13 julho 2017

Resenha: Big Rock


Autora: Lauren Blakely
Editora: Faro Editorial
Número de Páginas: 224
Ano: 2017
Avaliação☆☆☆☆

Sinopse: “A maioria dos homens não entendem as mulheres.”
Spencer Holiday sabe disso. E ele também sabe do que as mulheres gostam.
E não pense você que se trata só de mais um playboy conquistador. Tá, ok, ele é um playboy conquistador, mas ele não sacaneia as mulheres, apenas dá aquilo que elas querem, sem mentiras, sem criar falsas expectativas. “A vida é assim, sempre como uma troca, certo?”
Quer dizer, a vida ERA assim.
Agora que seu pai está envolvido na venda multimilionária dos negócios da família, ele tem de mudar. Spencer precisa largar sua vida de playboy e mulherengo e parecer um empresário de sucesso, recatado, de boa família, sem um passado – ou um presente - comprometedor... pelo menos durante esse processo.Tentando agradar o futuro comprador da rede de joalherias da família, o antiquado sr. Offerman, ele fala demais e acaba se envolvendo numa confusão. E agora a sua sócia terá que fingir ser sua noiva, até que esse contrato seja assinado. O problema é que ele nunca olhou para Charlotte dessa maneira – e talvez por isso eles sejam os melhores amigos e sócios. Nunca tinha olhado... até agora.

Spencer Holiday sabe direitinho como agradar uma mulher e sua fama de conquistador é enorme, afinal que não iria querer passar um tempo com alguém tão maravilhoso? Mas, Spencer vai ter que dar um tempo da vida de playboy, pois seu pai está tentando fechar um grande negócio e para isso a família precisa mostrar-se unida/tradicional, o que quer dizer que Spencer tem que ficar fora da mídia. 
O mulherengo terá que apresentar-se como um empresário recatado que está focando em outras coisas, mas nada disso será fácil para ele, se não fosse a ajuda de sua melhor amiga - Charlotte - ele estaria perdido.

Após conhecer o homem que quer comprar a rede de joalherias da sua família, Spencer acaba tendo que mentir que está noivo - o que acaba sendo um grande problema -, mas agora ele precisa manter essa farsa até que o negócio esteja fechado. Seu pai precisa fechar essa transação então Spencer fará de tudo para isso dar certo. 
A coisa vai ficando mais complicada, pois ele disse que estava noivo de sua melhor amiga e fazer com que ela concorde com a situação toda não vai ser nada fácil, sem contar que seus pais acreditam mesmo que a situação toda é real. 

Charlotte administra uma cadeia de bares junto com Spencer, eles são amigos desde a faculdade e já acabaram fingindo em algum momento que eram noivos para ajudar o outro a sair de alguma situação complicada, mas isso é completamente diferente, pois nesse caso eles precisam fingir por uma semana.
Eles irão ter de beijar e parecer apaixonados na frente de outras pessoas e isso com certeza será uma tarefa árdua. O pior disso tudo é que Spencer começa a ficar completamente atraído por sua melhor amiga. 

O livro é narrado em primeira pessoa e temos um ponto de vista completamente masculino. Não costumo ver muitos romances eróticos narrados exclusivamente por homens, por isso fiquei bastante intrigada com a história, sem contar a oportunidade de ler algo da autora pela primeira vez.
É uma leitura rápida e bastante engraçada, o fato de Spencer ter um ego enorme e "se achar" demais chega a ser engraçado. Mas, o ego do personagem não é algo ruim a ponto de fazer com que ele seja intragável, então isso acaba sendo um grande alívio cômico em diversos momentos. 

O livro tem diversas cenas de sexo, mas nada foi vulgar ou desnecessário, tudo seguiu um ritmo muito fluído, o que me deixou feliz, pois em algumas leituras as cenas de sexo atrapalham um pouco (mesmo quando trata-se de um livro erótico). 
Fiquei muito contente com a diagramação do livro, foi uma das primeiras coisas que eu prestei atenção fora os detalhes da capa e não achei qualquer erro durante a leitura. Com certeza pretendo ler outra obra da autora.

