24 dezembro 2016

Resenha: O Feiticeiro de Terramar - Ciclo Terramar


Autora: Ursula K. Leguin
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 176
Ano: 2016
Avaliação☆☆☆
Sinopse: Há quem diga que o feiticeiro mais poderoso de todos os tempos é um homem chamado Gavião. Este livro narra as aventuras de Ged, o menino que um dia se tornará essa lenda.Ainda pequeno, o pastor órfão de mãe descobriu seus poderes e foi para uma escola de magos. Porém, deslumbrado com tudo o que a magia podia lhe proporcionar, Ged foi logo dominado pelo orgulho e a impaciência e, sem querer, libertou um grande mal, um monstro assustador que o levou a uma cruzada mortal pelos mares solitários.Publicado originalmente em 1968, O feiticeiro de Terramar se tornou um clássico da literatura de fantasia. Ged é um predecessor em magia e rebeldia de Harry Potter. E Ursula K. Le Guin é uma referência para escritores do gênero como Patrick Rothfuss, Joe Abercrombie e Neil Gaiman.

Nesse livro conhecemos as aventuras de Ged, um homem conhecido como Gavião - um grande e poderoso feiticeiro -, mas aqui vemos como tudo começou. Conhecemos Ged antes mesmo dele ganhar seu novo nome, de tornar-se um grande feiticeiro e uma lenda.
O garoto descobriu seus poderes ainda jovem e com a ajuda de sua tia ele começou a ser introduzido nos conhecimentos mágicos. 

Depois de salvar sua vila de um grande ataque e usar seus poderes até seu limite, ele acaba ficando conhecido, pois a história de sua proeza acaba correndo diversos lugares e é nesse momento que alguém aparece para levá-lo embora para treinar sua magia.
Ged acaba ficando um pouco arrogante com o passar do tempo a medida que vai ganhando mais poderes, isso faz com que ele execute algo proibido e graças a isso começa a ser perseguido por uma Sombra.
Essa Sombra tem como objetivo devorar o seu invocador e ela acaba tornando-se um grande desafio para Ged.

A história é envolvente e já começamos sabendo que Ged será um grande feiticeiro, mas vamos descobrindo aos poucos os caminhos que ele irá trilhar para tornar-se alguém poderoso.
O livro é curto, então a história corre rápido na medida do possível, mas nada que seja muito brusco e não atrapalha a leituras esses pequenos saltos na história. 
Foi uma boa leitura e gostei da experiência de ler algo da autora, foi a primeira vez que me deparei com a sua escrita e foi algo bem positivo.
A capa está maravilhosa, a diagramação está ótima e não achei qualquer erro na leitura. Gostei de conhecer um novo mundo e adorei o fato de ter muita coisa ainda para ser explorada, espero curiosa pela continuação. 

Um comentário

  1. Oi, Alice ^^
    Desde o lançamento dessa obra venho desejando a leitura pelo fato da Úrsula ser um modelo para os grandes escritores da fantasia, não sabia da existência dela então quando soube é claro q fiquei desejando fervorosamente a leitura, mas ando com um pé atrás após ler resenhas negativas da obra, esses saltos na cronologia foi um dos fatores apontados como negativo, isso me incomoda também mas não retira a vontade que ainda possuo para devorar esse livro quando tiver a oportunidade para tal.
    Adoro enredos que contam a história de grandes magos/bruxos/anjos/vampiros pois é assim que temos a chance de criar uma opinião formada sobre o personagem pois você só entende as atitudes de alguém quando conhece o seu passado.
    Fiquei curioso para saber o que é essa Sombra e tenho que confessar: AMO A CAPA DESSA OBRA!!! Sem sombra de dúvidas, é uma das melhores feitas até então pela Arqueiro. <3
    Obrigado pela resenha e pela chance de ver a sua opinião a cerca desse livro, Alice. ^^
    Bjs

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!