28 junho 2016

Resenha: O Mensageiro


Autora: Lois Lowry
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 160
Ano: 2016
Avaliação☆☆☆☆
Sinopse: Há seis anos, Matty chegou ao pacato Vilarejo. Sob os cuidados de Vidente, um cego que tem uma visão especial, ele amadureceu e se adaptou à nova vida. Agora, espera receber seu nome verdadeiro, que determinará seu valor ali, como ocorre com todos os habitantes.Contudo, algo nefasto está se infiltrando no Vilarejo, e os moradores, antes orgulhosos de receber forasteiros, passam a exigir que as fronteiras sejam fechadas para se protegerem.
Por ser um hábil mensageiro, Matty é encarregado de avisar os outros povoados sobre o bloqueio. Sua missão também tem outro grande objetivo: buscar Kira, a filha de Vidente, antes que seja tarde demais.
Ele é o único capaz de viajar pela Floresta, que já provocou algumas mortes. O problema é que ela também está se tornando um lugar perigoso para o garoto. Mas muitos dependem de Matty. Então, armado apenas de um poder recém-descoberto, ainda incompreensível e incontrolável, ele se arriscará a fazer o que talvez seja sua última viagem.


Matty vive há seis anos em um pacato vilarejo sob os cuidados de Vidente, um homem cego que tem o modo de ver o mundo de um jeito especial. Matty se adaptou a nova vida, parou de roubar, começou a falar direito e deixou os velhos hábitos ruins para trás e agora está a espera de seu novo nome. 
O novo nome é o que determina seu papel na vila, por isso cada morador tem um novo nome após algum tempo vivendo no vilarejo.

Enquanto Matty aguarda por seu novo nome ele começa a perceber algo muito ruim na floresta, como se a mesma estivesse cada dia mais violenta e quando a floresta não quer que alguém ande pelo local dá pequenos sinais ao espetar a pessoa com galhos e por fim, algumas pessoas são mortas no processo. Porém, Matty é um dos poucos que consegue andar pela floresta sem problema algum.

Além da floresta ficar mais arrisca, os moradores começam a ficar diferentes do que costumavam ser. Alguns desejam que as fronteiras do vilarejo sejam fechadas para que nenhuma pessoa nova venha procurar abrigo no vilarejo. Mas, o vilarejo sempre foi um local que acolhia qualquer tipo de pessoa, por que isso está acontecendo agora?

Com isso Matty tem o dever de levar as mensagens pela floresta para avisar que as fronteiras serão fechadas e após isso tem a missão de ir buscar Kira, a filha de Vidente, antes que as fronteiras sejam fechadas. Antes de Matty estar em sua jornada atrás de Kira, ele descobriu que há algo muito maior vivendo dentro dele, um dom que ele não sabe ao certo o que é, mas que fará uma grande diferença em algum momento de sua vida.

Esse é o terceiro livro da série O Doador de Memórias e nele podemos perceber que finalmente aparece alguém mencionado no primeiro livro e personagens do segundo, coisa que não acontece nos livros anteriores visto que nenhum deles tem qualquer relação por se passarem em lugares distintos (com pessoas diferentes) e parecem se passar até mesmo em tempos bem distantes.

Gostei da narrativa desse livro muito mais do que do anterior que me deixou um pouco sem motivação com a série, mas nesse as coisas melhoram consideravelmente. É uma pena que uma ou outra coisa não tenha explicação melhor, pois daria uma história mais elaborada e por ser curto algumas situações ficam sem uma explicação adequada.

O final é triste, porém não deixa de ser tocante. A diagramação é simples, mas bonita, não encontrei qualquer erro, a leitura é muito agradável e bastante rápida, tanto que quando percebi já havia acabado de ler o livro.

Nossos dons são nossas armas.

23 comentários

  1. Nossa eu não conhecia esse livro da Arqueiro. Fiquei muito curiosa principalmente para saber o final. Eu em geral gosto de romances eróticos mas ultimamente ando tentando me aventurar em outros gêneros também. Amei sua resenha. Parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Que capa lindaa!A estória parece ser muito interessante e bem envolvente,não sabia que fazia parte do livro"O Doador de memórias" sou apaixonada por esse livro e fiquei bastante curiosa para ler essa sequência mesmo que seja um pouco diferente das anteriores.Ótima resenha,bjss!

    ResponderExcluir
  3. Oi, como vai?

    Nossa parece ser bem comovente, triste a trajetória do mensageiro, eu adorei sua resenha e fiquei bem interessada na obra, embora minha lista de leitura esteja gigantesca, esse vou adicionar a ele, um a mais, não faz assim tanta diferença. rsrsrs

    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  4. Eu li o primeiro livro, e fiquei decepcionada sabe, nem dei continuidade a série. Acho que toda história deveria ser colocada num livro único, já que cada um é super fino e pelo que percebi as coisas continuam mal explicadas, sendo empurradas pro livro seguinte, desnecessário.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  5. Oiii Alice, como vai?
    Infelizmente essa obra não desperta muito meu interesse, a premissa não me passa aquela vontade de realizar a leitura, então pularei a dica. Parabéns pela resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oie! Que indicação bacana, me interessei muito pelo livro! Vou tentar ler primeiro os outros volumes da série para me inserir melhor no contexto da história. Fiquei triste que o final tão é feliz, mas nem só de finais felizes são feitas as grandes histórias, né? Amei o post!

