Resenha: Enfim, Capivaras


Autora: Luisa Geisler
Editora: Seguinte
Número de Páginas: 208
Ano: 2019
Avaliação:  ☆☆☆
Sinopse: A cidade no interior de Minas Gerais para onde Vanessa se mudou é o tipo de lugar onde anunciam os horários do cinema e os obituários com o mesmo carro de som. Nada de muito interessante acontece por lá, a não ser para Binho, que, segundo ele mesmo, tem várias namoradas e conhece um monte de cantores sertanejos famosos.
A verdade é que Binho é um mentiroso contumaz e agora passou dos limites: inventou que tem uma capivara de estimação. Cansados das histórias cada vez mais mirabolantes do garoto, Vanessa se junta aos amigos ― Léo, Nick e Zé Luís ― para desmascará-lo. E eles estão decididos a ir até as últimas consequências.
Narrado durante as doze horas de uma noite regada a álcool, salgadinhos, segredos e romances mal resolvidos, Enfim, capivaras explora, através de diferentes pontos de vista, os relacionamentos entre um grupo de adolescentes em busca de uma capivara ― ou muito mais do que isso.

Nossa história começa em uma cidade do interior de Minas Gerais onde todo mundo se conhece, o comércio anuncia suas vendas em carros de som, o cinema abre apenas quatro dias na semana e onde basicamente vivem os donos de terras; a cidade não é muito "urbana", por assim dizer. É nesse cenário que cinco amigos começam uma verdadeira aventura em busca da capivara perdida
Dênis (mais conhecido como Binho) diz que sua capivara acabou fugindo justamente no dia em que seus amigos apareceram de surpresa para conhecê-la. Na verdade, eles estão indo "pegá-lo na mentira" visto que Binho conta muitas!

Binho tem o péssimo costume de mentir e isso está começando a afetar outras pessoas. Ele inventa situações em que conheceu pessoas famosas, peças de carro que não existem e outras coisas mirabolantes. E apenas para provar que ele está mentindo, lá se vai o grupo em busca da bendita capivara!
O livro é divido pelo ponto de vista dos personagens (com a exceção de Binho) e vemos suas personalidades completamente distintas. O grupo de amigos é bastante diversificado, e através dos olhos de cada um é possível acompanhar a saga da capivara.
Eles precisam que Binho conte a verdade para que determinadas situações se resolvam, mas Binho insiste em dizer que tudo o que ele fala é verdadeiro, inclusive a capivara!!
Durante a busca pela capivara alguns imprevistos acontecem e de repente a história muda completamente. Talvez a capivara não tenha fugido ...

Em cada capítulo temos listas e informações sobre cada personagem, muitas coisas relevantes e vemos que cada um tem sua visão particular sobre os demais integrantes do grupo. 
A narrativa é feita em primeira pessoa (algo que muitos já sabem .. que não me agrada) e apesar de torna tudo muito pessoal, eu não consegui me conectar com nenhum personagem!
É uma leitura simples e rápida de fazer. Eu estava bastante empolgada quando comecei a ler e com as expectativas lá em cima, mas ao final da leitura a impressão final foi apenas "bom", nada de muito empolgante, apenas uma boa leitura na medida do possível. 

Durante essas doze horas os adolescentes resolvem seus problemas e a saga da capivara perdida finalmente "chega ao fim". Existem alguns momentos engraçados e observamos os personagens lidando com os dramas comuns que surgem nessa idade, dentre outras coisas.
Temos um cenário bem vivido que com certeza vai agradar muitos leitores; sei que não me conectei com a história, mas se você gosta de YA leve e curtinho, talvez esse livro seja para você!
Algo que preciso ressaltar aqui foi o cuidado da autora em adaptar tudo, a narrativa é bem regional e não chega a ficar exagerada. Isso costuma ser usado por muitos autores nacionais e ao invés de pesquisar, eles deixam os diálogos exagerados a ponto de ficar difícil de continuar a leitura. Abandonei muitos livros por causa disso.

Não temos um final definitivo, o que pode ser um gancho para um possível continuação.
A editora caprichou na edição, a diagramação está adorável e o livro vem com um marcador oficial em uma das orelhas.
💝 Uma das minhas coisas preferidas nessa edição é a capa, está muito fofa!

Obs: Ao final do livro é possível acompanhar uma entrevista com a autora.

2 comentários

  1. Quando li a resenha deste livro pela primeira vez me recordei de dois filmes: Os Goonies e Conta Comigo. Tá, os enredos são completamente diferentes, mas esse lance da amizade tão forte entre jovens é algo sempre tão gostoso de ser visto e lido.
    E parece que Enfim, traz também isso, a amizade, a união e claro,as trapalhadas que provavelmente estas crianças vão se envolver no decorrer da história!
    Já está na lista dos desejados!!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Parece ser um livro bem levinho e divertido. Não é todo dia que temos capivara perdida, não é mesmo? kkkk
    Espero conseguir levá-lo no top comentarista desse mês, rs.

    ResponderExcluir