11 outubro 2016

Resenha: O Oráculo Oculto - As Provações de Apolo


Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 320
Ano: 2016
Avaliação☆☆☆☆☆
Sinopse: Como você pune um deus imortal? Transformando-o em humano, claro! Depois de despertar a fúria de Zeus por causa da guerra com Gaia, Apolo é expulso do Olimpo e vai parar na Terra, mais precisamente em uma caçamba de lixo em um beco sujo de Nova York. Fraco e desorientado, ele agora é Lester Papadopoulos, um adolescente mortal com cabelo encaracolado, espinhas e sem abdome tanquinho. Sem seus poderes, a divindade de quatro mil anos terá que descobrir como sobreviver no mundo moderno e o que fazer para cair novamente nas graças de Zeus. O problema é que isso não vai ser tão fácil. Apolo tem inimigos para todos os gostos: deuses, monstros e até mortais. Com a ajuda de Meg McCaffrey, uma semideusa sem-teto e maltrapilha, e Percy Jackson, ele chega ao Acampamento Meio-Sangue em busca de ajuda, mas acaba se deparando com ainda mais problemas. Vários semideuses estão desaparecidos e o Oráculo de Delfos, a fonte de profecias, está na mais completa escuridão.
Agora, o ex-deus terá que solucionar esses mistérios, recuperar o oráculo e, mais importante, voltar a ser o imortal belo e gracioso que todos amam.


Apolo acaba sendo expulso do Olimpo devido a guerra com Gaia que não teve um resultado tão satisfatório assim e como punição, Zeus o envia para a Terra como um adolescente mortal. Após aterrizar em uma caçamba de lixo em um beco sujo de Nova York, o antigo Deus Apolo conhece uma garota chamada Meg que por ironia do destino acaba salvando a sua vida de alguns valentões. 

Apolo agora é Lester Papadopoulos, um adolescente mortal que não tem nada do que o ex-Deus aprecia (beleza e um abdômen tanquinho) e como se não bastasse tudo isso, Apolo terá de aprender a sobreviver no mundo moderno. Seria muito fácil se ele não tivesse inimigos por todo o lado querendo vingar-se dele e ainda por cima tem que descobrir um modo de voltar a ser uma divindade. 
Nas outras vezes que Zeus o castigou ele teve de servir alguém por alguns anos, até que seus erros fossem perdoados por Zeus e para sua infelicidade uma semideusa maltrapilha acaba requisitando seus serviços, Meg McCaffrey, a garota que o salvou no beco sujo.

O mais novo mortal decide pedir ajuda a Percy Jackson para conseguir chegar vivo ao acampamento meio-sangue, mas as coisas não são nada fáceis no caminho. Para completar as provações, vários semideuses do acampamento estão desaparecidos, o oráculo de delfos não funciona e existem muitos perigos lá fora que estão tentando tomar todos os oráculos. Cabe a Apolo tentar recuperar os oráculos, resolver o problema dos semideuses e quem sabe assim ele consiga voltar a ser o belo Deus que todos amam.
Como se não bastasse tudo isso a floresta ao redor do acampamento meio-sangue parece estar atraindo os campistas para algum tipo de armadilha, mas o que será que a floresta esconde?

O livro nos mostra um Apolo que está tentando melhorar, que ao conviver com seus filhos semideuses ele passa a ver as coisas de outra forma ao invés de olhar apenas para si.
A história é repleta de aventuras, lutas, cenas engraçadas, um pouco sobre o passado de Apolo e inimigos que foram esquecidos, mas que estão tentando voltar ao poder.
Gostei muito da leitura e li muito rápido. A diagramação está ótima e o final do livro me pegou desprevenida, não vejo a hora de ler o próximo livro!

- Não se preocupe. Vamos voltar até o amanhecer.
A boca de Will tremeu de leve.
- Como pode ter certeza?
- Sou o deus do Sol - falei, tentando demonstrar mais confiança do que sentia - Sempre volto ao amanhecer. 

8 comentários

  1. Oi, Alice! Sabe, eu não gostava nadinha de Percy Jackson e todo esse universo juvenil revisitado da mitologia grega. Mas de tanto ler resenhas e opiniões positivas eu passei a ver com outros olhos. Pelo o que você pontou, parece ser uma leitura muito agradável. Quem sabe eu não leia qualquer dia desses.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente esse gênero nao me agrada, e eu não acompanho nadinha de Percy Jackson.
    Beijos

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Confesso que apesar da sua resenha positiva não me chama a atenção tio rick, já tentei tantas vezes ler os livros dele mas não consigo me desenvolver com a escrita dele, mas parabéns pelo trabalho.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Amo histórias que tem como base a mitologia, tenho a coleção toda do Percy Jackson, mas ainda não tomei coragem de ler rsrs, o livro não conseguiu me atrair tanto.
    Abraços,
    www.entrelinhaseafins.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha e sobre o Apolo, quero tanto vê-lo crescer e se tornar um homenzinho/deuzinho que vale a pena apoiar, estou contando com a Meg pra ensiná-lo algumas coisinhas.

    ResponderExcluir
  6. Olá
    que legal que gostou tanto, boa dica de livro para amadores do gênero, não é o meu caso mas está com um belo enredo

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Até hoje eu só li Percy Jackson desse autor e eu sinto muita vergonha disso, principalmente porque ele tem uma escrita maravilhosa.


    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Vejo tanta gente falando bem dos livros/séries desse autor que nossa! É uma pena, mas eu realmente não sinto tanta vontade de ler seus enredos, mesmo todo mundo elogiando tanto, rs. Flores no Outono 

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!