06 abril 2017

Lançamentos de Abril: Editora Sextante


Sinopse: O Dr. Rajiv Parti era chefe de anestesia de um hospital especializado em cirurgia cardíaca. Suas crenças eram: sucesso,trabalho duro, dinheiro. Não havia espaço para espiritualidade, arte e nem mesmo para cultivar uma relação de respeito com sua
família. Tudo girava em torno do sucesso. Numa mesa de operação em que ele era o paciente, uma
parada cardíaca o arrancou dessa vida. Ele foi ao inferno, onde reencontrou seu pai e conheceu o histórico de violência e vício
que atormentava sua família há gerações – e que ele próprio repetia com a péssima relação que mantinha com seu filho mais
velho. Essa experiência aterrorizante foi amenizada pela aparição de dois arcanjos, que o levaram ao céu e lhe deram uma missão: praticar e divulgar uma medicina mais humana e integrativa.
Voltar do além não foi simples: como convencer o mundo da sua vivência? Como não ser taxado de louco por vender sua mansão, seus carros de luxo, e passar a defender algo que nunca passara por sua cabeça? E, o mais importante e complicado: como reparar a relação com o filho e parar o ciclo de violência?
Essa história verídica de transformação espiritual traz detalhes minuciosos sobre o céu, o inferno, a vida após a morte e os anjos– e contém verdades divinas capazes de iluminar para nós o que realmente importa aqui na terra.

Sinopse: Qual é o segredo das pessoas originais? Será que a criatividade é uma qualidade inata ou uma habilidade que pode ser estimulada ou mesmo aprendida? Em seu novo livro, Adam Grant desmistifica muitas das crenças que existem em torno das mentes criativas.
Ele recorre a uma série de estudos e histórias reais envolvendo o mundo dos negócios, a política, os esportes e o universo do entretenimento para mostrar como qualquer pessoa pode aprimorar sua criatividade, tornar-se capaz de identificar e defender ideias verdadeiramente originais, combater o conformismo e romper com tradições obsoletas.
Você vai conhecer as técnicas bem-sucedidas aplicadas por profissionais que ousaram remar contra a maré e levar seus projetos adiante, como uma funcionária da Apple que desafiou Steve Jobs estando três níveis hierárquicos abaixo dele, uma analista que derrubou a política de sigilo da CIA, um bilionário mago das finanças que demite os funcionários incapazes de criticá-lo e um executivo de TV que impediu que a série Seinfeld fosse cancelada logo no início apesar das pesquisas de opinião desfavoráveis.
Adam Grant demonstra como a originalidade pode ser impulsionada, indicando a melhor forma de se expressar sem ser silenciado, como conquistar aliados em ambientes improváveis, escolher o momento certo de agir e lidar com o medo e a insegurança. Além disso, comenta como pais e professores podem estimular a criatividade nas crianças e o que os líderes podem fazer para estabelecer uma cultura que promova a divergência de opiniões.

Sinopse: Em meados de 1991, Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, que já tinham construído um verdadeiro império no mundo dos negócios, resolveram dar um passo além e disseminar pelo país a cultura que os levou a conquistar tal sucesso. Para colocar esse projeto em prática, criaram a Fundação Estudar, concedendo bolsas de estudos a jovens que quisessem cursar MBA nos Estados Unidos. O objetivo era ajudar a melhorar o Brasil melhorando a qualidade de seus executivos e empreendedores. Com um processo de seleção extremamente rigoroso – baseado nos princípios que Lemann empregara com tanta eficiência no Banco Garantia –, a Estudar procurava jovens que se identificassem com valores como meritocracia, busca de excelência, senso ético, transparência, trabalho duro e metas ousadas. Ao longo dos anos, a missão da instituição se desenvolveu e sua atuação se expandiu, passando a englobar ações diferenciadas, financiando cursos em outras áreas além dos negócios, dando apoio a estudantes ainda na graduação e criando diversos outros programas de incentivo ao estudo e de apoio à carreira. Hoje, 25 anos depois, a Fundação Estudar contabiliza seu impacto: 617 ex-bolsistas, 25 mil jovens beneficiados pelos cursos e 15 milhões de pessoas alcançadas pelos canais disponíveis na internet. Entre os profissionais que já passaram pela instituição estão grandes empresários, como Carlos Brito e Hugo Barra, e alguns dos mais promissores talentos do país em diversas áreas de atuação. Neste livro você vai conhecer a trajetória da Fundação Estudar, seus valores, seus métodos e seus princípios enquanto acompanha as inspiradoras histórias de jovens que tiveram a vida transformada pelo contato com sua cultura. Em comum, eles não têm apenas um sonho grande: têm uma vontade férrea de seguir em frente e um desejo incansável de fazer a diferença. E essa disposição, segundo Lemann, Telles e Sicupira, é a força capaz de mudar o Brasil.

4 comentários

  1. Oi, Alice!
    Lançamentos interessantes, mas uma pena que os títulos da Sextante, em geral, não me atraíam como o selo principal da Arqueiro mesmo. Leituras com esse teor mais técnico, autoajuda e reflexivo não fazem muito o meu tipo, mas para quem curte tão novas ótimas opções pelo visto!
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  2. Alice!
    Os livros da Sextante trazem sempre temas bem interessantes e que me deixam curiosa pela leitura.
    A morte como despertar chamou muito minha atenção, gosto do tema abordado.
    “ O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.” (Samuel Johnson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  3. Poxa que fiquei muito louca para ler "a morte como despertar" esse livro tem uma premissa cheia de drama, e acredito que se foi desenvolvido de maneira profunda será com certeza uma leitura maravilhosa pra mim que adoro suspenses e dramas familiares em literatura!

    ResponderExcluir
  4. Oi Alice, tudo bem?
    Quando vejo esses lançamentos, até coloco meus cartões longe de mim kkkk
    Dessa vez o único livro que chamou minha atenção foi A Morte Como Despertar.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!