Lançamentos de Março: Editora Sextante [2019]



Sinopse: Neste livro, o monge zen-budista Haemin Sunim ensina a arte de cuidar de si mesmo e de se relacionar com os outros com a sabedoria e a delicadeza que o tornaram conhecido no mundo todo.
Tratando de temas como aceitação, cura, coragem, família, fracassos, empatia e perdão, ele apresenta suas reflexões sobre como enxergar o mundo e a si mesmo com maior compaixão.
Ele nos mostra que quando aceitamos a nós mesmos – e os defeitos que nos fazem ser quem somos –, podemos ter relacionamentos plenos e gratificantes e nos sentir em paz.
Com lindas ilustrações, este livro vai inspirar você a amar a si mesmo, a sua vida e a todos que fazem parte dela.



Sinopse: A elite do atraso se tornou um clássico contemporâneo da sociologia brasileira, um livro fundamental de Jessé Souza, o sociólogo que ousou colocar na berlinda as obras que eram consideradas essenciais para se entender o Brasil.
Por meio de uma linguagem fluente, irônica e ousada, Jessé apresenta uma nova visão sobre as causas da desigualdade que marca nosso país e reescreve a história da nossa sociedade. Mas não a do patrimonialismo, nossa suposta herança de corrupção trazida pelos portugueses, tese utilizada tanto à esquerda quanto à direita para explicar o Brasil. Muito menos a do brasileiro cordial, ambíguo e sentimental.
No âmago da interpretação de Jessé não está a corrupção política. Para ele, a questão a partir da qual se deve explicar a história passada e atual do Brasil – e de suas classes, portanto – não é outra senão a escravidão.
Sob uma perspectiva inédita, ele revela fatos cruciais sobre a vida nacional, demonstrando como funcionam as estruturas ocultas que movem as engrenagens do poder e de que maneira a elite do dinheiro exerce sua força invisível e manipula a sociedade – com o respaldo das narrativas da mídia, do judiciário e de seu combate seletivo à corrupção.


Sinopse: Em 2012, Ana Claudia Quintana Arantes deu uma palestra ao TED que rapidamente viralizou, ultrapassando a marca de 1,7 milhão de visualizações. A última fala do vídeo, “A morte é um dia que vale a pena viver”, se tornou o título do livro que, desde seu lançamento em 2016, vem conquistando um público cada vez maior.
Uma das maiores referências sobre Cuidados Paliativos no Brasil, a autora aborda o tema da finitude sob um ângulo surpreendente. Segundo ela, o que deveria nos assustar não é a morte em si, mas a possibilidade de chegarmos ao fim da vida sem aproveitá-la, de não usarmos nosso tempo da maneira que gostaríamos.
Invertendo a perspectiva do senso comum, somos levados a repensar nossa própria existência e a oferecer às pessoas ao redor a oportunidade de viverem bem até o dia de sua partida. Em vez de medo e angústia, devemos aceitar nossa essência para que o fim seja apenas o término natural de uma caminhada.
Completamente revista e ampliada, esta edição é uma bela ode à vida e à humanidade.


Sinopse: O mundo vem sofrendo um processo de mudança contínuo cada vez mais acelerado. Para quem acredita que deve haver uma maneira mais eficiente de fazer as coisas, Scrum é um livro instigante sobre o processo de liderança e gestão que está transformando a maneira como vivemos.
Instituições que adotaram o método Scrum já registraram ganhos de produtividade de até 1.200%. É por causa dele que a Amazon pode acrescentar um novo recurso em seu site todos os dias, que o Red River Army Depot, no Texas, consegue lançar utilitários blindados 39 vezes mais rápido e que o FBI finalmente criou um enorme banco de dados de rastreamento de terroristas.
Com base em insights de artes marciais, tomadas de decisão judicial, combate aéreo avançado, robótica e muitas outras disciplinas, o método Scrum é prático e fascinante.
Mas a razão mais importante para ler este livro é que ele pode ajudar você a alcançar o que os outros consideram inatingível – seja inventando uma tecnologia pioneira, planejando um novo sistema educacional, viabilizando um caminho para ajudar os mais pobres ou mesmo estabelecendo os alicerces para a sua família prosperar.


Sinopse: Em seu trabalho definitivo sobre inteligência emocional, Daniel Goleman explica que ela é duas vezes mais importante que as demais habilidades na formação de um líder excepcional.
Se você não tiver tempo para ler mais nada sobre inteligência emocional, leia estes 10 artigos escritos por especialistas no assunto. Eles foram selecionados pela Harvard Business Review entre centenas de textos publicados com o objetivo de ajudar você a aprimorar suas habilidades, melhorar os relacionamentos e garantir seu sucesso profissional.
Aprenda com este livro a:
• monitorar e canalizar seu humor e suas emoções
• tomar decisões inteligentes e empáticas envolvendo pessoas
• gerenciar conflitos e ajustar as emoções dentro da equipe
• reagir a situações difíceis com resiliência
• compreender melhor seus pontos fortes e fracos, suas necessidades, seus valores e suas metas
• desenvolver agilidade emocional


Sinopse: O processo de se tornar líder é uma árdua jornada de aprendizado e autodesenvolvimento contínuos.
Desenvolva a mentalidade e a postura ideais para gerenciar pessoas pela primeira vez.
Se você acabou de se tornar líder de uma equipe, estes 10 artigos serão de extrema utilidade.
Selecionados pela Harvard Business Review, eles apresentam com objetividade e clareza os conceitos fundamentais da liderança e da gestão para elevar o desempenho de seus colaboradores a outro patamar.
São textos ricos e transformadores, escritos por professores e pensadores que se tornaram referências mundiais pela qualidade de suas pesquisas e a força de suas ideias.
Este livro vai inspirar você a:
• desenvolver sua inteligência emocional
• influenciar os colegas por meio da ciência da persuasão
• avaliar a equipe e elevar seu desempenho
• melhorar o relacionamento com colaboradores, chefes e pares
• fazer networking para alcançar metas profissionais e pessoais
• obter apoio dos superiores
• ver o quadro mais amplo ao tomar decisões
• ajudar a equipe a alcançar o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal


