Resenha: A Rainha Vermelha - Red Queen


Autora: Victoria Aveyard
Editora: Seguinte
Número de Páginas: 448
Ano: 2018
Avaliação☆☆☆☆☆
Sinopse: Edição especial limitada do primeiro volume da série que já vendeu mais de meio milhão de exemplares no Brasil. Em capa dura, o volume traz ilustrações exclusivas e conteúdo inédito!
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe ― e Mare contra seu próprio coração.
Diferenciais desta edição:- Capa com novo design;- Encadernação em capa dura com sobrecapa;- Laterais pintadas de vermelho;- Cinco ilustrações do artista Weberson Santiago;- Conteúdo inédito que mostra os bastidores da Guarda Escarlate!
Esta edição primorosa é o presente ideal para fãs da série, assim como para novos leitores que queiram se surpreender com esse universo movido por sangue, intrigas e poder, onde a única certeza é que todo mundo pode trair todo mundo.

Mare Barrow vive em uma sociedade dividida pelo sangue - vermelho ou prateado. Quem possui o sangue vermelho são pessoas humildes, pessoas que foram destinadas a servir uma elite prateada, o qual é detentora de poderes que muitos vermelhos dariam a vida para ter.
Prateados são ricos e seus poderes sobrenaturais os tornam quase como deuses, mas até mesmo um prateado pode cair e nunca mais levantar. 

A garota vem de uma família de vermelhos e por viver em uma extrema pobreza sua única chance de ter algo melhor é roubando.
Mare não é talentosa como sua irmã que trabalha como aprendiz para um prateado, ela precisa "trabalhar" com o que é boa para ajudar a família no que pode - mesmo que isso gere diversas brigas. 
Perto do seu aniversário de 18 anos e sem uma profissão, ela será levada para lutar em uma guerra que tem acontecido há muitos anos, uma guerra que derruba sangue vermelho por uma causa prateada. Mas, devido a uma reviravolta, a garota acaba indo trabalhar no castelo do Rei e é nesse instante que sua vida começa a mudar cada vez mais.

Durante um evento para escolher quem será a nova rainha, Mare descobre algo sobre si que fará até mesmo o Rei em pessoa questioná-la. Como alguém com sangue vermelho pode ter tanto poder? Apenas prateados conseguem ter dons sobrenaturais, não é? Será que Mare é algum tipo de evolução? 
Enquanto a garota tenta lutar para descobrir algumas respostas, sua vida vai mudando drasticamente. Em meio a intrigas na corte, guerras, romance e rebeldes, Mare Barrow terá de decidir se dará sua vida pela rebelião e tentará mudar o mundo dos vermelhos, ou se ficará omissa perante a tanta injustiça. 

Esse foi uns dos melhores livros que eu li esse ano, eu sinceramente não sei porque demorei tanto tempo para ler essa história. 
O primeiro livro que eu li sobre essa série foi um ebook que envolvia a rainha Coriane e fiquei apaixonada por ela, mas acabei deixando a série de lado e apenas esse ano voltei meus olhos para ela.

Vamos fazer uma menção honrosa a rainha; meu Deus do céu que mulher insuportável! Se eu já a odiava por tudo o que aconteceu em Canção da Rainha, nessa história o meu ódio começou a crescer ainda mais. 

A cada momento que fui avançando na leitura pude perceber o cuidado que a autora teve em montar várias reviravoltas que o leitor nem sonhava que iriam acontecer. 
Toda a mudança de cenário torna tudo ainda mais instigante; o fato de que em um momento algo pode mudar e tornar toda essa guerra ainda pior deixa o leitor preso na leitura do começo ao fim. 
Gostei muito do modo como Mare se rebelava em determinadas situações, mas em alguns momentos quis bater nela por ser tão ingênua a ponto de confiar em qualquer um. Afinal, todo mundo pode trair todo mundo. 
O final termina de modo eletrizante e muito envolvente, com certeza pretendo continuar a série.

Essa edição é muito especial, pois é uma edição de colecionador 💖. O livro possuí capa dura, é completamente tintado ao redor e trata-se de um hardcover. É possível acompanhar ilustrações maravilhosas durante a leitura e essa com certeza é uma edição que você quer ter na sua estante. 
Não encontrei erros enquanto lia, a diagramação está maravilhosa e em breve pretendo trazer a resenha do segundo livro.

Erga-se, vermelha como a aurora.

Fotos do livro no meu Instagram


Leia a resenha do livro Canção da Rainha (link aqui)

2 comentários:

  1. Estou maluca pra ter essa edição de colecionador! Tenho este livro na versão "cinza", onde a capa é também belíssima!
    Mare é uma das personagens mais fortes que conheci neste ano que está terminando e não vejo a hora de poder conferir a sequência dos livros(que já li inúmeras resenhas positivas)
    Preciso urgentemente saber o que acontece entre ela e os príncipes..e claro, com todo o reino!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice, tudo bem?
    Ainda não me aventurei nas páginas dessa série, mas já li bons comentários sobre a mesma. Gostei da edição de colecionador.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!