23 janeiro 2017

Resenha: A Sombra do Passado - Noites em Florença


Autor: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 304
Ano: 2016
Avaliação:  ☆☆☆☆☆
Sinopse: Nesta sequência de A transformação de Raven, Sylvain Reynard combina suspense e sensualidade em uma das cidades mais belas do mundo, levando o leitor para um universo de fantasia e romance habitado por criaturas centenárias e poderosas.
A jovem e doce Raven Wood está em Florença trabalhando na restauração de O nascimento de Vênus, de Sandro Botticelli. Certa noite, ao tentar evitar que um sem-teto seja agredido, ela mesma fica em perigo, mas é salva a tempo pelo belo e poderoso William York. Depois desse encontro, eles se envolvem numa improvável e avassaladora paixão.
O príncipe vampiro jura seu amor por Raven e promete se vingar de todos os que um dia a feriram. Contudo, ela prefere não ceder à violência e, para surpresa de William, busca nele algum traço de humanidade sob a aparente frieza – alguma bondade que lhe permita entregar-se a ele sem receios.Mas um perigo terrível pode pôr fim à felicidade do casal. Uma sombra se espalha por Florença, colocando em risco a paz que há séculos existe entre seres humanos e sobrenaturais. Enquanto tenta proteger Raven, o príncipe precisa descobrir quem o traiu e evitar uma guerra entre poderes há muito adormecidos.

Nesse segundo livro da série Noites em Florença, William e Raven continuam seu relacionamento, que agora está mais forte do que nunca. Mas, William não consegue tirar da cabeça o que aconteceu com Raven quando ela era mais nova. Ele precisa conseguir justiça para a mulher que ele ama e para isso irá atrás do homem que a machucou. 

William não se vê apenas buscando justiça para Raven, mas também encontra-se em um momento complicado em seu governo, pois está cercado de traidores. Ele precisa descobrir quem está tentando usurpar seu trono, mas isso não é nada fácil.
Enquanto isso Raven se vê em um dilema com sua irmã Cara, pois William lhe prometeu justiça, mas ela não consegue decidir o que fazer com a vida do homem que arruinou sua família, então ela decide buscar o conselho da irmã que acaba não gostando do rumo da conversa, assim as duas acabam brigando.

Entre desavenças familiares e problemas com o principado, o casal ainda precisa preocupar-se com a Cúria (uma organização secreta que defende a humanidade dos vampiros). Raven descobre que alguém muito próximo a ela está ligado diretamente a Cúria, o que pode colocar o relacionamento entre ela e William em perigo.

O livro é cheio de mistérios, vamos conhecendo um pouco mais sobre o passado de William e vários segredos vem a tona, o que torna tudo ainda mais complicado.
O casal vai crescendo no decorrer da leitura e com certeza o final é bastante angustiante, fazendo com que você fique desesperado para ler o próximo livro.

Apesar de ter um pouco de raiva de Raven reclamando que não quer ser vampira, eu gosto do casal. As vezes ela me irrita um pouco e não consigo entender como o William é apaixonado por ela, mas consigo relevar esse momentos. O livro é cheio de tensão, conspirações e amor. 
Não achei qualquer erro na leitura, a diagramação está ótima e a capa segue o mesmo estilo da anterior. 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!