06 julho 2015

Resenha: A Canção de Alanna: A Primeira Grande Aventura


Autora: Tamora Pierce
Editora: Única
Número de páginas: 256
Ano: 2015
Avaliação☆☆☆☆
Sinopse: A coisa que Alanna mais quer no mundo é ser uma guerreira extraordinária, que vença batalhas e consiga ajudar as pessoas. Ela só tem um problema: no reino de Tortall, meninas não lutam, ou melhor, não fazem quase nada. Então, para realizar seu sonho, ela deve arriscar a própria vida tornando-se Alan de Trebond. Esta é sua primeira aventura, e pode ser a última caso ela não seja forte o bastante para superar as próprias limitações e controlar sua magia, que é mais poderosa do que a maioria das pessoas pode suportar. Para piorar, Alanna é a única capaz de combater o mal que se abateu sobre o reino de Tortall. Está em suas mãos salvar o herdeiro do trono e derrotar os seres milenares que habitam a terrível e amaldiçoada Cidade Negra. O fracasso não é uma opção. Sua grande batalha já começou. Ela pode morrer, ou pior: perder a própria alma para sempre! “Ela estava apavorada: seu rosto parecia quente, as mãos tremiam. Se fracassasse, teria de deixar a corte. Aquele era o dia. Ela nunca se sentira tão forte e tão preparada.”

Nesse livro conhecemos Alanna. Uma garota que não deseja seguir os passos que seu pai escolheu para ela, pois é melhor ser uma guerreira do que ir para um convento aprender a usar magia e/ou ser uma dama.

Sendo assim Alanna resolve trocar de lugar com seu irmão gêmeo Thom, que ao contrário dela gostaria de ser um feiticeiro. Os dois possuem o dom, mas Alanna não se sente confortável utilizando o seu, mas ela terá de aprender que nem sempre a vontade dela prevalece perante ao desejo dos Deuses.

Com o plano arquitetado os gêmeos tem a ajuda de uma curandeira chamada Maude e de Coram (um cavaleiro do feudo). Então após Thom fazer as cartas falsificando a assinatura do pai, os gêmeos partem cada um para a sua jornada a fim de conseguir o que sempre desejaram.

Apesar de não gostar de magia Alanna terá de enfrentar desafios e fazer uso do seu dom. 
O livro foi um pouco arrastado em alguns momentos, mas creio que foi porque Alanna ainda é muito jovem e precisava passar por muita coisa, como seu crescimento (ela ainda nem começou a menstruar e os seios são pequenos demais para alguém notar). Porém tenho que dar o braço a torcer, pois ela foi corajosa e aguentou tudo sem se queixar ao rei após ser espancada diversas vezes por outro garoto que começou a implicar com ela.

Senti que as coisas poderiam ser mais intensas, mas como é o começo de tudo dei um desconto para esse livro porque são muitas coisas para acontecer todas de uma vez só.
Vemos Alanna crescendo como pajem, criando amizades e ajudando o príncipe que acabou virando um dos amigos da jovem. 

Pequenas coisas vão acontecendo na trama e vamos percebendo que Alanna com essa insistência boba de não usar sua magia pode colocar em risco a vida daqueles com quem ela se importa, e quando eu vi a primeira demonstração de poder da jovem eu fiquei irritada porque alguém tão poderosa teria medo de aprender a controlar toda aquela magia.

Temos um vilão sendo introduzido na história, mas não acabamos sabendo ao certo se ele é ou não responsável por algo que aconteceu com o príncipe durante a história. Com pequenas perguntas não respondidas temos a deixa para o segundo livro, e como o mundo criado pela autora está sendo escrito até hoje já dá para imaginar que existe muita coisa pela frente.

Algo que preciso ressaltar é a insistência da Alanna em não ser uma garota, como se todos fossem achar que ela é alguém burra e frágil (isso me incomodou demais), fora que ela é muito poderosa e se parasse de implicar com sua magia poderia ser uma ótima guerreira usando seu dom para muitas coisas. 
Espero que ela melhore nesses dois aspectos na próxima leitura.

O livro está com uma ótima diagramação, uma capa bonita e sem qualquer erro de ortografia durante a leitura.
"Você já pensou que talvez a gente goste de você porque é diferente?"

33 comentários

  1. Ola Alice a premissa do livro já havia me chamado atenção pelo fato dela se passar por menino, o fato dela ser muito nova de certa maneira justifica algumas atitudes, mas vou acompanhar essa saga para acompanhar o amadurecimento da Alanna e sua magia. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com


    ResponderExcluir
  2. Alice, achei o livro até legalzinho.
    Gosto da fantasia em que ele está envolvido.
    E com certeza, diferente da Allana, eu super iria escolher ser feiticeira ao invés de guerreira.
    Sonho antigo...
    Acho que daria uma chance e leria sim.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Conhecia o livro,pois li uma resenha sobre ele em outro blog.
    Gostei do que foi falado sobre o livro, ele parece ser do gênero infanto-juvenil,mas achei a história interessante e quando o livro é bom não importa o gênero.
    A Alanna, achei uma personagem bem legal que no decorrer da história vai amadurecendo.

