Resenha: A Caça


Autora: M. A. Bennett
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 240
Ano: 2019
Avaliação:  ☆☆
Sinopse: O ano letivo começou e Greer ­MacDonald está se esforçando ao máximo para se adaptar ao colégio interno onde ela entrou como bolsista. O problema é que a STAGS, além de ser a escola mais antiga e tradicional da Inglaterra, é repleta de alunos ricos e privilegiados – tudo o que Greer não é.
Para sua grande surpresa, um dia Greer recebe um cartão misterioso com apenas três palavras: “caça tiro pesca”. Trata-se de um convite para passar o feriado na propriedade de Henry de Warlencourt, o garoto mais bonito e popular do colégio... e líder dos medievais, o grupo de alunos que dita as regras.
Greer se junta ao clã de Henry e a outros colegas escolhidos para o evento, mas esse conto de fadas não vai terminar da maneira que ela imagina. À medida que os três esportes se tornam mais sombrios e estranhos, Greer se dá conta de que os predadores estão à espreita... e eles querem sangue.
Que a caçada comece!

Greer MacDonald está tentando com todas as suas forças se adaptar ao novo colégio, mas infelizmente nada parece dar certo. Ela entrou como bolsista em uma renomada e tradicional escola da Inglaterra, onde existem diversos alunos ricos e privilegiados, o oposto dela.
A STAGS com certeza é o sonho de consumo de muitas pessoas, por isso Greer tem feito um esforço absurdo para se encaixar nesse novo mundo.

Infelizmente, Greer é deixada de lado no colégio pelos outros alunos. Ela vive basicamente isolada dos demais devido ao seu status social, mas ao que parece tudo isso está prestes a mudar quando ela recebe um convite para passar um final de semana de caça com os medievais.
O grupo dos medievais é composto por seis alunos, eles basicamente mandam em todo o colégio e todo mundo quer ser aceito por eles. Esses jovens abominam a tecnologia como se ela fosse algo selvagem, algo corrompido, em contra partida eles idolatram o que é antigo e tem pensamentos extremamente retrógrados; e por causa disso os demais alunos tentam imitar os medievais afastando-se dos celulares e coisas do tipo.

No convite que ela recebeu existem apenas três palavras escritas "Tiro Caça Pesca", ao que parece todos os convidados irão participar de jogos que envolvam essas três coisas. Se Greer soubesse o que aconteceria durante aquele final de semana, ela com certeza desejaria não ter aceitado o convite.
Iremos acompanhar Greer, Chanel e Shafeen lutando com unhas e dentes para tentar sobreviver ao fim de semana.

O livro tem a proposta de um final de semana mortal e muito assustador, algo que não chega nem perto de acontecer.
Faltou emoção na história! Pela premissa o leitor espera algo violento e de tirar o fôlego, mas o que eu vi foi uma história sem graça e com um final horrível.
Em um momento eles não sabem como sair daquele situação, e depois tudo se resolve de um jeito simplório e sem qualquer emoção.

Vemos tudo ser contado através dos olhos de Greer, e creio que não foi a melhor escolha escrever uma narrativa em primeira pessoa. Talvez melhorasse um pouco se tudo acontecesse em terceira pessoa. Caso haja uma sequência, espero que a autora acrescente mais conteúdo e aperfeiçoe a narrativa.
A única coisa boa nessa edição é a capa e o trabalho maravilhoso da diagramação! Inclusive eu estava apaixonada pelo livro apenas por causa da capa - antes mesmo de ler a sinopse -, mas infelizmente a sinopse engana bastante.
Esse foi meu primeiro contato com a autora e fiquei bem decepcionada, o final deixa a entender que terá uma continuação e no momento não leria, mas quem sabe no futuro.

Eu sou uma assassina. Se bem que, como não tive a intenção de matar, imagino que tenha sido um caso de homicídio culposo.

• Alice Aguiar • 30 anos, taurina, mora com o marido, um hamster e sua coleção de livros. Apaixonada por seriados, filmes, livros e quadrinhos. E quando sobra um tempinho costuma jogar ragnarok mobile.

4 comentários:

  1. Eita lelê!!! Eu amo a capa deste livro, mas confesso que esperava mais do enredo.
    É a primeira resenha que leio dele e meio que fiquei decepcionada, acho que como você ficou ao ler a obra!
    Um enredo tá, até meio batido em filmes,mas na literatura não. E pelo que li acima, foi pouquíssimo aproveitado e isso é ruim.
    Mesmo com tantos pontos negativos, se tiver oportunidade, quero sim, dar aquela conferida!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que pena! Pela sinopse parece realmente incrível, já estava indo atrás para ler... muito chato quando um livro decepciona assim né? Livro raso, que não se desenvolve bem, ai que raiva.
    Se você gosta desse tipo de história mais macabra sobre luta pela sobrevivência (oi jogos vorazes rs), já conhece Battle Royale? Esse sim é muito bem desenvolvido, recomendo. Bjs!
    http://gabiberries.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga, poxa, estava com altas expectativas com este livro, inclusive comprei o e-book dele, uma pena, vou deixar para ler depois.
    Gostei muito da sua opinião sincera, eu também fui seduzida por esta capa linda e a sinopse me deixou muito curiosa também!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei demais a capa e a sinopse, fui ler e fiquei mega decepcionada menina.
      Mas, é aquela coisa ... tu pode gostar da leitura.

      Excluir