F Resenha: Diário de uma volátil | Seguindo o Coelho Branco

Resenha: Diário de uma volátil

fevereiro 09, 2022

 

Autora: Augustina Guerrero 

Editora: BestSeller 

Número de Páginas: 160

Ano: 2017

Avaliação:  ☆☆☆

Sinopse: As tirinhas de Agustina Guerrero surgiram em seu blog autobiográfico Diário de una volátil e já conquistou milhares de fãs ao redor do mundo
Paixões, alterações de humor, crises, situações embaraçosas: ao longo da vida, todos nós já passamos por isso. Em Diário de uma volátil, a autora nos convida a conhecer suas próprias experiências e narra, de maneira muito bem-humorada, percalços do cotidiano e situações corriqueiras que vão desde a tentativa de explicar a dor das cólicas menstruais para o namorado até a dificuldade de interagir com pessoas super animadas em dias difíceis. É impossível não se identificar!

Nessa HQ curtinha e sem uma trama especifica, o leitor irá acompanhar uma personagem em situações cotidianas. A personagem vem passando por tantas situações que é impossível não se identificar com a mesma. 
Vemos relacionamentos amorosos, situações onde nada parece dar certo, em outros momentos temos situações que envolvem mais as dores do universo feminino, mas não para por aí, através de ilustrações simples/diretas, a personagem descreve sentimentos profundos e secretos que todo ser humano em algum momento já passou na vida. 

A personagem é bastante indecisa, acaba mudando de opinião sempre que possível e em sequência vivendo as consequências de suas escolhas. 
Apesar de ter sido uma leitura divertida, as tirinhas não trouxeram nada de novo e isso me incomodou um pouco. Todo o conteúdo que você encontra na obra já foi publicado online e por isso se você acompanhou a autora já deve ter visto todas as tirinhas dessa obra em suas plataformas. 

No mais, se você quer apostar em uma leitura despretensiosa ou quem sabe passar o tempo porque está em uma ressaca literária ... essa é com certeza a obra certa para o momento!
Acabei pegando o exemplar para ler no kindle unlimited e fiz a leitura pelo computador sem qualquer problema. Não citarei a edição física por motivos óbvios, mas pelas fotos disponíveis na internet é possível ver como ficou a edição.


Postar um comentário