Resenha: Heartstopper - Minha pessoa favorita

outubro 29, 2021

 

Autora: Alice Oseman 

Editora: Seguinte

Número de Páginas: 320 

Ano: 2021

Avaliação: ☆☆☆☆☆

Sinopse: No segundo volume da série Heartstopper, Charlie e Nick precisam entender o que um beijo significa para a relação dos dois – e, principalmente, para eles mesmos.
Charlie e Nick são melhores amigos, mas tudo muda depois que eles se beijam em uma festa. Charlie acredita que cometeu um grande erro e arruinou a amizade dos dois para sempre, e Nick está mais confuso do que nunca.
Mas aos poucos Nick começa a enxergar o mundo sob uma nova perspectiva e, com a ajuda de Charlie, descobre muitas coisas sobre o mundo que o cerca, sobre seus amigos – e, principalmente, sobre ele mesmo.

Logo após devorar o primeiro volume corri para ler o segundo e não me arrependi, foi uma leitura tão maravilhosa quanto o primeiro!
Depois do que aconteceu no livro anterior, Nick acaba compreendendo seus sentimentos e o relacionamento entre ele e Charlie. O que antes era confuso, agora se torna cada vez mais claro a medida que os dias vão passando.

Nick ainda não assumiu completamente sua sexualidade, por isso de uma forma delicada e especial a autora vai abordando a fase das descobertas na adolescência, o medo de não se aceito e a necessidade de se encaixar.
Temos momentos adoráveis como a cena da praia ou Nick conhecendo um pouco mais sobre os amigos de Charlie e a cena dele revelando seus sentimentos para a mãe. Realmente uma história para aquecer o coração, mas também temos aqueles personagens odiosos que estão ali para vermos que nem tudo são flores. 

Nick nunca percebeu o preconceito de alguns amigos até ele estar mais com Charlie, ele acaba se metendo em algumas brigas, mesmo que a violência não seja a solução, as vezes você precisa se defender fisicamente.
A medida que história vai se desenrolando mais personagens vão surgindo e a trama vai ficando cada vez mais profunda. É ótimo como a autora tem um toque delicado para determinados assuntos, o leitor se sente acolhido o tempo todo com essa história e confesso que não sei se consigo transmitir o quanto eu fiquei apaixonada por esse segundo volume. Cada vez que eu releio esse exemplares eu percebo que necessito urgentemente do terceiro volume.

Algo que também gostei na leitura foi como Charlie e Nick se respeitam, cada um entende as dificuldades e problemas que o outro está passando, e percebem que cada pessoa tem o seu tempo para lidar com as situações. Fora isso também gostei de ver que as famílias dão um ótimo suporte para os filhos nessa história. Infelizmente não tem todas as famílias são assim, mas deveriam!

O livro possui a mesma qualidade do anterior e se você está pensando em adquirir sugiro comprar os dois de uma vez, pois assim que você termina o primeiro vai desejar ler o segundo logo em seguida!






Um comentário

  1. Esse é o problema, já querer os dois de uma vez e eles tão custando meio rim e meio fígaod rsrs
    Mas sei que deve valer cada página, cada emoção e cada lágrima! Representatividade e fortes emoções!!!
    Mas eu vou comprar ambas, tenho fé!
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na flor

    ResponderExcluir