Conheça Antologia Dark, uma homenagem à obra de Stephen King

março 23, 2020



O primeiro volume da coleção é organizado por Cesar Bravo — autor de VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue e Ultra Carnem, e tradutor de The Dark Man — e reúne mentes sombrias de 14 autores nacionais que emprestam seu talento para criar um diálogo inusitado com a obra do rei do terror 😈 A edição conta com ilustrações exclusivas do brasileiro Hokama Souza — que também ilustrou para a coleção Medo Clássico. É de fã para fã, com sangue 100% nacional.

Sinopse: Vamos saudar o rei. Stephen King escreveu mais de sessenta livros — quantos deles você já leu? Vendeu mais de 300 milhões de livros e coleciona mais de 50 prêmios por suas obras. Seu nome está no Guinness Book como o autor vivo com o maior número de adaptações para o cinema. Leitores sedentos por calafrios e pesadelos, histórias sinistras, personagens complexos e duvidosos... Um autor de mão-cheia, e um legado incomparável.
O Homem do Maine inspirou grandes nomes do terror contemporâneo e se infiltrou no inconsciente de todos nós. Cravou suas garras com tanto afinco que de lá jamais poderá ser arrancado. Alguns desses autores já são conhecidos pelos leitores da Caveira; outros, surpresas guardadas como um segredo sobrenatural de família.
É com orgulho no peito e um coração assombrado que a DarkSide® Books apresenta a Antologia Dark, uma homenagem à obra de Stephen King e um agradecimento por suas palavras terem formado leitores e vidas. Editada e organizada por Cesar Bravo — autor de VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue e Ultra Carnem, tradutor de The Dark Man —, a antologia é o primeiro volume de uma coleção que vai promover a importância do conto no universo do horror e o diálogo entre autores nacionais e grandes mestres da literatura dark. O próximo homenageado será ninguém menos que o genial e maldito Edgar Allan Poe, considerado o grande nome da literatura fantástica e de horror.
Cesar Bravo se dedicou a encontrar mentes criativas que, assim como ele, seguiram o rastro sombrio do mestre para dar vida a criações próprias — talentos nacionais que transformaram suas loucas obsessões em palavras assustadoras e cativantes.
O resultado é uma coletânea encharcada de sangue novo, com histórias de respeito inspiradas nos grandes clássicos de King: Cemitério Maldito, O Iluminado, A Dança da Morte, Carrie: A Estranha, A Torre Negra... e muitos outros.

Postar um comentário