20 dezembro 2016

Resenha: Somente Sua


Autora: Sylvia Day
Editora: Paralela
Número de Páginas: 286
Ano: 2014
Avaliação:  ☆☆☆☆☆
Sinopse: Gideon me chama de anjo, mas ele é o milagre em minha vida. Meu lindo, guerreiro ferido, tão determinado a matar meus demônios enquanto se recusa a enfrentar os seus próprios.Os votos que tinhamos trocado deveriam ter nos ligado de forma mais apertada do que sangue e carne. Em vez disso,abriu velhas feridas, expondo dor e inseguranças, e isso atraiu amargos inimigos para fora das sombras. sinto ele escorregar da minha mão, meus maiores medos se tornando a minha realidade, meu amor testado de maneiras que eu não tinha certeza de que era forte o suficiente para suportar.Em um tempo brilhante em nossas vidas, a escuridão de seu passado invadiu e ameaçou tudo o que tinhamos trabalhado tão duramente para esquecer. Nós enfrentamos uma escolha terrível: a segurança familiar das vidas que tivemos antes de termos um ao outro ou a luta por um futuro que, de repente parecia um sonho impossível e sem esperança...

Nesse quarto livro da série Crossfire, a história continua exatamente onde o livro anterior parou. Eva e Gideon estão em um relacionamento mais sólido, mas existem diversos empecilhos no caminho que insistem em terminar esse relacionamento de qualquer jeito. 
Algumas pessoas tem certeza que Eva é o ponto fraco de Gideon, por isso decidem usar qualquer coisa que esteja ao alcance para atingir esse ponto fraco. E isso fará com que Gideon lute de todas as formas possíveis para deixar Eva em segurança.
Vamos acompanhando os medos e inseguranças do casal, uma mãe que devia amar seu filho, mas que no fundo não acreditou nele e não esteve presente quando ele mais precisou, traumas e tudo que pode acompanhar um casal problemático. O livro é repleto de drama e sentimentos a flor da pele.

Eva não sabe o que fazer com o que sente por Brett, mas o homem pretende jogar sujo, pois está disposto a usar um vídeo íntimo entre ele e Eva. Ele quer mostrar ao mundo que Eva um dia já foi sua e isso acaba deixando Gideon possesso. 
Gideon tem que lidar não apenas com seus traumas, mas também com pessoas do seu passado voltando para atormentá-lo. Fora que ele decide - por amor a Eva - procurar um terapeuta para tratar das suas questões não resolvidas, ele quer tentar fazer esse relacionamento dar certo a qualquer custo.

O casal acaba passando por muitos momentos tensos, mas isso parece cada vez deixá-los mais fortes e os personagens vão amadurecendo a cada momento.
A história foi ótima, envolvente e cheia de segredos sendo revelados, o que causou um verdadeiro alvoroço na vida de alguns personagens e fiquei chocada|animada como o rumo que as coisas tomaram. Sem contar que alguns outros segredos aparecem e isso faz com que cada momento as coisas fiquem mais complicadas.

Gosto da escrita da autora e só tenho elogios para tecer apesar de ter ficado bem cética quanto a esse livro, pois antes deveria tratar-se de uma trilogia e acabou virando uma série. 
O livro é carregado de cenas de sexo, linguajar com palavrões e muita tensão sexual. Para quem não curte esse tipo de história recomendo cautela na hora de começar a série, visto que trata-se de um romance erótico. 
Como nos livros anteriores a capa segue o mesmo estilo, a diagramação é simples, porém não deixa a desejar e não me recordo de ter achado qualquer erro na leitura. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!