    ResponderExcluir
  4. Oláá!

    Não conhecia esse livro mas confesso que fiquei curiosa para saber desse crescimento da personagem, gostei de saber que ela cresceu para poder encarar tudo de frente.
    Normalmente os primeiros livros são sempre assim né, mais simples só com apresentação para nos deixar mais curiosos com a história!
    Achei a capa bem fofa <3

    Espero que os próximos livros sejam tão bons quanto esse e te prenda mais ainda!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  5. Já ouvi muito falar sobre esse livro e sempre é resenhas positivas, acho que na questão da intensidade eu concordo com você, é o inicio de tudo, costumo dizer que o primeiro livro é sempre a visão panorâmica de tudo.
    Adorei a capa, está muito bonita.
    Sua resenha está muito boa!
    Beijos
    cheireiumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente, ainda não li esse livro, mas estou encantada desde que vi, eu não curti a capa, mas sei que ele atende requisitos ao público que se destina, só chatice minha mesmo, pois mostrei para um aluno e ele achou linda. Espero em breve poder apreciar a obra e me deliciar com as aventuras da personagem.

    ResponderExcluir
  7. Oiiie.
    Eu já li algumas resenhas também positivas sobre o livro, mas infelizmente não tive curiosidade de ler.
    O genero, não é o meu preferido, mas a premissa é interessante.
    Amei sua resenha, ficou realmente muito boa.
    Beijos

    http://colecoes-literarias.blogspot.com/2015/07/caixa-do-correio-junho-9-2015.html

    ResponderExcluir
  8. Oie!!
    Poxa, não é o tipo de livro que me chama atenção. Fujo um pouco de livros com magia... =/ Apesar da sua resenha bem feitinha e a premissa parecer interessante, sei que não iria me divertir lendo.
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  9. Oi, flor!
    Primeiro, preciso dizer que o seu blog está muito lindo! Ficou tão suave, com cores bem escolhidas. Fiquei com vontade de fazer ajustes no meu, que é muito colorido (rs). Parabéns.
    Eu não me interessei por esse livro. Gosto de fantasia, mas esse me pareceu um tanto infantil. Achei legal a Alanna desejar ser uma guerreira e acho que ela ainda amadurecerá muito. Mas, mesmo assim, não me encantei pelo livro.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Eu adoro livros de fantasia, quero muito ler esse desde que lançou. Pena saber que pelo jeito não vou me agradar com a personagem, hahaha. Mas irei ler mesmo assim.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Oiiii
    Eu já tinha visto outra resenha sobre esse livro em outro blog e desde então eu quero ler esse livro. Acho que é um ótima leitura apesar das ressalvas que você citou.

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Eu não gostei muito da capa no início, mas depois entendi que era a cara do livro. A obra parece ser boa, mas não é o livro pra mim no momento.
    Super beijos <3

    ResponderExcluir
  13. Ooi,
    já tinha lido algumas coisas sobre esse livro, tenho vontade de ler, gosto muito do genêro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Quando eu vi o lançamento desse livro fiquei com vontade ler. Acabou que a vontade não persistiu tanto e não li ainda. Acho que vou esperar os próximos lançamentos para decidir. Se houver um crescimento da personagem, animarei ler a série, mas se esses pontos que você citou persistirem, vou passar a leitura!

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  15. Olá; eu li esse livro recentemente e concordo com você em muitos aspectos, mas ressalto que se o fato de Alanna ser uma garota viesse a tona, ela nunca teria a chance de ser uma guerreira, também concordo que ela era super jovem no início da trama.

    ResponderExcluir
  16. Oi Alice, apesar das suas criticas eu consegui enxergar algumas nuances na história que vão além de a menina não querer usar a magia, e imagino que isso irá transparecer nos próximos livros. Apesar de ser uma história bem juvenil e ser uma série, é uma leitura que gostaria de ler. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  17. Oi Alice, tudo bem?
    Fiquei aqui pensando qual o motivo para alguém tão poderosa não querer usar magia. O fato dela fingir ser menino me lembrou Mulan, já que ser mulher impediria que ela fosse a luta. Fiquei interessada.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  18. Alice olho essa capa e ela me passa a impressão de algo épico, envolvendo lutas de espadas rsrs.
    Mesmo sendo fã de literatura fantástica, a canção de Alanna não me atraiu e o fato do enredo se arrastar também me desanima.


