10 janeiro, 2018

Resenha: Marca da Escuridão - Marked


Autora: Sylvia Day
Editora: Faro Editorial
Número de Páginas: 280
Ano: 2015
Avaliação:  ☆☆☆
Sinopse: Amaldiçoada por Deus, caçada por demônios, desejada por Caim e Abel…Tudo isso em um dia normal de trabalho…
Anos atrás, Evangeline teve uma incrível noite de amor com um homem misterioso que ela nunca mais conseguiria esquecer. Mas aquele momento de prazer tornou-se um desastre de proporções bíblicas: ela recebera a Marca de Caim.
Empurrada para um mundo em que pecadores são marcados e transformados em assassinos de demônios, ela tem agora Caim como protetor e Abel como seu novo chefe, que também fica loucamente atraído por ela.
Eva torna-se então o novo e explosivo ponto de discórdia, no caso mais antigo de rivalidade entre irmãos.

Evangeline tem uma vida comum até cruzar com Alec Caim. Após tirar sua virgindade ele vai embora sem deixar qualquer rastro e Eva precisa aceitar isso, mas depois de 10 anos seu destino estará novamente ligado ao de Alec.
Após ir a uma entrevista de emprego Eva acaba conhecendo um homem misterioso que lembra muito Alec. Os dois acabam sentindo uma atração quase animalesca um pelo outro e após um sexo maravilhoso Eva acorda completamente desnorteada, e com uma dor absurda no braço. 

Depois disso a vida da garota começa a ficar cada vez mais complicada. Eva agora é uma marcada, alguém que luta contra as forças malignas que habitam o planeta, mas ela não quer nada disso. 
Eva quer sua vida antiga de volta, mas pelo visto conseguir isso não vai ser nada fácil. Como se não bastasse toda essa confusão, ela descobre que o homem que a marcou/fez sexo com ela é o irmão de Alec. 

Alec acaba voltando para a vida de Eva afim de ajudá-la em sua nova jornada, contudo não vai ser nada fácil essa interação entre os dois. Como se não bastasse toda essa confusão, Reed o irmão de Alec é um dos responsáveis por Eva e ele acaba sentindo-se cada vez mais atraído pela jovem. 
Como uma garota igual a ela se meteu em uma confusão tão grande que envolve o plano celestial?
O livro tem como background anjos, demônios, diversas criaturas e Caim e Abel. Apesar da relutância de Eva em ser uma marcada, ela não quer fugir dessa responsabilidade e deixar que pessoas fiquem com problemas enquanto ela fecha os olhos para o seu novo dever.

A estrutura toda da história é muito interessante, mas senti que tudo correu muito rápido. Sem contar que o primeiro capítulo do livro é a continuação do final dessa história. Então já vemos Eva lutando e sendo mais ativa/treinada do que ela é no livro todo. 
Quando você lê o primeiro capítulo não tem qualquer explicação sobre a situação, então talvez o leitor fiquei um pouco confuso, mas após esse capítulo vamos montando todas as peças até chegar a situação atual. 

Espero que a história comece a ficar mais profunda com o passar dos livros, pois tem tudo para crescer.
Não achei qualquer erro durante a leitura e ainda estou em dúvida se Eva e Alec são um bom casal, pois ainda estou avaliando o relacionamento deles.

Ao alcançar a força plena , a velocidade e a resistência de Eva faria atletas olímpicos chorarem de inveja… se ela se movesse de maneira bastante lenta para que eles conseguissem vê-la. Agora, ela era uma caçadora. Uma predadora.

8 comentários

  1. Gosto demais das letras da Sylvia, mas ando meio assim com os dois pés atrás com esta série..rs
    Muitas resenhas negativas, muitos pontos negativos e não só a narrativa corrida não,mas todo o contexto.
    Eu ainda não consegui começar os livros,mas pretendo fazer isso em breve. Mesmo tendo essa receosidade em ler sobre vampiros e afins.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não li nada da Silvia Day, é uma das escritoras favoritas da minha amiga, mas sempre que procuro livros dela, não me interesso por nada. Este eu não conhecia e realmente achei interessante, mas acho que por ter uma narrativa tão corrida, eu não iria gostar.
    Faz tanto tempo que não leio nada sobre vampiros e por não gostar tanto, fico um pouco receosa, mas, talvez eu leia sim.

    Beijos!
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  3. Olá! Gosta da escrita da Sylvia, comecei esse livro com grandes expectativas, mas não curti muito a leitura, espero mudar de opinião com os próximos. Afinal curto muito uma leitura com temática sobrenatural, anjos, demônios, humanos e uma pegada hot combinação perfeita.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Alice! Gosto mto de histórias q possuem criaturas sobrenaturais, mas, por não curtir o gênero, o livro não despertou meu interesse. Não gosto qdo o autor apressa os acontecimentos e parece q quer logo concluir a história. Dá a impressão de q o livro foi mal desenvolvido.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. O livro de fotos não despertou minha atenção até porque não sou nem um pouquinho falando da autora e muito menos do gênero que ela escreve apesar da temática Sobrenatural sempre ter me atraído

    ResponderExcluir
  7. Olá! Confesso que achei a proposta desse livro bem... bizarra. Gosto de elementos sobrenaturais em livros, mas me pareceu ser só um contexto pro casal e não algo bem elaborado. Também não me interessei muito pelo romance, não gosto muito dessa pegada mais hot. É uma dica que eu passo, mas deve agradar aos fãs de romance hot.

    ResponderExcluir
  8. Ooi Alice, uau que história, hein?
    Quando li a sinopse pensei que não seria um livro para mim, mas depois de ler a resenha fiquei muito curiosa, mesmo não gostando muito de romance hot.
    Achei super interessante o primeiro capítulo ser a continuação da história kkk.
    Bjs

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!