F Resenha: Alena | Seguindo o Coelho Branco

Resenha: Alena

outubro 14, 2021

 

Autor: Kim W. Andersson

Editora: Avec

Número de Páginas: 120

Ano: 2017

Avaliação:  ☆☆

Sinopse: A vida de Alena é um inferno. Desde que começou a estudar em um colégio cheio de colegas esnobes, ela sofre bullying de Filippa e das outras meninas do time de lacrosse. A melhor amiga de Alena acha que já chega de aguentar todo esse abuso. Seja da conselheira, do diretor, de Filippa ou de qualquer outra pessoa nessa escola repulsiva. Josefin promete resolver o assunto por conta própria a menos que Alena dê o troco. Só existe um problema: Josefin está morta há um ano.

No começo da história vemos Alena conversando com sua melhor amiga Josefin, a garota deixa claro que ama Alena e que está interessada romanticamente nela, mas devido as circunstancias Alena quer apenas fugir daquela situação. Depois disso temos um pulo na história para um ano a frente onde Alena está na sala do diretor do colégio, ela é perseguida pelas garotas do time de lacrosse e todos acham que Alena é aquela "garota problema" (como se a culpa de sofrer assédio/bullying fosse todo dela), mas algumas pessoas acreditam que ela só está passando por momentos difíceis devido a morte de Josefin.

Filippa é uma garota rica, esnobe e muito insegura, ela faz de tudo para fazer a vida de Alena um verdadeiro inferno. O quadrinho é recheado de agressões verbais e físicas, então se você tem qualquer tipo de gatilho fique avisado, pois o que Filippa e suas amigas fazem com Alena é horrível. 
Um ou outro adulto no colégio fica incomodado com as ações de Filippa, mas eles não combate o problema de forma efetiva, fazendo com que Filippa fique cada vez mais ousada e queira machucar Alena brutalmente. 

Alena também vê o fantasma de Josefin sempre ao seu lado, as duas tem longas conversas e Josefin sempre a incentiva a lutar. Josefin acha que Alena precisa se impor mais se quiser sobreviver, pois ninguém parece dar a mínima para ela. Mas, Alena em diversos momentos apenas chora e entra em pânico, então Josefin precisa salvar a amiga, mesmo que ela esteja morta. 
Nessa história veremos que cada ato tem uma consequência, e que os traumas e os abusos podem fazer com que o ser humano vá muito longe em suas ações.

Com traços bruscos e tons mais sombrios, o autor dá uma atmosfera forte e macabra a obra a medida que as páginas vão passando. Você não sabe ao certo as coisas que irão acontecer, mas uma única coisa é certa: haverá muito sangue. Mas, então qual foi o problema? Por que eu não gostei da obra?
A história é bastante corrida, parece que só existem dois professores no colégio inteiro, não vemos nenhum responsável por Alena em nenhum momento da história, os problemas/gatilhos são jogados de qualquer jeito na trama e não tem nenhum desenvolvimento decente de absolutamente nada do que acontece, o autor provavelmente jogou tudo isso junto e achou que daria uma boa história de terror, mas não funcionou muito bem! Os personagens são rasos e nenhum pouco cativantes, nem mesmo Alena minimamente é interessante. 

No mais o final é bem previsível, o que me deixou muito chateada, pois imaginava que ao menos o final salvaria alguma coisa, mas não foi o caso. 
Li esse livro através do kindle unlimited e confesso que me deu certo alivio, pois ficaria muito chateada em gastar dinheiro nesse quadrinho. Mas, como sempre digo: leia primeiro e tire suas próprias conclusões!

Postar um comentário