F Resenha: Nas Nuvens | Seguindo o Coelho Branco

Resenha: Nas Nuvens

setembro 18, 2021

 

Autor: Max Brendeo 

Editora: Publicação Independente Amazon 

Número de páginas: 19

Ano: 2021

Avaliação:  ☆☆☆
Sinopse: Um Conto sobre Adiel Lopes e seu amor eterno por Hugo Andrade. Dois estudantes que por acaso entraram no mesmo ônibus na mesma hora, para ir para ao mesmo cursinho. Quais emoções esperam por eles?


Nas Nuvens trata-se de uma história curtinha sobre amor, expectativas e sobre a realidade. Adiel e Hugo estudam no mesmo cursinho, por isso pegam o ônibus juntos no mesmo horário. Desde o começo o leitor já sabe que Adiel possuí uma paixão avassaladora por Hugo e ao decorrer das páginas vemos ele narrar a interação entre os dois.
Um dia Hugo sentou ao lado de Adiel no ônibus e logo após isso os dois começaram a conversar sobre diversas coisas, então o leitor vai acompanhando as situações e se envolvendo com a trama até que do nada algo muda entre eles bruscamente.

O livro aborda as expectativas que alguém acaba criando em determinadas situações (as vezes a realidade não é o que sonhamos), a mudança brusca de cenário acabou frustrando um pouco a minha leitura, pois não achei muito positiva. Precisei reler para ter certeza que a reviravolta era aquela! 
Talvez essa quebra de expectativa juntamente com o choque de realidade tenha funcionado com alguns leitores, mas comigo teve o efeito contrário, pois devido a quantidade de páginas a leitura ocorreu muito rápido, então não teve um aprofundamento, o que fez ficar um pouco confuso no momento em que estava acontecendo a situação. 
É uma boa história, com personagens interessantes, mas que talvez não tenha sido bem executada. 

Outra coisa que preciso falar ... raramente cito coisas que não gosto na diagramação, pois quase nunca há, mas houve nessa leitura! O que eu que não gostei na diagramação do ebook foi o coração no começo de cada capítulo, achei um pouco infantilizado, talvez se o coração fosse feito em outra fonte ficaria bem melhor! Fontes fazem toda a diferença visual na sua obra, por isso cuidado ao escolher uma.
No mais não posso falar muito sem citar spoiler e apesar dos pontos que me incomodaram, foi uma boa leitura para passar o tempo na medida do possível.
Eu queria que você me amasse tanto quanto eu te amo. Posso não ter sido a primeira pessoa que você amou, mas certamente queria ser a última.

Postar um comentário