verus
Número de páginas: 350
Ano: 2015
Avaliação☆☆☆
Sinopse: Para Scarlet, cuidar de suas duas filhas sozinha significa que lutar pelo amanhã é uma batalha diária. Nathan tem uma mulher, mas não se lembra o que é estar apaixonado; a única coisa que faz a volta para casa valer a pena é sua filha Zoe. A maior preocupação de Miranda é saber se seu carro tem espaço suficiente para sua irmã e seus amigos irem viajar no fim de semana, escapando das provas finais da faculdade. Quando a notícia de uma epidemia mortal se espalha, essas pessoas comuns se deparam com situações extraordinárias e, de repente, seus destinos se misturam. Percebendo que não conseguiriam fugir do perigo, Scarlet, Nathan, e Miranda procuram desesperadamente por abrigo no mesmo rancho isolado, o Red Hill. Emoções estão a flor da pele quando novos e velhos relacionamentos são testados diante do terrível inimigo – um inimigo que já não se lembra mais o que é ser humano.

Apesar de vários filmes e seriados abordarem o assunto Zumbis, nunca ninguém esteve preparado de verdade para um verdadeiro surto de zumbis, e se isso acontecesse com você? E se fosse agora? Você faria de tudo para salvar aqueles que ama? É nessa realidade complicada que começamos nossa leitura. 

Um cientista alguns anos atrás estava trabalhando em um projeto para tentar reanimar os mortos, mas isso era visto como uma abominação e por isso ele foi expulso da sociedade cientifica. Contudo, e se ele conseguisse obter sucesso no projeto, o que iria acontecer?

Scarlet é uma mãe divorciada que trabalha em um hospital médico e tem duas belas filhas! Foi no hospital durante seu turno que ela ficou sabendo do surto da epidemia (após tratar de uma paciente quase morta que achava ter sido mordida por um bêbado) e com o caos acontecendo lá fora, ela só tinha um desejo: encontrar as filhas e levá-las para um local seguro. 

Então a corrida contra o tempo começou e ela procurou as filhas em todos os lugares possíveis que elas poderiam estar com o seu ex marido, e tinha que ter certeza que verias filhas de novo. Nem que para isso ela morresse tentando manter as meninas em segurança.
Devido ao fato de sempre assistir filmes de zumbis, ela sempre conversou com as filhas que o melhor local para estarem seguras era o rancho Red Hill.

O livro tem cada capítulo contando por um personagem diferente. Vemos três histórias de pessoas diferentes que vão se unindo em pequenos detalhes até que finalmente todas tem o mesmo objetivo, achar um local seguro para cuidar de sua família, e nada mais seguro do que um rancho isolado de tudo e todos.

Nessa história temos Nathan, um homem que vai buscar sua filha Zoe no colégio e volta para casa para tentar encontrar a esposa, mas infelizmente não é isso que acontece. Devido aos problemas no casamento sua mulher acaba abandonando marido e filha para viver a vida do jeito que achar melhor, mas isso tinha que ser justo no dia do apocalipse zumbi?

Enquanto isso Miranda está indo visitar o pai levando consigo sua irmã e os respectivos namorados de cada uma, porém é difícil tentar manter a calma quando ela está responsável por dirigir e levar todos em segurança no meio daquele caos todo.
Miranda é a filha mais "forte", aquela que tentou superar o divórcio dos pais e ser o porto seguro de Ashley que é tão frágil.

No começo do livro eu fiquei um pouco confusa e demorei muito para me habituar aos personagens, as vezes eu nem sabia quem era quem, porém com o decorrer da leitura eu me acostumei. 
Com a escrita viciante a autora conseguiu me deixar presa logo de cara, mas fui ficando saturada depois de um tempo, tudo parecia focado demais nos sentimentos ao invés de coisas mais importantes.

O livro deixa o leitor nervoso em alguns momentos, mas nada que seja muito forte a ponto do desespero (o que acontece muito em livros de zumbis) e isso para mim me incomodou um pouco, sem contar que eu achei muitos furos nessa história! Parece que ninguém pensa direito, afinal o inferno está acontecendo lá fora e  o pessoal quer viver a vida de jeito normal? 
Com o final acelerado demais e mortes desnecessárias eu acabei ficando um pouco decepcionada! Eu esperava mais do livro e confesso não ter lido a sinopse direito, mas ainda sim esperava no mínimo um banho de sangue mais estruturado. 
É um livro leve para o tema.

Apesar de alguns pontos negativos eu recomendo o livro para quem curte algo mais leve e tem receio de ler coisas sobre zumbis, talvez esse seja um bom começo, mas para mim que estou acostumada com coisas mais pesadas foi um livro fraco em alguns pontos e bons em outros.
Eu não sabia quanto tempo conseguiríamos sobreviver, mas tinha certeza de que não morreria no primeiro dia da droga do apocalipse zumbi.


O Clube de Leitura da Liga é formado por amigos que resolveram arriscar uma leitura coletiva e se surpreenderam com a interação que foi proporcionada. Temos muitos gostos e ideias em comum, além de muitas discussões e risadas. Ninguém nunca irá nos entender, ainda bem. Nós Somos: Este Já Li | Leitora Viciada | Leituras da Paty | Livros e Chocolate | Mais que Livros | Meus Livros Meu Mundo | MoonLight Books | Prazer, Me Chamo Livro | SA Revista | Segredos Entre Amigas | Todas as Coisas do Meu Mundo |

2 comentários

  1. Alice, confesso pra ti que a minha animação para ler o livro já é nula. Estava muito ansiosa no começo, mas agora já to descrente. Vou comprar não!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Alice, confesso pra ti que a minha animação para ler o livro já é nula. Estava muito ansiosa no começo, mas agora já to descrente. Vou comprar não!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!