10 outubro 2013

Resenha: Só tenho olhos para você



Autora: Bella Andre
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 256
Ano: 2013
Avaliação: ☆☆
Sinopse: Sophie Sullivan, uma bibliotecária de São Francisco, tinha cinco anos de idade quando se apaixonou por Jake McCann. Vinte anos depois, estava convencida de que o bad boy ainda a via como a gêmea Sullivan boazinha. Isso quando ele se dava ao trabalho de olhar para ela. Ao se envolver na magia do primeiro casamento dos Sullivan, Sophie sente que já passou da hora de fazer o que quer que seja preciso para que Jake a veja como a mulher que realmente é.No entanto, ela terá dificuldade em mostrar a Jake que pode ser uma mulher forte e decidida, capaz de amá-lo para sempre. E não só porque ela é a inacessível irmã de seus melhores amigos, mas porque ele tem medo de tê-la perto demais. Na verdade, ele desconfia que seu segredo mais vergonhoso poderá ser desvendado.

Esse é o quarto livro da série dos irmãos Sullivan e tenho que dizer: foi o livro que menos gostei até agora! A história do livro começa com um casamento (de Chase e Chloe) o qual Sophie ajudou a organizar e lá está ela revendo os últimos detalhes do casamento antes de ir correndo se arrumar quando Jake aparece. Ele é o melhor amigo da família o qual Sophie sempre foi apaixonada desde criança, mas tem um, porém: ela não sabe que ele também gosta dela, mas como sempre tem algo para deixar os dois afastados.

Sophie decide depois de uma conversa nada boa com ele se arrumar mais para tentar chamar a atenção de Jake, o que dá muito certo porque ela fica maravilhosa com a ajuda da maquiadora e da cabeleireira, mas os irmãos não gostam nada disso, pois ela é a irmã boazinha (apelido da mesma) das gêmeas, ela não deveria andar daquele jeito, ela não sabe se cuidar direito e tudo mais.

Bom, ela além de chamar a atenção de Jake acaba beijando ele ou ele beijando ela (depende do ponto de vista), ai que a história realmente vai começar, pois depois disso eles passam uma única noite juntos e ele sai escondido depois de tudo no meio da noite se arrependendo pois não é o homem certo para ela e com medo do que poderá acontecer se os irmãos dela poderem descobrir o que aconteceu.
Sophie depois de dois meses acaba descobrindo algo que vai mudar sua vida daqui para frente. Ela está grávida!

Gente que loucura, depois de uma única noite com o amor da sua vida, além de usar proteção acaba ainda engravidando?? Já não era ruim o bastante ele ter fugido na madrugada e deixado ela sozinha? Ela acaba indo até Jake e contanto que está grávida e do nada ele quer uma semana para conquistar ela e mostrar a ela que eles devem se casar..oi?

Pois é, o livro vai girando em torno disso até o final. Não que eles não sejam um pouco fofos juntos, mas não gostei do andar da carruagem. O jeito como tudo foi colocado e tudo mais não me desceu a garganta. Foi bom o fato deles não terem se apaixonado da noite para o dia como nos livros anteriores com os irmãos da mesma com suas namoradas, mas é tudo muita loucura, muito desejo, muita coisa e acaba ficando meio sem graça.

E caramba todo mundo muito protetor com a Sophie, não deixava ela respirar, ela é a gêmea boazinha, ela não sabe se cuidar, ela não pode isso, não pode aquilo, vou matar quem olhar para a minha irmã... enquanto a outra o pessoal não liga tanto porque é a irmã mazinha.
Achei que o livro poderia ser melhor e estou pensando seriamente em parar de ler a serie dos Sullivan, mas ainda tenho mais um livro aqui e vou ler ele, depois vamos ver se quero ou não continuar com a serie.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Seja bem vindo ao blog e obrigada por comentar!