21 março 2016

Resenha: Até Mais, e Obrigado pelos Peixes!


Autor: Douglas Adams
Editora: Sextante
Número de páginas: 142
Ano: 2010
Avaliação☆☆☆☆
Sinopse: Depois de viajar pelo Universo, ver o aniquilamento da Terra, participar de guerras interestelares e conhecer as mais extraordinárias criaturas, Arthur está de volta ao seu planeta. Tudo parece igual, mas ele descobre que algo muito estranho aconteceu na sua ausência. Curioso com o fato e apaixonado por uma garota tão estranha quanto o que quer que tenha acontecido, ele parte em busca de uma explicação.Com sua peculiar ironia e seu talento aparentemente inesgotável para inventar personagens e histórias hilariantes - embora altamente filosóficas -, Douglas Adams nos presenteia com mais uma genial obra capaz de nos fazer refletir sobre o sentindo da vida de uma forma bem diferente da habitual.
Intercalando momentos cômicos com imagens e descrições poéticas, "Até Mais, e Obrigado pelos Peixes!" é mais uma aventura da "trilogia de cinco" que já levou os leitores a conhecerem situações bem improváveis e a viver momentos de reflexão e de pura diversão.

Depois de ver o aniquilamento da Terra, viajar todo o universo e participar de batalhas insanas, eis que Arthur está e volta ao seu planeta natal que parece não ter mudado absolutamente nada. Mas, as coisas não são tão fáceis assim, pois o governo parece encobrir esse acontecimento (a destruição da Terra) dizendo que tudo não passava de uma alucinação em massa projetada pela CIA.

Arthur nota que ao voltar para essa "nova" Terra outra pessoa além dele parece saber do ocorrido e por acaso ele acaba apaixonando-se por ela. Inclusive a garota tem respostas para a grande maioria das perguntas de Arthur sobre os acontecimentos no planeta, mas nem todas são suficientes para sanar as dúvidas e tudo isso acaba deixando o personagem mais confuso com a situação.
Juntos, Arthur e Fenny são o casal mais improvável e completamente louco que se pode imaginar.

Enquanto isso em outro planeta, Ford acaba se envolvendo em um grande problema, mas graças ao Guia do Mochileiro ele consegue se livra da situação e parte em direção a Terra. Chegando no local ele vai acabar tentando descobrir  "o que diabos está acontecendo??"
Vale ressaltar que todos os golfinhos sumiram ... então algo de muito errado está acontecendo na Terra, ou não.
“E, então, uma quinta-feira, quase dois mil anos depois (…) uma garota, sozinha numa pequena lanchonete em Rickmansworth, de repente compreendeu o que tinha dado errado todo esse tempo e finalmente descobriu como o mundo poderia se tornar um lugar com e feliz. (…)
Infelizmente, porém antes que ela pudesse telefonar para alguém e contar sua descoberta, aconteceu uma catástrofe terrível e idiota e a ideia perdeu-se para todo o sempre.”
Diante de várias situações estranhas e um humor ácido nos deparamos com um livro que aborda várias questões interessantes, apesar de nem sempre serem exploradas ao máximo ou quem sabe até mesmo explicadas, mas é nesse ponto que "mora a beleza da coisa".

Douglas Adams é um autor brilhante que consegue prender o leitor de um jeito bem diferente. Mesmo que não seja o seu estilo de leitura, a pessoa acaba sendo fisgada de alguma forma e foi assim que eu me vi curiosa em ler mais livros dele.

Esse é o livro que mais destoa da série, pois tem uma história "comum" se for comparado aos demais e a grande maioria das pessoas não gosta tanto dele. Contudo ainda podemos ver situações inusitadas e insanas que nos remetem aos livros anteriores. 
Não é um livro ruim, mas não segue a mesma "linha" e como alguns leitores sabem o autor costuma te deixar um pouco confuso com tantas informações/situações que acontecem na leitura, alguns leitores devem ter ficado "decepcionados" com esse livro por ser diferente. 

Apesar da diferença entre os livros anteriores eu gostei da leitura e me diverti bastante lendo! Esse é o quarto livro da trilogia de cinco e não me recordo de achar qualquer erro na leitura.

3 comentários

  1. Já li os dois primeiros livros da série e gostei bastante, embora você tenha dito que diverge com os demais livros da série, acho que irei gostar.


    www.eucurtoliteratura.com

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, nunca li os livros da série e nem tenho vontade.. :(
    Mas gostei da resenha, o enredo só não me atrai..

    Beijos Mila
    Daily of Books

    ResponderExcluir
  3. Não se esqueça da toalha!

    hahahaha'

    maisumleitor.com

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!