agosto 20, 2019

Resenha: A Mulher Com Olhos De Fogo


Autora: Nawal El Saadawi
Editora: Faro Editorial
Número de Páginas: 160
Ano: 2019
Avaliação:  ☆☆☆☆
Sinopse: "Um dos livros mais francos e radicais sobre a vida feminina, de todas as origens, em todas as partes do mundo.” THE GUARDIAN Esta ficção é baseada no relato verdadeiro de uma mulher que espera sua execução em uma prisão no Egito. Sua história chega até a autora, que resolve conhecer Firdaus para entender o que levou aquela prisioneira a um ponto tão crítico de sua existência. “Deixe-me falar. Não me interrompa. Não tenho tempo para ouvir você”, começa Firdaus. E ela prossegue contando sobre como foi crescer na miséria, sua mutilação genital, ser violada por membros da família, casar ainda adolescente com um homem muito mais velho, ser espancada frequentemente, e ter de se prostituir... até que, num ato de rebeldia, reuniu coragem para matar um de seus agressores, levando-a à prisão. Esse relato é um implacável desafio a nossa sociedade. Fala de uma vida desprovida de escolhas, mas que em meio ao desespero encontra caminhos. E, por mais sombrio que isso possa parecer, sua narrativa nos convida a experimentar um pouco dessa liberdade encorajadora através das transformações internas de Firdaus. O que acontece com ela é o despertar feminista de uma mulher.

Nessa ficção baseada em fatos reais, vamos acompanhar a vida de Firdaus, uma prisioneira que está vivendo suas últimas horas antes de ser executada. Firdaus não aceitava nenhuma visita, mas abriu uma exceção para Nawal e decidiu contar toda a sua vida nessas poucas horas que lhe restavam. 
Firdaus teve uma vida muito sofrida, vamos acompanhando toda a sua trajetória de sofrimento nas mãos de todos os homens que passaram em sua vida, a miséria também foi algo bastante presente e acompanhamos também a difícil situação da sua mutilação genital!! Firdaus conta tudo sem amenidades, sem floreios, tudo de forma crua e direta.
Sua vida não foi nada fácil, então por que ela teria de amenizar a história? Ela precisa contar a verdade por detrás de tudo! Afinal, tudo o que ela passou justifica o crime que ela cometeu??

Ler esse livro foi um experiência poderosa e ao mesmo tempo angustiante! A história é narrada em primeira pessoa e por isso me senti completamente conectada com a leitura [vale ressaltar que esse tipo de narrativa não é a minha preferida, mas aqui encaixou perfeitamente].
A história de Firdaus se passa no Egito - considerado um dos piores lugares até hoje para as mulheres viverem!
Vemos tantas barbáries durante a leitura que pensamos o quanto as mulheres conquistaram e o quanto ainda precisam conquistar para serem respeitadas e tratadas como seres humanos. Apesar do livro ter sido escrito em 1973, é possível ver o quanto ele ainda se encaixa na realidade atual.

Demorei para escrever sobre esse livro, pois não queria dar spoiler e acima de tudo estava processando o que havia lido; foi uma história realmente tocante.
Uma coisa ou outra achei que precisava ser mais aprofundado, pois foi um pouco corrido, porém por tratar-se de algo baseado em fatos reais, creio que a autora fez o possível para deixar tudo de acordo com a realidade da história; e as vezes algumas situações na vida ocorrem de forma extremamente rápida.

A editora está de parabéns pela tradução e empenho que foi colocado nessa edição. O livro está lindo e vale muito a pena dar uma conferida. A faro como sempre caprichando nas edições e deixando tudo ainda mais interessante para o leitor.

"Meu tio era um xeique respeitado, bem versado nos ensinamentos da religião, e que, portanto, não era possível que ele tivesse o hábito de bater na sua mulher. Ele retrucou que eram justamente os homens versados na sua religião que batiam nas esposas. Os preceitos da religião permitiam tal punição. Uma mulher virtuosa não devia se queixar do marido. O dever dela era a perfeita obediência."

2 comentários

  1. Oi Alice, amiga, adoraria ler este livro, gosto de livros assim e apesar de ser baseado em fatos reais e ser uma história triste e chocante, ele deve ser recheado de cultura.
    Gosto das edições da Faro, sempre exemplares!

    Beijinho Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice, adorei a sua resenha, já me ganhou por ser baseado em fatos reais.

    Visite: www.espacodamica.com

    ResponderExcluir