Conheça o primeiro volume da Coleção Lady Killers Profile: Belle Gunness


No primeiro volume da Coleção Lady Killers Profile: Belle Gunness, descubra a sombria e cruel trajetória de Belle Gunness, a "açougueira de homens".

"Um registro morbidamente fascinante com pesquisa profunda sobre uma das mais notórias assassinas dos Estados Unidos."- The New York Times Book Review



Nesta nova obra do professor e pesquisador Harold Schechter, ele conduz com esmero o primeiro livro da coleção. Em Lady Killers Profile: Belle Gunness, vamos conhecer em detalhes os casos e o modus operandi dessa assassina terrível, dissecada com a mesma minúcia e cuidado que encontramos em outra obras da marca Crime Scene, como os best-sellers Lady Killerse Serial Killers: Anatomia do Mal , dossiês definitivos sobre serial killers.

No panteão dos assassinos em série, Belle Gunness tem um lugar só seu. Ela realizou massacres terríveis em parte por ganância, mas principalmente pelo prazer de matar. Lady Killers Profile: Belle Gunness é o relato assustador dessa que foi uma das séries de assassinatos mais impressionantes dos Estados Unidos: a chocante carnificina cometida pela mulher que passou a ser conhecida como a Lady Barba Azul.

Entre 1902 e 1908 ela convenceu uma série de homens a viajarem de várias partes dos Estados Unidos até a sua fazenda macabra no interior do estado de Indiana. Alguns eram funcionários contratados por ela, outros solteirões bem de vida que seguiam a promessa de um bom casamento; todos desapareceram sem deixar rastro. Quando seus corpos foram descobertos, descobriu-se que eles não tinham sido apenas envenenados, método muito usual entre mulheres assassinas: eles estavam esquartejados.

Sobre o Autor:

Harold Schechter é um escritor norte-americano de true crime especializado no estudo de assassinos em série, e esse é seu terceiro livro a integrar a marca Crime Scene: histórias reais, de assassinos reais, indicadas para quem tem o espírito investigador. Antes, a editora já publicou os best-sellers Serial Killers: Anatomia do Mal e H.H. Holmes: Maligno — O Psicopata da Cidade Branca.

0 comentários ♡