Resenha: Acampamento Fantasma - Goosebumps

outubro 03, 2021

 

Autor: R.L.Stine

Editora: Fundamento 

Número de Páginas: 104

Ano: 2006

Avaliação:

Sinopse: Piada sem graça!
Harry e seu irmão Alex querem muito fazer amizade com o pessoal no Acampamento do Espírito da Lua. Mas o lugar tem algumas tradições estranhas: a saudação boba, o cumprimento esquisito e o jeito como os campistas mais antigos gostam de pregar peças nos recém-chegados.
Pouco a pouco, as brincadeiras começam a ficar estranhas, perigosas... e bem assustadoras! Primeiro, uma menina põe o braço na fogueira. Depois, um garoto enfia uma estaca no pé...
Mas é tudo brincadeira! Ou será que não?...

Nesse livro iremos acompanhar a história de dois irmãos. Alex e Harry estão indo para o acampamento da lua, pois seus pais demoraram muito para escolher para onde eles iriam nas férias de verão, então sobrou apenas esse acampamento com vagas. 
Desde o começo da viagem algo parecia errado, o motorista era esquisito e como se não bastasse isso, seu irmão Alex ficou enjoado durante a viagem de ônibus. Ao chegarem no acampamento os irmãos percebem que o local possuí muitas tradições esquisitas, as crianças e até mesmo os monitores costumam pregar muitas peças e brincadeiras sem graça, dando a entender que existem fantasmas e que eles deveriam ter cuidado. 

No começo eles não se importam e tentam ignorar algumas situações, mas Alex e Harry começam a ficar preocupados quando a cabeça de uma garota cai do seu corpo (eu ficaria preocupada no primeiro dia quando uma garota colocou a mão dentro da fogueira e saiu ilesa); talvez todas as coisas que eles escutam ou veem não sejam brincadeiras/truques, pode ser que existam mesmo fantasmas e eles não estão ali apenas para pregar peças.

Harry é o irmão mais velho, ele passa o livro todo tentando ser cético diante das situações inexplicáveis e dizendo para seu irmão que as experiências que eles estão passando não são reais. Harry também parece ter um pouco de inveja do irmão que tem uma linda voz.
Alex tenta seguir as coisas que seu irmão fala, mas vários incidentes começam a incomodá-lo e talvez fantasmas sejam mesmo reais e não são nada amigáveis. 

A história tem um começo satisfatório na medida do possível, mas depois de alguns capítulos fica extremamente chata e repetitiva. 
Nenhum dos dois irmãos tem um pingo de carisma e o leitor começa a ler mais por força de vontade do que por envolvimento com a história, talvez seja a esperança que o final vá salvar a trama, mas isso não acontece! Com um final rápido, aberto e sem graça, Acampamento Fantasma vem trazendo uma história fraca; infelizmente apenas a edição física é algo para elogios, mas não muitos devido ao defeito que veio no meu livro. 

A trama deixou muito a desejar e foi uma grande decepção, confesso que estava com grandes expetativas, mas infelizmente não foram supridas. Mas, como sempre digo: eu posso não ter gostado da leitura, mas a sua leitura pode ser diferente, pois cada pessoa tem a sua própria experiência de leitura.
No mais gostei muito da capa e as páginas mantém o alto padrão do livro anterior. 


Postar um comentário