Eu puxarei a cadeira para você se sentar, tirarei seu casaco, pagarei o jantar e a tratarei como uma rainha, na cama e fora dela.

10 comentários

  1. E bom saber que este livro tem cenas hot, mas nada desnecessário, pois queria muito ler esta estória, mas confesso que tinha receio em questão a isso, porém e possível notar que a trama foi muito bem construída, e que por isso cada elemento teve seu lugar e momento certo. Outro ponto que me cativou foi o fato de ser narrado pelo mocinho, algo incomum neste gênero literário.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Fiquei *0* quando vi essa capa!
    Adorei que a autora utilizou a visão masculina na história. Quase não vejo isso hoje em dia.
    Quero muito conhecer o Spencer *-* Acho que vou sentir empatia pelo casal.
    Charlotte e Spencer eram amigos que se tornaram casal pra fechar um negócio e acabaram se apaixonando, é o tipo de história gostosa de ler e legal de acompanhar o casal. É um ponto para a autora não ter apelado nas cenas de sexo.
    Adorei a indicação *-*
    Abc

    ResponderExcluir
  3. Eu vi algumas pessoas elogiando esse livro, e estou com bastante vontade de ler ele. Essa história parece ser realmente bem divertida, e acho a premissa do livro muito interessante. O livro parece ser um pouco clichê, mas eu acho que vou gostar muito dele mesmo assim!
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  4. Estou com bastante vontade de ler esse livro, e a cada resenha que leio fico mais interessada ainda. Eu adoro livros de romances, e eu adoro comédia romântica. O livro parece ser ótimo, e super divertido. Adoro livros narrados pelo protagonista, e acho que vou rir muito com o Spencer.
    Estou querendo muito ler o livro, e espero ler ele logo :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Nossa! Estou bastante empolgada com a leitura!Gosto muito de romances eróticos, claro quando é bem escrito e estou curiosa para ler um livro de romance narrado por um home. Deve ser muito legal.
    Espero ler em breve. ei que vou me divertir.

    ResponderExcluir
  6. Alice!
    Desde o lançamento do livro, já fiquei de olho por causa dessa super capa sensual e imaginei: Spencer deve ser tudo de bom…kkkk
    E ver um enredo baseado em tradições familiares e uma amizade com amor verdadeiro, quem não quer ler?
    Euzinha mesmo quero e é logo.
    Uma semana esplendorosa!
    “O amor é a única loucura de um sábio e a única sabedoria de um tolo.” (William Shakespeare)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  7. Esse livro lembra muito Atraído e confesso que esse tipo de premissa em um livro é muito atrativo ^^ Afinal como não querer ler esse livro e ver esse personagem ficar perdido de amor pela melhor amiga ? Pra mim não tem como esse livro me desagradar e mana eu devo dizer que ela é realmente uma melhor amiga porque não sei se teria concordado com isso kkkk Muito obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  8. A primeira impressão que tive desse livro ao ver sua capa era que lá vinha mais um livro cheio de apelação sexual. Depois andei procurando resenhas para ler e vi que dá pra ler sim, mesmo tendo algumas cenas hot. Já está na minha lista para procurar para ler.

    ResponderExcluir
  9. Quero ler a leitura parece ser uma gostosa e divertida, realmente é difícil livros hot narrados por homem, isso deixa o livro mais interessante e até prefiro quando é narrado pelo sexo masculino. Ainda bem que o personagem não é daquele tipo que se acha rs. E o romance parece que surge aos poucos isso também é muito bom.

    ResponderExcluir
  10. Oi, fiquei curioso primeiramente pela capa, que bom que é erótico, mas não de um jeito exagerado. Não lembro de nenhum livro desse gênero narrado total mente pelo protagonista masculino, no máximo intercalado, isso deve deixar a história diferente. Estou curiosa pra saber mais da Charlotte se ela gostava dele já ou não.
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!