F Resenha: Imperfeitos | Seguindo o Coelho Branco

Resenha: Imperfeitos

abril 17, 2022

 

Autoras: Christina Lauren

Editora: Faro Editorial 

Número de Páginas: 256

Ano: 2022

Avaliação:  ☆☆☆☆

Sinopse: Olive se sente como a gêmea azarada da casa: dos acidentes estranhamente inexplicáveis ao fracasso na vida profissional e amorosa ― nada dá certo para ela. Porém, parece que o jogo vira quando sua alergia a frutos do mar a protege de um desastre, já que todos os convidados da festa de casamento da irmã sofrem com intoxicação alimentar. Na verdade... nem todos. Ethan, o irmão do noivo, também ficou de fora desse pesadelo. Então, a irmã de Olive, sempre muito prática, propõe a eles que aproveitem a viagem de lua-de-mel, que não é reembolsável, para uma ilha do Havaí. Mas há um “pequeno” problema: Olive e Ethan são inimigos mortais. Há um passado entre eles que tornou a convivência impossível. Mas quem vai dizer não para essa viagem? Ainda mais de graça? Nem pensar! A ideia de ambos era ficar bem longe um do outro, mas a situação muda quando uma mentirinha boba vai crescendo e não podem voltar atrás. E dividindo a mesma suíte, entre farpas e sarcasmos, já se pode desconfiar.... onde tem raiva tem fogo? Com diálogos inteligentes e divertidos, dois personagens cativantes, e cenários de tirar o fôlego, Imperfeitos é o livro ideal para rir sem parar e ainda ver uma história de amor nascer no lugar mais improvável.

Ami e Olive são gêmeas idênticas e com personalidades completamente opostas, enquanto Ami é a encarnação da sorte em forma de pessoa, Olive é completamente azarada! Ami está preparando o casamento dos sonhos dela, duzentos convidados e tudo o que ela tem direito - tem até mesmo uma fonte de chocolate - e para melhorar toda a situação ela quase não gastou nada, pois conseguiu descontos, ganhou várias coisas em rifas/sorteios, basicamente Ami ganhou tudo.
Olive é muito azarada, até mesmo um raio já caiu nela e como se não bastasse isso ela precisa aturar Ethan, o irmão do noivo. 

Olive sofre de alergia a frutos do mar e Ethan não gosta de comer em bufês por causa da possibilidade de passar mal, e é exatamente isso que acaba acontecendo com os demais com exceção dos dois, todo mundo que comeu sofreu de intoxicação alimentar. Com os noivos impedidos de viajar para uma ilha do Havaí e curtir a lua de mel, Ami tem uma ideia e se Olive aproveitar a passagem? Afinal, a viagem é no dia seguinte e por ter sido um prêmio as passagens não poderão ser usadas depois ... e quem perderia uma viagem de graça com tudo pago? O único problema é que Olive terá de viajar com Ethan e fingir ser Ami, pois apenas quem ganhou a viagem pode aproveitar e Ethan por ter o mesmo sobrenome do noivo não levantará suspeitas.

Além de uma viagem com tudo pago, Olive acabou de saber que foi aceita em um novo emprego e irá se apresentar na empresa assim que voltar! Tudo parece estar dando certo quando ela acaba encontrando o seu futuro chefe comemorando sua aniversário de casamento no Havaí, agora ela e Ethan precisam fingir ser um casal para o chefe dela, como se não bastasse isso a ex namorada de Ethan também está no mesmo hotel com o noivo e a mentira começa a se espalhar. O que era pra ser só fingimento acaba virando uma grande bola de neve de mentiras e os dois começam a se envolver cada vez mais com o passar dos dias. 

Pelo visto Olive não sabe muita coisa sobre Ethan e os dias que começam a passar juntos faz com que ela descubra um lado dele que não conhece, inclusive descobre que seu cunhado acabou pedindo para que Ethan ficasse longe dela e algumas verdades acabam surgindo durante a viagem.
Com uma escrita muito leve e divertida, as autoras trazem uma história muito envolvente. Apesar de que em alguns momentos achei as implicâncias entre os dois um pouco infantil, mas no geral a história é tão gostosa e fluida que as páginas vão virando sozinhas e quando você menos espera está chegando ao final do livro. 

Todos os personagens são bem construídos e se não fosse um pequeno detalhe do assédio eu teria amado o livro, mas essa parte foi muito mal desenvolvida. 
O momento do assédio é quando a história perde um pouco o brilho por ter um desenvolvimento bem raso e quando finalmente foi "resolvido", não foi lá essas coisas!
E para quem está esperando cenas quentes e um poucos mais picantes pode desistir, pois isso não acontece nesse livro. Avisando logo, pois sei que alguns fãs das autoras que já leram outros livros estão acostumados com as partes +18 bem detalhadas. 

Para quem gosta de personagens debochados, situações constrangedoras e engraçadas, e um pouco de dilema familiar, esse livro é com certeza para você!
A editora como sempre está de parabéns, amei muito a diagramação, ler os livros da faro é sempre uma surpresa, pois as edições te deixam super encantada. 





Um comentário

  1. Nossa. Fazia tempos que não lia uma resenha. Deu até nostalgia dos tempos gloriosos do Blogger hahaha
    Sobre o enredo, ele tem bem temática boa para ser retratado e uma série televisiva.
    Ainda não li nada das autoras, mas já peguei no Kindle Unlimited o Cretino Irresistível para checar.
    Imperfeitos já poderia ser uma série do Prime Vídeo. têm t

    ResponderExcluir