Sinopse: Este livro vibrante convida você a embarcar em uma viagem inesquecível pelas fotografias mais icônicas da história – imagens inovadoras que se tornaram um divisor de águas na maneira como nos enxergamos e percebemos o mundo à nossa volta.
Organizado em ordem cronológica e escrito por uma experiente equipe de críticos especializados, esta edição atualizada traça um panorama da evolução fotográfica, com seus estilos e movimentos mais importantes.
Destaca os fotógrafos que melhor representam cada gênero, oferecendo uma análise profunda de suas obras.
Traz a cronologia dos principais acontecimentos, ajudando a compreender o contexto sociocultural em que as fotos foram produzidas.
Apresenta a história da fotografia de maneira acessível, numa diagramação que facilita a leitura e com mais de mil ilustrações.   
Explica o que é a fotografia etnográfica, o registro documental, a fotografia de vanguarda, a publicitária, a erótica e o nu, entre outros estilos.


Sinopse: A bailarina de Auschwitz é a história inspiradora e inesquecível de uma mulher que viveu os horrores da guerra e, décadas depois, encontrou no perdão a possibilidade de ajudar outras pessoas a se libertarem dos traumas do passado.
Edith Eger era uma bailarina de 16 anos quando o Exército alemão invadiu seu vilarejo na Hungria. Seus pais foram enviados à câmara de gás, mas ela e a irmã sobreviveram. Edith foi encontrada pelos soldados americanos em uma pilha de corpos dados como mortos.
Mesmo depois de tanto sofrimento e humilhação nas mãos dos nazistas, e após anos e anos tendo que lidar com as terríveis lembranças e a culpa, ela escolheu perdoá-los e seguir vivendo com alegria. Já adulta e mãe de família, resolveu cursar psicologia.
Hoje ela trata pacientes que também lutam contra o transtorno de estresse pós-traumático e já transformou a vida de veteranos de guerra, mulheres vítimas de violência doméstica e tantos outros que, como ela, precisaram enfrentar a dor e reconstruir a própria vida.
Este é um relato emocionante de suas memórias e de casos reais de pessoas que ela ajudou. Uma lição de resiliência e superação, em que Edith nos ensina que todos nós podemos escapar à prisão da nossa própria mente e encontrar a liberdade, não importam as circunstâncias.


Sinopse: Conhecido como o Patrono da Independência do Brasil, José Bonifácio é uma figura histórica tão fascinante quanto enigmática. Sua aura de mistério intrigou inúmeros pesquisadores, que buscaram encontrar em sua trajetória qualidades e feitos que comprovassem seu heroísmo, sua genialidade, seu patriotismo.
Ao procurar entender quem foi o homem por trás do mito, no entanto, a historiadora Mary Del Priore descobriu não o super-homem que seus pares procuraram, mas um personagem de seu tempo, cheio de contradições e dilemas, forjado – como qualquer um de nós – pelas circunstâncias da vida.
Se algo conduziu fortemente o destino de Bonifácio, foram sua ambição e sua curiosidade, que o levaram a viajar incansavelmente entre Velho e Novo Mundo. Em suas andanças, ele conviveu com noções de liberdade e escravidão, explorou o meio ambiente, conheceu povos indígenas. Desejou conquistar o mundo e alcançou mais do que as circunstâncias podiam lhe oferecer.
Com uma narrativa envolvente que se assemelha à de um romance, repleta de citações históricas e casos pitorescos, As vidas de José Bonifácio deixa claro por que Mary Del Priore ocupa um lugar de destaque na divulgação da História do Brasil ao grande público.


Sinopse: Para os professores W. Chan Kim e Renée Mauborgne, o resultado de uma concorrência acirrada nada mais é que um oceano vermelho sangrento, repleto de rivais que lutam entre si por uma parcela de lucros cada vez menor.
Com base em um estudo de 150 movimentos estratégicos (que abrangem mais de 100 anos e 30 setores), os autores afirmam que o êxito duradouro não decorre da disputa feroz entre concorrentes, mas da criação de “oceanos azuis” – novos e intocados espaços de mercado prontos para o crescimento.
Eles apresentam ainda uma abordagem sistemática para tornar a concorrência irrelevante e descrevem os princípios e ferramentas que qualquer organização pode utilizar para criar e desbravar seus próprios oceanos azuis.
Esta edição ampliada inclui um novo prefácio dos autores, casos de estudo e exemplos atualizados, dois capítulos novos e um terceiro estendido, que aborda as questões mais prementes levantadas pelos leitores nos últimos 10 anos.

• Alice Aguiar • 30 anos, taurina, mora com o marido, um hamster e sua coleção de livros. Apaixonada por seriados, filmes, livros e quadrinhos. E quando sobra um tempinho costuma jogar ragnarok mobile.

2 comentários:

  1. Puxa, quanta coisa gostosa a ser lida a Sextante nos apresenta desta vez!
    Dois ganharam destaque para mim: A Bailarina de Auschwitz e Amor Pelas Coisas Imperfeitas!
    Já vou aguardar ansiosa maiores informações!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga, diferente de muita gente, eu adoro ler um livro de auto-ajuda de vez em quando, adorei muito o primeiro livro e o livro A morte é um dia que vale a pena a viver!
    Gostaria de ler!!

    Beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir