30 maio 2016

Resenha: Destruidoras - Pretty Little Liars


Autora: Sara Shepard
Editora: Rocco
Número de páginas: 344
Ano: 2011
Avaliação☆☆☆☆☆
Sinopse: Hanna, Aria, Spencer e Emily mentiram muito desde que se tornaram amigas da bela Alison DiLaurentis, que as obrigou a fazer coisas terríveis. Depois que Ali foi morta, começaram a ser ameaçadas com bilhetes e mensagens assinados apenas por “A”. As meninas pensaram que estavam seguras quando o assassino de Ali foi preso e a identidade de “A” foi revelada. Mas agora há um novo “A” na cidade e elas terão que se cuidar.


No sexto livro da série descobrimos que existe um novo A e essa pessoa por trás do anonimato que "A" proporciona, está fazendo as coisas correrem de modo diferente, ou seja, o jogo mudou e as meninas terão de aprender a jogar novamente. Mas, esse novo A deixa tudo mais confuso, pois ao invés de ameaçar, está "ajudando" as garotas enviando mensagens para que elas possam desvendar o assassinato de Alison.

Hanna está sendo obrigada a viver "grudada" com sua meia irmã Kate por causa de um castigo que seu pai resolveu aplicar nela. Então quando Hanna vê o interesse de Kate no irmão de Aria, a garota resolve entrar em um jogo de poder para tentar não só conquistar o garoto, mas também mostrar que é melhor que sua meia irmã.

Spencer está desconfiando que pode ser adotada e isso faz com que a jovem comece a procurar sua mãe biológica, mas as coisas não vão acabar bem para a garota. Seus pais continuam ignorando-a e a carência faz com que ela deposite sua confiança na pessoa errada.

Aria decide mudar de vez para a casa do pai para tentar fugir de Xavier, o novo namorado da mãe que insiste em dar em cima dela. Como se não bastasse essa confusão, ela acaba reencontrando Jason, o irmão de Alison, e uma faísca de relacionamento amoroso surge entre os dois. Mas, Jason não é tão doce e protetor quanto aparenta ser, pois teve uma acesso de raiva descontrolada que assustou Emily.

Emily por sua vez está lutando para entender sua sexualidade que se mostra cada vez mais confusa e vendo se vale a pena contar para os pais que está em um relacionamento com um garoto, afinal foi muito difícil eles aceitarem sua homosexualidade e como eles iriam reagir se soubessem que ela gosta de garotos e garotas? Sem contar o fato da mãe de seu namorado odiá-la sem motivo aparente, fazendo com que isso seja um empecilho na vida do casal, já que o garoto parece não ver quem a mãe dele é de verdade!

Esse foi um dos meus livros favoritos da série! Foi envolvente, cheio de mistérios e mais confusões do que eu poderia imaginar. Sem contar que esse novo A está fazendo as coisas bem diferentes, o que deixa tudo ainda mais interessante. 

Eu gostei tanto dos acontecimentos desse livro, mas é uma pena que nem tudo tenha sido aproveitado no seriado e nem tenha sido colocado do jeito que está na leitura. Foi realmente uma leitura maravilhosa e não vejo a hora de ler o próximo.
Não me recordo de achar qualquer erro na leitura, a capa segue o mesmo estilo das anteriores da série e inclusive é uma das minhas preferidas também.

2 comentários

  1. Amando esse blog e essas resenhas maravilhosas. A capa do livro e o título já chama a atenção e a sinopse está irresistível . É pouco dinheiro para tanto livro bom.

    ResponderExcluir
  2. Oie! Parabéns pela resenha, gostei muito ♥ Ainda não li nada dessa série, mas fiquei com muita vontade de conhecer, parece ser uma boa leitura para distrair um pouquinho a cabeça.

    Um beijo!

    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!