novembro 07, 2018

Eu Sei por que o Pássaro Canta na Gaiola - Lançamento



Sinopse: RACISMO. ABUSO. LIBERTAÇÃO.
A vida de Marguerite Ann Johnson foi marcada por essas três palavras. A garota negra, criada no sul por sua avó paterna, carregou consigo um enorme fardo que foi aliviado apenas pela literatura e por tudo aquilo que ela pôde lhe trazer: conforto através das palavras.
Dessa forma, Maya, como era carinhosamente chamada, escreve para exibir sua voz e libertar-se das grades que foram colocadas em sua vida. As lembranças dolorosas e as descobertas de Angelou estão contidas e eternizadas nas páginas desta obra densa e necessária, dando voz aos jovens que um dia foram, assim como ela, fadados a uma vida dura e cheia de preconceitos.
Com uma escrita poética e poderosa, a obra toca, emociona e transforma profundamente o espírito e o pensamento de quem a lê.

Um comentário

  1. Racismo sempre rende lindos cenários. Tristes? Demais. Mas em contrapartida, sempre enredos que emocionam e também fazem o leitor sentir na alma toda a dor vivida e se alegrar com a superação(em muitos casos)
    Adorei!
    Beijo

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!