Resenha: A Libélula No Âmbar - Outlander


Autora: Diana Gabaldon
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 880
Ano: 2018
Avaliação☆☆☆☆☆
Sinopse: Dois personagens inesquecíveis - Claire Randall e Jamie Frazier - estão de volta com uma história de aventura e amor que atravessa séculos...
Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... e sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII.
O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Mesmo com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?

Nesse segundo livro da série começamos a história com um grande salto no tempo, acabei ficando um pouco confusa no começo por não ter começado de onde o livro anterior parou, mas a medida que fui lendo comecei a entender.
Claire está de volta ao seu tempo faz vinte anos, ela e sua filha Brianna vão passar um tempo nas Terras Altas da Escócia. Enquanto isso, Jamie continua em seu tempo, mas Claire ainda não sabe se ele está vivo ou morto devido aos conflitos que estavam acontecendo na época. 

Claire acabou de encontrar-se com o filho do reverendo Reginald, pois ela precisa da ajuda dele para algumas pesquisas envolvendo determinados escoceses. Então Brianna, Roger e Claire entram em uma jornada empolgante sobre segredos do passado e mistérios que ninguém ousa falar em voz alta. 
Afinal o fez Claire voltar no tempo para a sua época? O que terá acontecido com Jamie? O livro é repleto de suspense, espionagem e intrigas na corte! Claire precisa lembrar do que aprendeu nos livros de história se quiser sobreviver a tudo que irá acontecer. 

Eu demorei um pouco para terminar a leitura, em alguns momentos as conversas eram fúteis demais e creio que poderiam ter sido cortadas da história. Entendo que a Claire precisava infiltrar-se na sociedade e pra isso tinha de comparecer e fazer determinadas coisas, mas ainda assim essas partes foram bem enfadonhas. 
O levante Jacobita não acontece de uma hora para a outra, por isso as coisas vão desenrolando-se devagar e em alguns momentos torna-se chato - por assim dizer, mas também seria bastante esquisito se tudo desse certo de forma rápida.

Temos reviravoltas interessantes nessa leitura, alguns personagens se fazem presentes demais na história, mesmo que sejam assombrando outros com seus atos terríveis. 
Os personagens precisam colocar certas opiniões/receios de lado se quiserem sobreviver, pois as vezes é necessário que sacrifícios sejam feitos. 
Temos um desenvolvimento bem melhor que o primeiro livro apesar das partes lentas e gostei muito da história.

Comparado a série de televisão, eu ainda não cheguei nessa parte do seriado, então não sei dizer se está seguindo a risca a obra literária. 
Infelizmente ainda temos estupros acontecendo devido a época, confesso que isso me incomoda em um nível muito alto. 
Gosto muito da escrita da autora!! A série está sendo relançada com as capas do seriado e particularmente gostei bastante dessa versão.
Não encontrei erros enquanto lia, a diagramação está ótima como sempre e a capa está maravilhosa. É uma das minhas capas preferidas dos quatro primeiros volumes com a capa contendo os atores do seriado. 

Alguns dizem que a colina é encantada, outros, que é amaldiçoada. Todos têm razão. Mas ninguém conhece a função ou o propósito das pedras. Exceto eu.

• Alice Aguiar • 30 anos, taurina, mora com o marido, dois hamster's e sua coleção de livros. Apaixonada por seriados, filmes, livros e quadrinhos.

8 comentários:

  1. Preciso urgentemente ler esta série! Confesso que comecei a ver a série na tv e não aguentei ver 03 episódios. Não entendo..mas acabei parando e não retomei, apesar de tantos elogios ao enredo e personagens.
    Espero sinceramente que no próximo ano(quando eu aliviar minha fila de séries, dê outra chance ao seriado)
    Os livros tem capas belíssimas e vendo assim, a resenha, dá maior vontade ler.
    Espero também poder fazer isso!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Esses livros da série tem tão mais! Tá bem fiel até, comparando a série de tv e esse livro. Aí o tom é meio enrolado mesmo pelo tamanho e no começo também fiquei meio perdida por não seguir o fim do outro, mas lendo vai dando aquela curiosidade pra saber o que aconteceu com ela. As coisas históricas sempre me ganham e tem tanto rolando nesse livro que nossa, é curiosidade que não acaba mais. Agora, se se incomodou com cena de estupro já vou avisando que a autora ou tem algum perversidade escondida ou ama isso, porque tem mais. Tem muito mais nos outros livros e coisa até desnecessária. É bizarro. Se tem um trem que odeio nos livros é aquelas cenas que não precisavam existir e estão ali.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alice!
    Confesso que nunca tive interesse em ler a série Outlander, eu até gosto de suspense, mas não curto espionagem e intrigas na corte, principalmente esse último.
    Cenas de estupros também me incomodam bastante, não gosto de lê-las e prefiro evitar livros nesse estilo, uma vez li um livro que tinha esse tipo de cena, e nossa, tive que pausar várias vezes durante a leitura, meu emocional ficou bem abalado...
    Quanto a série de televisão, minha irmã começou a assistir e tá gostando, eu não assisti e também não tenho planos de vê-la... Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Olá! Confesso que não curti as capas com as imagens da série não, prefiro as das edições anteriores. A série é bem fiel ao livro, realmente dá para ficar um pouco confusa no início da história, mas depois você consegue se situar, esse segundo volume focou bastante na parte política, o que pode tornar a leitura um pouco cansativa mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Alice!
    Também tenho dificuldade em fazer resenha dos livros quando gosto muito. Parece que não consigo colocar em palavras os sentimentos. É tão bom ver uma série perfeita em todos os aspectos, tanto na construção das personagens, ambientação dos lugares e uso do português que nos enriquece. Sou apaixonada pelo tema viagem no tempo e desde que essa série saiu, tenho interesse. Esperando apenas uma folguinha aqui para comprar todos de uma só vez. Amei sua avaliação bem detalhada.
    Final de semana maravilhoso!
    “Que a paz, a saúde e o amor estejam presentes em todos os dias deste novo ano que se inicia. Feliz Ano Novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Oiee!
    No começo eu até tive um certo interesse por essa série, mas com o passar do tempo e leituras de resenhas e opiniões de leitores fui desanimando. Pra mim tem muitas falhas, e só o fato de ser de época não vai me ganhar, preciso de algo mais. Sem falar que são livros com muitaaaas páginas, e se não é perfeito acaba cansando demais.
    Enfim... não tenho interesse nenhum, já a série de tv. assisti um episódio e larguei rsrs, mas pretendo continuar e ver no que dá.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Estou analisando as resenhas sobre essa série, porque ela é gigantesca. Você consegue ler os livros com fluidez, ou é uma leitura forçada? Sei que os livros são muito lindos e o enredo é interessante.

    ResponderExcluir
  8. Eu conheço a série e já vi adaptação que fizeram para a TV deste livro eu infelizmente só li o primeiro livro por falta de oportunidade mas é uma leitura muito fluida e mesmo os livros sendo enormes é uma leitura agradável que tem acontecimentos que movimentam a Trama mas eu não gostei muito dessas novas capas que a arqueiro tem lançado

    ResponderExcluir