23 maio 2017

Resenha: O Estranho Mundo de Tim Burton


Autor: Paul A. Woods
Editora: Leya 
Número de Páginas: 344
Ano: 2011
Avaliação:  ☆☆☆
Sinopse: Tim Burton é um dos diretores mais bem-sucedidos dos últimos anos e também um dos mais polêmicos. Quase todos os seus filmes, de Os fantasmas se divertem a Alice no país das maravilhas, arrecadaram milhões, foram visualmente impactantes e geraram controvérsias. Você talvez o ache um cara estranho, afinal, Burton só se veste de preto, faz filmes estranhos e desenhos com monstros. Mas ele, na verdade, é apenas um adulto com cabeça de criança, ainda tímido, que adora expressar em seus filmes tudo que se passa em sua mente criativa. Este almanaque é uma reunião de textos e entrevistas sobre (e com) Burton, dissecando seus filmes e o próprio em ordem cronológica e fazendo com que entendamos a "estranheza" do genial diretor. Você descobrirá que ele era um garoto isolado, que uma vez seus pais fecharam a janela de seu quarto com tijolos, que a maioria de suas produções tem referências a filmes antigos, que ele trabalhou na Disney, que uma de suas namoradas salvou sua vida e muito mais.


Nessa leitura vamos acompanhando uma pequena viagem por cada um dos filmes de Tim Burton, mas no começo temos uma introdução a vida do diretor para o conhecermos um pouco melhor.
A história do livro vem de forma cronológica, contando um pouco de cada uma das suas obras cinematográficas e vamos percebendo um pouco mais sobre sua estranheza e genialidade. 

Há quem diga que Tim não é nada normal porque ele prefere mostrar o lado estranho, o bizarro, o incompreendido e isso nem sempre agrada algumas pessoas. Descobrimos algumas coisas difíceis sobre a vida dele, porém o livro é bem mais focado em suas obras.

Engana-se quem acha que o livro trata-se de uma biografia. É uma obra feita para fãs e quem quiser conhecer mais sobre o trabalho do diretor, mas não vai tão profundamente na vida dele. Apenas é mostrado o básico para conhecermos um pouco mais sobre seus gostos peculiares e sua personalidade.

O livro é repleto de imagens e tem uma excelente diagramação. É perceptível o cuidado que tiveram com a obra, e com certeza vale muito a pena adquirir um exemplar desse livro. 

6 comentários

  1. Ainda não conhecia o trabalho desse diretor, principalmente seus filmes, por isso não me interessei pela leitura do livro, mesmo que aborde mais as questões dos seus trabalhos, do que sua bibliografia em si. O que me chamou atenção foi o fato de que ele prefere mostrar o lado estranho, o bizarro, e incompreendido em suas tramas, o fez com que tivesse em interesse em assistir seus filmes.

    ResponderExcluir
  2. Que obra interessante, saber mais sobre seu trabalho e sobre ele em si, assisti alguns filmes dele e gostei muito, são diferentes, nos levam para um outro mundo, que imaginação que ele tem. Saber como surge a ideia de personagens da historia em si é muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Achei bem interessante, não conheço muito sobre o trabalho dele, mas já assisti a alguns dos filmes, e acho que seria bem interessante saber mais atravez desse livro.

    ResponderExcluir
  4. Alice!
    O livro é feito para mim então, que sou fã de carteirinha das obras do Tim Burton. Acho genial a forma como ele mostra o lado mais bizarro das coisas e ainda assim, traz grandes efeitos aos filmes.
    Gostaria de ler.
    Bom final de semana!
    “A solidão é a mãe da sabedoria.” (Laurence Sterne)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. O livro é lindo e ótimo para os fãs, infelizmente por incrível que parece assistir poucos filmes dele, mas o que assistir amei.

    ResponderExcluir
  6. Oi! Não me interessei muito pelo livro apesar de não ser uma biografia, mas com certeza é um prato cheio pra quem é fã dele. Beijoss

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!