04 abril 2016

Resenha: Tudo e Todas as Coisas



Autora: Nicola Yoon
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 304
Ano: 2016
Avaliação☆☆☆☆

Sinopse: "Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Qualquer coisa pode desencadear uma série de alergias. Não saio de casa. Nunca saí em toda minha vida. As únicas pessoas que já vi foram minha mãe e minha enfermeira, Carla. Eu estava acostumada com minha vida até o dia que ele chegou. Olho pela minha janela para o caminhão de mudança, e então o vejo. Ele é alto, magro e está vestindo preto da cabeça aos pés. Seus olhos são de um azul como o oceano. Ele me pega olhando-o e me encara. Olho de volta. Descubro que seu nome é Olly. Talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar por Olly. E é quase certo que será um desastre."

Maddy é uma garota doente. Tão doente a ponto de ficar a beira da morte só por sair de casa, pois é alérgica a praticamente tudo! Qualquer coisa pode ser um gatilho para desencadear uma onda de alergias que podem tirar a sua vida e com isso a garota se mantém em um verdadeiro exílio longe de todas as coisas do mundo.

Tudo no mundo de Maddy é branco e as únicas coisas coloridas são as lombadas dos livros que são devidamente embalados a vácuo e limpos exclusivamente para que ela possa usá-los. Esse momento de leitura e suas aulas via skype são as únicas coisas que ela mantém com o mundo exterior que não afetam sua saúde, mas algo está prestes a mudar.

Olly acaba de mudar-se com sua família desajustada - com um pai violento - e Maddy fica praticamente obcecada com a rotina dos novos vizinhos, pois agora quem sabe ela poderá ter um amigo sem se magoar? Olly é um garoto que gosta de vestir-se de preto, sobe em quase tudo que seja alto e quase todos os dias está em seu telhado para fazer alguma coisa qualquer.
Após diversos momento engraçado envolvendo um bolo "quase imortal" feito pela mãe de Olly, eles acabam trocando e-mails e com isso se aproximando cada vez mais, porém só o contato virtual não é suficiente, ela precisa vê-lo de perto. Para que isso aconteça ele tem que passar por uma descontaminação e ficar afastado dela em uma sala própria para esse tipo de "visita".

Com o passar do tempo Maddy percebe que sua vida não é a mesma desde que conheceu Olly. Ela quer mais, quer viver a vida de forma plena e feliz, mesmo que isso a acabe matando. Mas, sua mãe começa a dificultar as coisas quando descobre sobre Olly.

O livro é lindo e muito tocante. O livro aborda diversas coisas além de amor e a doença de Maddy, que faz com que o leitor veja o mundo de um ângulo diferente, afinal somos abençoados todos os dias por poder fazer coisas simples como pisar na grama ou sentir o sol tocando a própria pele.

O final do livro era bem previsível para mim desde a leitura da sinopse e depois que li o primeiro capítulo eu tive certeza sobre o fato. Eu acreditava copiosamente em algo - estava imaginando que não iria acontecer e ficando muito frustada por imaginar isso -, mas no final foi exatamente como eu imaginava. Apesar do final ser bem previsível para mim, foi uma linda história!

O trabalho gráfico da editora foi maravilhoso e deu um toque bem especial a leitura! E o modo como a autora abordou as coisas foi muito interessante.
Não quero falar muito para não estragar a surpresa, mas é um livro que vale muito a pena, os personagens são bem cativantes e com um romance meigo que faz você ficar torcendo para que dê tudo certo. 

3 comentários

  1. eu estou louca para ler, a trama foi me conquistando porque no começo da divulgação de lançamento eu torci bastante o nariz!
    agora estou me vendo encantada pela luta de Madeline para poder viver
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ela é uma gracinha <3 acho que você vai gostar muito!

      Excluir
  2. mlr, eu tbm curti bastante a leitura... ainda tô rindo do 'bolo' kkkkkkkkkkkkkk pior que eu cozinhando xD
    fiquei p da vida com aquela criatura, mas suspeitei de algo tb, mesmo não achando previsível...
    bjs ^^

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!