F Resenha: O Mágico de Oz | Seguindo o Coelho Branco

Resenha: O Mágico de Oz

abril 02, 2022

 

Autor: L. Frank Baum 

Editora: Faro Editorial 

Número de Páginas: 144

Ano: 2022

Avaliação:   ☆☆☆☆ | 4.5

Sinopse: Não há lugar como o lar...
Quando um tornado atinge a fazenda em que vive, Dorothy e seu cachorrinho Totó são levados para Oz, um lugar mágico, cheio de bruxas, macacos alados e outros habitantes incomuns.
Perdida e com medo, tudo o que ela quer é voltar para casa, mas a Bruxa Boa do Norte explica que ela deve seguir pela Estrada dos Tijolos Amarelos, que leva à Cidade das Esmeraldas. Lá, o Mágico de Oz pode ajudá-la a encontrar o caminho de casa.
Nessa jornada, Dorothy encontra três personagens inesquecíveis: o Espantalho, o Homem de Latae o Leão Covarde – que decidem se juntar a ela. A viagem repleta de perigos e aventuras oferece ao quarteto inúmeras lições que irão transformar suas vidas, entre elas, o verdadeiro significado da amizade.
Baum criou uma narrativa fabulosa que se tornou um clássico universal, foi adaptada para TV, cinema, teatro, musicais e é um dos livros mais lidos de todos os tempos.

Dorothy vive com seu cachorrinho Totó e seus tios em uma fazenda no Kansas, em um dia comum um tornado acaba atingindo a casa onde ela vive e transporta a mesma para Oz, quais a chances de sua casa ser transportada para um mundo onde habitam bruxas e animais incomuns??! 
A casa de Dorothy acaba esmagando a bruxa malvada do leste ao cair no solo e a bruxa boa do norte informa a garotinha que se ela quiser voltar para onde vive deve ir buscar ajuda do Mágico de Oz, basta seguir a estrada de tijolos amarelos que em algum momento ela chegará a cidade das esmeraldas.

Dorothy acaba ficando com os sapatos da bruxa malvada do leste e começa sua jornada passando pelas terras dos munchkins (o povo que ela libertou da escravidão quando acidentalmente matou a bruxa esmagada) enquanto segue a estrada de tijolos amarelos, a medida que Dorothy vai seguindo viagem vai conhecendo criaturas distintas que vão juntando-se a ela na busca por Oz, todos eles esperam conseguir algo do mágico.
Cada personagem vai contando o que deseja e aos poucos o leitor conhece as motivações por detrás dos desejos - um cérebro para o espantalho, um coração para o homem de lata e coragem para o leão covarde.  

Ao chegar finalmente na cidade das esmeraldas, os personagens descobrem que não será nada fácil conseguir que Oz os ajude, o grande mágico pede para que eles matem a outra bruxa má se quiserem ter seus desejos atendidos. Enquanto tentam cumprir o desejo de Oz, os personagens mal imaginam que o grande mágico esconde um segredo terrível. 
Apesar de conhecer um pouco sobre a história eu nunca havia lido o livro e foi uma experiência maravilhosa. A medida que o leitor vai virando as páginas ele se depara com diversas aventuras e criaturas interessantes, em um momento os companheiros estão fugindo de um campo de papoulas com flores mortais, em outro estão lutando contra macacos alados.

Acredito que seja um clássico obrigatório para todos, apesar de ser um livro infantil ele consegue agradar todas as idades e traz lições valiosas, uma delas é: ás vezes estamos em busca de algo que já possuímos, mas não conseguimos enxergar essa qualidade em nós mesmos. Foi uma leitura sobre amizade e sobre o crescimento pessoal através das adversidades. 
No geral foi uma leitura muito envolvente, gostei demais das ilustrações, me fizeram entrar no clima da trama por completo. 

Achei que a luta contra a bruxa má do oeste foi resolvida rápido demais, mas nada que atrapalhe a leitura. 
Sobre a edição física só posso dizer que a editora mantém como sempre seu excelente trabalho. 




Um comentário

  1. Gostei bastante da resenha e da sua percepção do livro. Estou lendo e amando cada página.

    ResponderExcluir