F Resenha: O que dizem as Estrelas | Seguindo o Coelho Branco

Resenha: O que dizem as Estrelas

abril 05, 2022

 

Autora: Luly Trigo

Editora: Seguinte

Número de Páginas: 384

Ano: 2022

Avaliação:   ☆☆☆ | 3.5

Sinopse: Todo mundo já ouviu falar que as pessoas do signo de câncer são choronas; as de touro, comilonas; as de libra, indecisas… Mas será que é apenas isso que os signos representam? Nesta antologia, você vai encontrar doze histórias, cada uma acompanhando um protagonista de um signo solar diferente - todos eles moradores do mesmo prédio, o edifício Cosmos. Ali, os conflitos são vários: mudança de casa, problemas na escola, desentendimentos com os amigos, romances surgindo e chegando ao fim… Enquanto mergulha nos dramas de cada personagem, você vai perceber que os signos do zodíaco são repletos de nuances, luzes e sombras, que podem nos ajudar a entender quem realmente somos.
Ao final de cada astroconto, você ainda encontra um texto explicativo sobre como a energia daquele signo pode afetar determinada área da sua vida - afinal, todos temos um pouco de cada signo no nosso mapa.

Nesse livro iremos encontrar um copilado de doze contos onde cada história possuí um personagem que representa um signo do zodíaco. 
Com uma escrita fluida, leve e com situações divertidas ou dramáticas, Luly Trigo vem trazendo uma visão nada estereotipada sobre os personagens e seus signos, a autora procurou fugir dos estereótipos e resolveu trazer um pouco sobre as coisas boas e as dificuldades de cada pessoa. 

Por se tratar de um livro de contos alguns envolvem mais que outros, inclusive meus contos preferidos foram câncer e peixes! No conto de câncer você encontra a história de Nathan, um garoto que está vivendo um relacionamento complicado com a namorada. No começo tudo ia bem, eles tem diversos momentos bons que ele deseja levar para sempre, mas atualmente o relacionamento anda complicado e talvez seja o momento para terminar.
Gostei também do conto do Gabriel, representando o signo de peixes. Ele está pensando em largar tudo e ir para Manaus, por isso ultimamente tem andado meio aéreo no trabalho. 

O livro possui um denominador em comum, Gabriel é o porteiro do prédio onde todos os personagens moram e em um momento ou outro o leitor acredita que os personagem vão interagir muito, mas isso quase não acontece .. foi bem frustrante. 
Me senti "bem representada" no conto de touro, pois tenho dificuldades em me acostumar com mudanças e gosto de estabilidade, sou bastante apegada e tudo mais, mas vou ser sincera ... a personagem é bem chatinha!
No geral foi uma boa leitura, mas fiquei um pouco decepcionada em pensar que me empolgaria mais com os contos. 

Se você gosta de astrologia acho que vai gostar da leitura, mas minha dica é: leia sem pretensão, não vá com muita sede ao pote como eu fui. 
Foi uma leitura que abordou temas como: o autoconhecimento, sobre aceitar ser ajudado e a respeitar seus próprios limites. 

Eu amei muito a capa desse livro, existem as estrelas que representam as constelações dos signos e no decorrer da leitura é possível admirar o trabalho de diagramação, realmente tudo muito bonito. Inclusive existe uma entrevista com a autora bem no finalzinho do livro e é possível ler um pouco sobre cada signo ao final de cada conto. 





Postar um comentário