Resenha: Como Treinar o seu Viking


Autora: Cressida Cowell
Editora: Intrínseca
Número de Páginas: 88
Ano: 2012
Avaliação☆☆☆☆☆
Sinopse: Banguela era um Dragão Comum sem nada de especial que pertencia ao verdadeiramente extraordinário viking Soluço Spantosicus Strondus III. Mas nem sempre foi assim. Houve um tempo em que Soluço achava difícil ser um herói, e Banguela achava ainda mais difícil ser o dragão de um herói. Afinal, ser desobediente e atrevido não é tão fácil quanto parece.
Em Como treinar o seu viking, a nova aventura da série Como treinar o seu dragão, Banguela conta uma história da época em que Soluço era apenas um menino - e parecia bastante improvável que, no fim das contas, ele se tornasse o grande Chefe dos Hooligans Cabeludos. Soluço e o amigo Perna-de-peixe, com a ajuda de seus respectivos dragões, Banguela e Vaca Aterrorizante, precisam enfrentar um grande desafio do Programa de Treinamento de Piratas: vencer seus arquirrivais Malvado Melequento, Bafoca de Maluquício e a dragoa Lagarta de Fogo na Competição de Caça. Organizada pelo treinador Bocão Bonarroto, a prova de pesca noturna reserva aos participantes todos os perigos escondidos nas profundezas do mar e, aos perdedores, três semanas apavorantes limpando o banheiro dos dragões da tribo.

Nesse livro da série Como Treinar o seu Dragão, encontraremos uma história sendo narrada por ninguém menos que Banguela, o dragão de Soluço.
Banguela está narrando uma pequena aventura que aconteceu quando ele era apenas um dragãozinho jovem, comilão e muito manhoso. Ele estava participando com seu mestre de uma prova de treinamento viking quando algo dá muito errado!

Banguela havia comido demais e não estava dando conta de voar e naquele dia eles participariam de uma prova de pesca noturna, onde os ganhadores ficariam sem lição de casa por semanas e os perdedores passariam três semanas limpando o banheiro dos dragões da tribo. 
Como senão bastasse a dificuldade de voar, Banguela estava atraindo um dragão marítimo muito feroz em direção ao barco de seu mestre. Agora cabe a eles resolver essa situação antes que sejam devorados!

É uma leitura tranquila, divertida e nunca pensei que iria gostar tanto do Banguela narrando uma pequena aventura dele e de Soluço.
Vale a pena ler, recomendado para todas as idades e tem um ar infantil característico que só a escritora consegue. A autora conseguiu a incrível proeza de transformar um único dia em uma grande aventura, narrado de um jeito muito divertido.
Ao final da leitura temos uma bela lição de moral. Só posso dizer que: Todos tem medo de alguma coisa, até o mais forte e destemido Viking.

- Não vou desistir do meu dragão.
E ele realmente nunca desistiu.

Um comentário:

  1. Fazia tempo que não lia uma resenha desta saga aqui!!!Adoro ficar lendo as aventuras de Soluço e sua turma,mas também, as lições que esta turminha sempre deixa a cada um de nós!Até os mais fortes tem medo de alguma coisa, mas quando há amizade? Tudo fica mais fácil!
    Com certeza, espero ler!!!
    Beijo

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!