setembro 10, 2018

Resenha: Como Quebrar a Maldição de um Dragão


Autora: Cressid Cowell
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 240
Ano: 2010
Avaliação☆☆☆
Sinopse: Soluço Spantosicus Strondus III foi um extraordinário Herói Viking. Chefe guerreiro, mestre no combate com espadas e naturalista amador, era conhecido por todo o território viking como "O encantador de dragões", devido ao poder que exercia sobre as terríveis feras.Será que Soluço vai encontrar o antídoto para a picada da Vorpente Venenosa e ainda por cima derrotar o assustador Garra da Destruição? E ele conseguirá vencer o perigoso machado de Norberto, o Demente, para mais uma vez ser o herói da história?
Aventura, ação, muito humor e ilustrações divertidíssimas: essa é a receita do sucesso da série de livros escrita e ilustrada pela inglesa Cressida Cowell - um universo irresistível que inspirou o filme de animação 3D Como treinar o seu dragão, sucesso de público no Brasil e no mundo, produzido pelos estúdios DreamWorks, que lançaram Shrek, Madagascar e Kung Fu Panda.
Nesse quarto volume da série, Soluço descobre que seu amigo Perna-de-Peixe está com uma doença letal chamada Vorpentite e que as 10h do dia de Freya ele morrerá, mas para que isso não aconteça o jovem viking precisa ir atrás do antídoto. O problema é que o antídoto é o Vegetal-Cujo-Nome-Ninguém-Ousa-Dizer, e acabou virando uma lenda, ou seja, ninguém sabe seu paradeiro de fato ou se ele é mesmo real.

Todos os livros da série começam com Soluço participando de uma das aulas de Bocão, para aprender a ser um viking, e pelo fato de ser filho do chefe as expectativas sempre são maiores quando o assunto envolve ele. 
Então Soluço tem de continuar com suas aulas para ser um bom viking, achar a cura para veneno de Vorpentite e acaba fazendo um inimigo nada normal, pois Norberto o Demente, é líder de uma tribo nada amigável (os Histéricos) que é conhecida por matar primeiro e perguntar depois.

O livro é cheio de aventuras assim como os demais, porém foi o que eu "menos gostei" dentre todos os que eu já li até agora. 
A história é engraçada e segue sempre continuando de onde parou o livro anterior, mas não foi algo tão empolgante quanto os outros livros.

Vale lembrar que em todos os livros, Soluço como o ótimo encantador de dragões que ele é, sempre acaba conversando, convencendo e ajudado algum dragão no decorrer da leitura, por mais perigoso que ele aparente ser. Mas, será que dessa vez ele conseguirá ser o herói nessa história toda? 
A diagramação está ótima como sempre e podemos admirar diversos desenhos no decorrer da leitura! Não me recordo de ter achado qualquer erro no livro e gostei muito da capa.


5 comentários

  1. Esse foi um dos que eu mais gostei, principalmente com aquele final, e fiquei com raiva do pai de Soluço por querer que ele se afasta-se de Perna-de-peixe, mas a amizade dele se mostrou forte principalmente quando começou a efeito do veneno.
    Essa é uma série muito divertida e a cada livro ficamos mais empolgados para saber o que irá acontecer com Soluço e Banguela.

    ResponderExcluir
  2. Ah...Esta é sem sombra de dúvidas, uma série que deveria ser lida tanto pela meninada, mas também por todos nós. A amizade é algo que se sobressai em cada novo livro e acho isso tudo muito lindo.
    Como ainda não li nenhum dos livros e só vi os filmes já lançados, fico babando em todos!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Gostei da capa e mesmo esse não tendo sido o melhor pra ti até agora, a série parece ser muito boa, assim como o desenho <3

    ResponderExcluir
  4. Mais um livro da autora que entra nos meus desejados Alice, adorei conhecer.
    Que bom saber que é o seu preferido, espero ler logo.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Alice
    Essa foi a capa que mais gostei de todos os livros.
    Quero muito ler e descobrir se Soluço encontrou a cura para seu amigo.
    Beijos

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!