24 fevereiro 2018

Resenha: Mais Lindo Que a Lua - Irmãs Lyndon


Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 272
Ano: 2018
Avaliação☆☆
Sinopse: Considerada "a rainha dos romances de época" pela Goodreads, Júlia Quinn já atingiu a marca de 10 milhões de livros vendidos. Mais Lindo Que a Lua, primeiro livro primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre sobre reencontro e desafios, romantismo e perseverança.
Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.
Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?
Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?

Robert Kemble - o conde de Macclesfield - está passeando quando encontra uma jovem no lago e fica perdidamente apaixonado por ela, o famoso amor à primeira vista. 
Victoria Lyndon, é a filha do mais novo vigário da cidade. Assim que ela conhece Robert fica um pouco desconfiada em relação a declaração dele, mas isso acaba sendo momentâneo, pois a jovem também encontra-se apaixonada por ele.

Os dois começam a ter encontros secretos sempre que possível e a cada dia que passa estão certos sobre ficar juntos para sempre, mas pelo visto as coisas não vão funcionar. Tanto o vigário como o pai de Robert são completamente contra a união dos dois.
O jovem casal então planeja uma fuga que acabando não dando certo. Depois disso cada um segue seu caminho achando que "o amor da sua vida" não era nada daquilo que dizia ser.
Após sete anos os dois acabam encontrando-se e mesmo depois de tantos anos eles sentem-se afetados um pelo outro, mas nenhum dos dois quer dar o braço a torcer.

Essa trama poderia ser mais um romance de época "normal" se não fosse pelo fato de que Robert é um completo idiota em diversos momentos desse livro. 
Robert fica completamente incoerente enquanto persegue Victoria durante a leitura. A jovem é capaz de tomar conta de si e viver sua vida da melhor maneira possível, apesar do que ele fica sugerindo em diversos momentos. Sem contar que Robert fica a todo instante tentando arruinar a reputação da moça e querendo obrigá-la a casar-se com ele. 

O livro foi lançado originalmente em 1997 e foi um dos primeiros livros escritos pela autora. Eu até entendo que naquela época dificilmente se pensava em como esse tipo de comportamento (exibido por Robert) era problemático. Mas, o livro poderia ter sido modificado de lá para cá, pois sinceramente o relacionamento deles não funciona nenhum pouco. 
A escrita da autora é leve e divertida, mas isso não foi capaz de aplacar a minha raiva/descontentamento com toda a história "de amor".

Quase nada mereceu destaque durante essa leitura, infelizmente esse não foi um dos melhores livros escritos pela a autora. Talvez se ela reescrevesse essa história, quem sabe pudesse melhorar a situação, mas duvido muito que ela faça isso. 
Esse livro é o primeiro da duologia Irmãs Lyndon e apesar de gostar muito da escrita da Julia não irei finalizar a leitura da duologia. 

Vale citar que a diagramação do livro está ótima, a capa então ... nem se fala. A editora sempre de parabéns quanto a isso.
Infelizmente não gostei do livro por esses motivos citados acima, mas sempre recomendo que você leia o livro e tire suas próprias conclusões, pois o que não funciona para mim pode muito bem ser algo maravilhoso para você.

Eu lhe darei a lua e tudo o mais que você quiser – disse ele com intensidade. E então a beijou.

9 comentários

  1. Puxa, primeira resenha negativa que leio sobre este livro :/ Mas entendo claramente seus motivos para não ter curtido tanto assim a leitura!
    Realmente muita coisa mudou em relação a época da autora ter escrito a obra e talvez, isso pudesse até ter mudado.
    Mas eu ainda espero poder ler a obra, afinal, é Julia! E ela é a rainha dos romances de época!
    Beijo
    Ah, realmente a capa é maravilhosa!!!

    ResponderExcluir
  2. Que pena que o livro não te agradou Alice, mas Júlia tem uma escrita muito boa, leve e divertida e já tô com esse livro na minha meta pra ler, espero que minha experiência com ele seja melhor ;) :D

    ResponderExcluir
  3. Alice!
    Sendo Julia Quinn, só esperamos um enredo bem construído e personagens altivaz e de personalidade forte, acredito que Victoria seja assim...
    Não gostei muito do lance da vingança de Robert, mas conhecendo a autora, imagino que nada de vingança se concretizará e claro que quero ler.
    Um maravilhoso final de semana!
    “Acredite que você pode, assim você já está no meio do caminho.” (Theodore Roosevelt)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  4. Oi Alice,
    A sua não é a primeira negativa que leio sobre esse livro, daí acabei curiosa pra ver o que esse personagem apronta. Eu duvido muito tb, que a autora vá revisá-lo futuramente. Talvez ela até pense que não seja necessário.
    A capa é muito fofa!

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Alice esse também me decepcionou, mas eu vou ler o segundo porque tenho esperança que essa birosca melhora KKKK Mas é muito sofrido pegar um livro de uma autora que a gente gosta e não curtir nesse grau. Esse protagonista é muito embuste.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  6. Gosto de resenhas que tratem seu conteúdo com franqueza. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Oi Alice!
    Eu esperava ansiosa por resenhas desse livro, e aqui estou, desejando ele mais do que nunca.
    Apesar do clichê de amor a primeira vista (o que eu adoro, porque acredito ser verdade), eu, ao contrário de você, achei que a personagem Victoria merece sim destaque, ela parece uma mulher forte...
    É uma pena o livro não ter te conquistado, concordo que não seja um dos melhores da autora, mas ainda assim traz elementos que me agradam, ah, sou apaixonada nessa capa, rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu confesso que eu estava muito ansiosa endereço novo livro da Júlia Queen mas foram tantas resenhas sinceras e negativas que eu vi a respeito do livro que sinceramente me desanimar e muito entender ele mas de toda e qualquer forma adorei a sua franqueza

    ResponderExcluir
  9. Oi, Alice!
    Mais lindo que a lua está na minha lista de desejados mas confesso que estou bem receosa para ler a história de Robert e Victoria por conta dessas atitudes do Robert que eu acho bastante negativas, nada a ver ele querer arruinar a reputação dela para obrigá-la a casar... Mesmo assim vou arriscar a leitura pois gosto dos livros da Julia Quinn.
    Ps: também divido que a Julia reescreva a história...

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!