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá ALine eu li uma resenha que me deixou bem curiosa com o livro, e a sua não fica atrás, nunca tinha visto ele com curiosidade, porém agora que ler para ontem. Bjkas

    ResponderExcluir
  8. Mas, gente! to meio perdida nesse mundinho literário de parcerias pq eu nem sabia que o Doador de Memórias era uma série e já está no terceiro livro! =O Gostei do mistério envolvendo a história, disso da floresta ser arisca e com vida própria (amo florestas!!!). Mas para ler o terceiro, sinto que terei de pegar o primeiro.... Um dia chego lá! ;)

    ResponderExcluir
  9. Oioi! Tudo bem?
    Que historia legal do livro!
    Mta gente fala bem da escrita da Lois Lowry e sempre quis conhecer.
    Achei a capa bem legal e a hsitoria misteriosa e envolvente. Vou tentar ler e agora que li a resenha e ja sei oq me espera, acho que vou gostar.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  10. poxa, fiquei com medo da floresta kkkkkkkkkkkkkk
    pena ser o terceiro de uma série, mesmo se der pra ler de forma independente, ainda assim queria ler os outros e ando sem tempo de por as séries que tô pela metade em dia... mas ele parece ter um mistério que iria me deixar intrigada durante a leitura...
    bj, Alice...

    ResponderExcluir
  11. Alice, to muito ansiosa pra ler esse livro, vi outra resenha ainda essa semana e eu fiquei tipo sem fôlego. Não sabia do que o livro se tratava, agora quero ele pra ontem!

    ResponderExcluir
  12. Nunca havia ouvido falar nesse livro, mas fiquei com muita vontade de lê-lo. PORÉM: desanimei ao perceber que pertence à uma série. Bem, talvez eu o leia separadamente, talvez junto dos outros, não sei. Mas realmente pretendo lê-lo. Que história incrível!

    ;*

    ResponderExcluir
  13. Oi Alice, tudo bem? Não conhecia essa série de livros, mas esse terceiro me deixou bem curiosa! O segundo ter te desanimado me desanimou um pouco, mas esse parece ter uma história bem envolvente! Adorei sua resenha e vou procurar mais sobre a série!

    Bjs, Cass | www.livroseoutrascoisas.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Embora não tenha lido os livros antecessores, fiquei interessada pela obra e lamento que o final seja triste, mas espero que ao menos tenha tocado você em alguma parte. A capa do livro é realmente intrigante e fico tentada a começar a ler todas as obras.

    Grande Abraço
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá Alice, eu preciso ler o primeiro livro dessa série, não sabia que os livros não se conversavam muito entre sim, mas pelo jeito a partir deste os outros, não sei se tem, devem ter mais ligações *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?
    Acabei de descobrir que O doador de memórias é uma série. Mas como não gostei muito do primeiro livro, não sei se seguiria a série.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Lari (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  17. Ai meu Deus, voltou com o banner azuuul,ameeeeeei, acho mais lindo <3

    Mulher, eu nem sabia que o livro tinha continuação gente e já está no terceiro livro. que bom que esse foi melhor, eu não sei se o leria porque não me animei muito a ler O Doador de Memórias, mesmo as migas tendo gostado.Mas quem sabe um dia. Precisa ter lido os outros pra ler esse, já que eles se passam em lugares diferentes?

    bjd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi ^^
      adoro esse banner azul e tava morrendo de saudades!
      pow acho necessário ter lido os outros sim porque assim você entende melhor sobre a sociedade e nesse vc vai ter uma visão muito superficial e tals.

      Excluir
  18. Oi!!
    Eu assisti o filme Doador de memórias e achei muito bom, tenho vontade de ler os livros e ainda pretendo fazer isso.
    Final triste dá um medo, mas mesmo assim a série me parece mesmo muito interessante, e é bom saber que esse terceiro livro se mostrou melhor que o anterior.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  19. Olá, da série eu só li 'O Doador de Memórias' e adorei, espero ler os demais em breve. Adorei sua resenha e fiquei bem interessada e curiosa para ler.

    Abraços

    ResponderExcluir
  20. oi tudo bem?
    não conheço a escrita do autor, mas depois da resenha fiquei morrendo de vontade de ler esse livro... já entrou p lista
    bjos

    ResponderExcluir
  21. Oi Alice, sua linda, tudo bem?
    Estou super curiosa para descobrir o que está acontecendo com as pessoas e com a floresta. Que dom é esse que ele tem? Já vi que irei me emocionar com o final. Adoro distopias, não vejo a hora de ler essa. Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.]
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Acho que se o final é triste, justamente por isso acaba sendo tocante. Não é uma questão de "apesar de", mas de "justamente por isso". Hahahah Enfim, o livro me interessa, e muito! Pretendo ler em breve. :)

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!