    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  19. Oi Alice,

    Adorei a resenha e ela aguçou ainda mais a vontade que tenho de ler este livro, sou apaixonada por fantasia. Se bem que fico com os dois pés atrás por ter sequência, estou fugindo de trilogias e séries, pois tenho muitos muitos livros para ler. Quem sabe quando eu terminar os livros que tenho aqui em casa, já terão lançado todos os livros da trama aí lerei como uma maratona,

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi Alice, sua linda, tudo bem
    Assim que vi o lançamento desse livro, eu o desejei. Acho que ele é a minha cara, adoro magia, fantasia. Sempre foi difícil ser menina e ainda o é até hoje, na nossa sociedade. Por isso não me incomodei com o fato de ela querer fazer coisas de menino, acho que a autora a está usando justamente com um cunho crítico. Que pena que não tem muita ação nesse primeiro volume da série, mas se o considerou uma ótima leitura, ainda continuo empolgada. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oie!!
    Eu amo livros em que a mocinha surpreende a todos e foge do esperado.
    pelo menos foi a impressão que tive da Alana. Acho que também vou me irritar um pouco com essa teimosia em não usar magia.
    Mas ainda assim acho que esse livro faz o meu estilo.
    Adorei sua resenha e sua sinceridade.
    ;**

    www.saladadelivros.com

    ResponderExcluir
  22. Acho que ia me irritar muito com a Alanna, tanto por essa insistência de não ser uma garota quanto pela implicância dela com a própria magia, que se fosse usada direito com certeza ajudaria muito. Embora o livro me atraia, vou aguardar o lançamento pelo menos do próximo pra saber se ela melhora, aí decido se vou ler.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  23. Que livro lindo, fiquei bem interessada na leitura. Acho que iria gostar da protagonista... Mas como tem sequência vou me manter longe por enquanto... estou fugindo de series/trilogias! Adorei sua resenha, bem sincera e objetiva. :D
    Beijos!
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Achei a capa super fofa,gostei das características da Alanna e do que fala o livro,mais como você disse no começo a leitura é meio arrastada e eu sou chatinha com minhas leituras (Não é nem por minha causa,e mais porque sou fácil de ter uma ressaca) e ai eu acabaria não lendo ele todo,mais diria que daria uma chance pra ele não agora,mais quem sabe mais pra frente.

    Beijos
    http://bibliotecadesajeitada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Eu não conhecia esse livro, mas já adorei!
    Apesar de não ser muito fã de livros com essa temática, a premissa dele me parece bem interessante, principalmente pelo fato de uma menina querendo se passar por menino hahaha!
    Adorei a resenha e fiquei curiosa sobre o livro.
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  26. Oi Alice, já li algumas resenhas desse livro e não me interessei pela história porque é muito fantástico pra mim rs... Mas devo dizer que não é implicância com a personagem principal, porque as pessoas pensam que nem você com relação a ela. Eu já fiquei um pouco irritada com a insistência dela em não utilizar o poder... entendi o motivo que fez ela querer ser menino, mas guardar um poder e não querer aprender a utilizá-lo sendo que isso pode colocar em risco as pessoas que ela ama? Bom foi isso que eu entendi... rs... Xero!

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bem?

    Adoro esse tipo de livro, achei a premissa muito bacana e esse lance dela se passar por homem me lembrou um pouco de EON, um dos meu livros favoritos de dragões cuja protagonista faz a mesma coisa para conseguir se tornar uma mestre lá. Também lembra Mulan e todo aquele estilo guerreira. Contudo, não curti muito a capa da obra, acho que a arte poderia ser mais bem elaborada para dar um toque a mais à edição. Vou ver se solicito para a editora para resenha, mas primeiro tenho que diminuir minhas pilhas de pendências Rsrsrs.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Olá.
    Tudo bom?
    Livros com esse tipo de temática me fascinam, mesmo Alanna sendo imatura por causa da sua idade e ter te irritado dela não querer ser uma garota, mas mesmo assim irei dar chance ao livro futuramente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Oi, Alice!
    Apesar de ter gostado da capa, a premissa não me envolveu por ser fantasia e por causa da personalidade da protagonista.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  30. Olá Alice. Meus parabéns pela resenha, gostei bastante!
    Não conhecia esta série e é a primeira vez que leio uma resenha dela. Gostei bastante da premissa, o gênero tipo infanto-juvenil e fiquei bastante curiosa para ler. Até porque gostei bastante da capa.
    Espero que assim como você, a personagem evolua e mostre seu realmente poder no próximo volume!
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
  31. Antes de tudo, quero dizer que amei o nome do seu blog, muito fofo!!!

    Outra coisa, adorei essa resenha, simplesmente muito boa. Eu gosto muito de ler livros mais voltados para o termo infantil, pois me entretêm bastante e não é uma leitura cansativa. Com certeza já entrou pra minha lista, simples e bonito. Fora que essa capa tá divina demais, amo!!

    http://teoremasdamimosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Oi, Alice!
    Gostei muito da sua resenha, apesar da premissa do livro não em agradar muito, acho que o livro tem muito potencial.
    Vou anotar a dica de leitura para um possível presente de aniversário para minha prima que ainda é uma mocinha.

    Beijocas da Deebs!

    ResponderExcluir
  33. Oii, tudo bem?
    Até gostei da premissa do livro, mas quando cheguei na parte da resenha em que você falou que ela tentava fingir não ser uma garota com medo do que pensassem, desanimei, poxa, ela é super poderosa, deveria agir como uma garota forte, ao menos penso assim.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!