31 dezembro 2015

Resenha: Peter Pan Tem Que Morrer [Abandono Literário]


Autor: John Verdon
Editora: Arqueiro
Número de páginas:  400
Ano: 2015
Avaliação☆☆
Sinopse: Peter Pan tem que morrer traz de volta o detetive Dave Gurney, protagonista de Eu sei o que você está pensando, Feche bem os olhos e Não brinque com fogo. “Uma sofisticada trama de suspense que os aficionados por mistério adorarão tentar resolver. Com um enredo tenso, cheio de intrigas inimagináveis, Peter Pan tem que morrer desafia a inteligência do leitor até sua dramática e espantosa conclusão.” – Library Journal No mais tortuoso romance policial escrito por John Verdon, o especialista em mistérios David Gurney dedica sua mente brilhante à análise de um assassinato terrível que não pode ter sido cometido da forma como os investigadores responsáveis pelo caso afirmam que foi. Detetive aposentado do Departamento de Polícia de Nova York, ele precisa cumprir uma espinhosa tarefa: determinar a culpa ou a inocência de uma mulher condenada pela morte do próprio marido. Ao descascar as diversas camadas do caso, Dave logo se vê travando uma perigosa guerra de inteligência contra um investigador corrupto, um cordial e desconcertante chefe da máfia, uma jovem linda e sedutora e um assassino bizarro que tem a altura e os traços de uma criança – aparência que lhe rendeu o apelido de Peter Pan. A uma velocidade assombrosa, reviravoltas assustadoras começam a ocorrer e Dave é sugado com força cada vez maior para dentro de um dos casos mais sombrios de sua carreira.

Durante o enterro de sua mãe um empresário rico sofre um atentado contra sua vida. A bala destrói boa parte do seu cérebro fazendo com que o homem fique em estado vegetativo e as suspeitas caem sobre sua infiel esposa. Katy Spalder é a única beneficiária e as evidências apontam para ela, mas será que foi ela quem cometeu esse terrível crime?

Katy foi vista saindo do local dos disparos e mesmo que várias coisas apontem para ela existem vários furos na história que fazem essa teoria muito suspeita. Com os investigadores certos e as provas necessárias o caso pode ser revertido. É nesse cenário que Hardwick procura Dave para ajudá-lo a provar que tem algo errado na história e que o caso pode ser revertido.

Dave é um detetive aposentado, mas ainda sim é muito bom no que faz, e vendo que o caso está cheio de furos ele decide entrar na situação e descobrir a verdade. Cada capítulo que passa, o personagem vai se aprofundando cada dia mais nesse mistério e as coisas nem sempre são o que parecem. Pelo visto terá muito pela frente até que tudo seja resolvido.

Nesse cenário cheio de mistério que eu me vi completamente perdida. Não consegui me apegar a leitura, os personagens não me chamaram tanto a atenção quanto eu gostaria e quando vi não conseguia ler uma página sequer do livro sem ficar com tédio. 
A leitura foi completamente arrastada!

Romance policial não é um dos meus gêneros favoritos, mas uma vez ou outra eu leio e acabo descobrindo vários livros interessantes, porém não foi o caso com essa obra.
Eu fiquei atraída pela sinopse e a capa em si me deixou bem curiosa, mas o tédio durante a leitura foi tão grande que não consegui terminar o livro.

É bastante raro uma resenha de abandono literário, pois eu não gosto de abandonar livros, mas como não consegui me envolver com absolutamente nada na leitura eu acabei desistindo a muito contra gosto. Porém verdade seja dita, eu estava há alguns meses tentando a leitura e não saia muito coisa a não ser poucas páginas lidas ao dia. Não consegui chegar nem a metade do livro.

De qualquer forma, apesar de não ter funcionado para mim, o livro pode ser uma boa leitura.
A diagramação está boa e não me recordo de achar erro até onde eu li. 

4 comentários

  1. Bem esta é minha leitura do momento, livro que ganhei aqui (obrigada..rs.... Estou achando o livro meio arrastado também, gosto de romance policial, mas este está sendo difícil de concluir, já vai completar quase um mês que estou nele, mas estou firme e forte, quero saber logo o que este Peter Pan tem a ver com esta história... Espero conseguir conclui-lo, já passei da metade, vamos ver. Gostei da sua resenha, estava meio assustada pois todos elogiam este livro e eu não consegui fazer isto.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não imaginava que o livro fosse assim tão arrastado! Peter Pan Tem que Morrer pertence a um dos gêneros que mais gosto e apesar de ser acredito que o quarto de uma série do mesmo detetive - com cada livro abordando um caso diferente -, pensei que a trama se desenvolvesse melhor, até porque encontrei apenas elogios quanto aos seus livros anteriores.
    Uma pena que o livro não tenha te conquistado, mas ainda pretendo dar uma chance. Nunca se sabe.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. O título desse livro sempre chamou muito a minha atenção, tenho muita vontade de ler mas agora acho que fiquei com um pé atrás.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro aborda um gênero que não costumo ler mais tenho muita curiosidade, e tenho interesse de ler outros livros do mesmo gênero, porém por esse livro nunca tive interesse de leitura, pelo fato de achar a história meio confusa, e tenho receio de acabar não me envolvendo com a trama, e já ouvi muita gente falando que já leu e não gostou.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!