setembro 23, 2018

Resenha: Como navegar em uma tempestade de dragão


Autora: Cressida Cowell
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 272
Ano: 2011
Avaliação☆☆☆☆
Sinopse: A bordo do navio Sonho Americano 2, tripulado pela tribo dos Histéricos, Soluço Spantosicus Strondus III, o desajeitado herdeiro da tribo dos Hooligans Cabeludos, precisa salvar não só a sua pele e a de seus melhores amigos: o destino de todo o povo bárbaro está em suas mãos.
Como navegar em uma tempestade de dragão, sétima aventura da série, começa com a participação do inseparável trio Soluço, Camicazi e Perna-de-Peixe, além dos dragões de caça Banguela e Mosca da Tempestade, na tradicional Competição Amistosa de Nado Intertribal. No entanto, durante a competição, os improváveis heróis são sequestrados e acabam em uma expedição que cruzará todo o Grande Oceano Ocidental - e encontram bestas dignas de mitos medievais ao longo do caminho rumo ao Novo Mundo.

Insensato, o Assassino, convida os Hooligans e as Ladras do Pântano para uma competição de nado intertribal, aonde quem sair por último da água é que deverá ser decretado como o vencedor da prova. Porém como ficar tanto tempo na água?
O avô de Soluço o aconselha a sair em um tempo especifico, pois ele está prevendo muitos problemas e o garoto terá de achar um jeito de ficar na água por todo aquele tempo.

Depois de serem desclassificados - Stoico e Berta -, algo muito ruim acontece, pois seus filhos ainda não voltaram da competição - acabam sendo dados como mortos - e ao que parece, Insensato é o ganhador da prova! Então qual será o final doloroso desses dois chefes vikings perdedores? Enquanto isso, aonde andam seus filhos? Eles estão realmente mortos? 

Durante a prova Soluço, Perna-de-Peixe e Camicazi acabaram em um grande problema. Eles fora sugados por algo desconhecido e agora encontram-se em uma verdadeira enrascada. Os perigos que estão por vir vão colocar esse trio a prova, pois terão de lutar contra marinheiros bárbaros, Linguetas de Rapina, Serpentes Polares e muito mais. 
Nesse livro descobrimos mais coisas do que podemos imaginar e a cada leitura que passa, Soluço está cada vez mais enfrentando problemas maiores do que os anteriores.

Essa história foi bem interessante e tenho quase certeza que mais para frente alguns personagens que apareceram nesse livro, podem ajudar Soluço em algum momento. Seria algo muito legal de acompanhar, visto que Soluço acabou mudando a vida desses personagens de um jeito que eles nunca imaginaram que um viking poderia fazer.
O livro segue o mesmo estilo de capa que os anteriores, é repleto de ilustrações no decorrer da leitura e não achei nenhum erro enquanto lia.


5 comentários

  1. Tenho acompanhado esta saga deste o primeiro livro e pelo que li acima, a inclusão de novos personagens, vai dar um "up" na história.
    Aliás, parece que a cada livro, a turminha vai ficando maior e com isso, as confusões e a amizade também só vão aumentando!
    Com toda a certeza do mundo, ainda tenho esperança de começar esta série!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi, Alice
    Tenho acompanhado suas resenhas desta série e percebo que ela é maravilhosa.
    Aparece novos personagens e muitas aventuras para nosso Soluço, quero muito ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. As aventuras de Soluço de nesse livro parece ser ótima e o fato dos problemas só aumentarem deve deixar a história mais animada e boa de se curtir. Tenho curtido acompanhar as resenhas dessa série por aqui.

    ResponderExcluir
  4. Oi Alice!
    Adorando acompanhar um pouquinho as aventuras do Soluço, em cada livro parece que a diversão é garantida.
    Espero ter oportunidade de ler a série.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi, assim como os outros da serie esse é maravilhosos, soluço encanta e nos diverte muito.
    Já li toda a serie e posso te garantir que tem muita aventura ainda pela frente, novos aliados e traições, novos parsonagens ainda para aparece e muita luta e a cada livro que ler irá se apaixonar ainda mais por essa dupla.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!