05 janeiro 2014

Resenha: Traída - House Of Night


Autoras: P.C Cast e Kristin Cast 
Editora: Novo Século
Número de páginas:  331
Ano: 2009
Avaliação☆☆☆☆
Sinopse: Zoey se estabelece na Morada da Noite. Finalmente sente-se incluída e aprende a controlar os seus poderes. Agora ela supera novos desafios, luta contra a morte que se abate sobre adolescentes humanos e sobre a própria Morada da Noite e, de repente, percebe que seu coração e sua alma acabam de ser partidos por uma grande traição.Nesse segundo livro da série House of Night depare-se com novos mistérios, surpreendentes emoções e muita sensualidade.

Bom, nesse segundo livro começamos com a visita dos pais da Zoey que acabam cortando relações com a filha ( o que já não era sem tempo porque eles são um saco).
Zoey tem que treinar para ser a líder da filha das trevas e tenta fazer com que o grupo seja algo totalmente diferente do que Afrodite fez com ele, enquanto isso alguns adolescentes que Zoey conhece fora da Morada da Noite começam a ser mortos e dois detetives acabam indo ao encontro dela para interroga-la. 

Além de tudo a jovem quase vampira acaba se sentindo atraída por um professor, e descobre que as visões de Afrodite não são falsas como a grande sacerdotisa Neferet está dizendo pelo colégio.
Confesso que nesse livro fiquei meio de queixo caído como as certas coisas tomaram seu rumo e com certeza Afrodite foi bem interessante que Zoey nesse livro.

Também tenho que dizer que me irrito muito com o fato da Zoey se comportar como uma safada que não decide que homem quer de fato. Uma hora ela está se agarrando com seu ex/atual namorado humano, outra hora está com seu atual/namoradovampiro e fica flertando com o professor vampiro que por sinal não achei que fosse flor que se cheire.

Fiquei um pouco triste com o fato ruim que acontece e tenho que dizer que os poderes para vampiros ainda me incomodam um pouco, mas estou tentando me acostumar.

7 comentários

  1. Não li a resenha do primeiro livro =/ , mas ouço falar bastante nessa série, gosto de vampiros, mas não tenho certeza se quero ler! O fato de deixar o leitor meio depressivo, é bom por um lado, provavelmente foi o objetivo de quem escreveu e significa que este foi bem sucedido :3
    P.S: Gosto de resenhas curtas, a gente lê bem rapidinho, admito que as vezes uma resenha grande desanima rs ;*

    ResponderExcluir
  2. Apesar de não curtir o estilo e não ter a intenção de ler a série, me diverti com a resenha. Tem personagem indecisa-safada, tem vampiros com poderes, etc.
    E acho que para o autor "matar" um personagem.. tem que ter coragem! Apesar de ser triste para o leitor, acho bom sinal para a obra em si.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá Aline, tudo bem??
    Sou uma grande fã de vampiros e séries, mas confesso que esta realmente nunca me chamou a atenção, por ela ser muito grande...Isto acaba me desanimando um pouco para a leitura!! Mas confesso que tenho toda a série em e-book e um dia pretendo ler, para saber se gosto ou não!
    Beijos♥

    ResponderExcluir
  4. Já tinha ouvido falar da série antes, mas nunca me animei a ler, não gosto muito de romances com vampiros, já tentei ler, mas realmente esses livros não são pra mim hahaaha

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha ouvido falar nessa série antes, então ela é uma novidade para mim rs'.
    E sua resenha me deixou com uma impressão muito boa dela.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Hahaha, se você achou ela safada nesse se prepare para os próximos.
    Eu admito que desisti da série, pois queria pegar a Zoey e largar meu lado assassino nela.
    Fica muita putaria por parte dela.

    ResponderExcluir
  7. Conheço essa série faz um tempinho, mas nunca parei para ler porque simplesmente não me interesso por romances que incluam vampiros... foram que essa série é enorme, a impressão que dá é que perdem o foco... sei lá.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!